DiscoverA Agenda de Ricardo Salgado
A Agenda de Ricardo Salgado
Claim Ownership

A Agenda de Ricardo Salgado

Author: Pedro Coelho

Subscribed: 1,009Played: 4,218
Share

Description

A Agenda de Ricardo Salgado é um podcast especial da SIC sobre 2 268 dias de vida do velho banqueiro. Além do relato fiel do objeto 'agenda' e das suas causas e consequências, trazemos-lhe pedaços da extraordinária meta-história que foi esta investigação jornalística. Em seis episódios desbravamos, igualmente, os sinais que dão contornos ao oculto que fomos encontrar nas trevas de Ricardo Salgado. 

A Agenda de Ricardo Salgado é um podcast de Pedro Coelho, com a colaboração dos jornalistas Filipe Teles, Micael Pereira e Paulo Barriga. O apoio à produção foi de Ana Adriano Mota.

A sonoplastia é de João Martins. O som das entrevistas foi captado por João Venda. A pré-edição é de Andrés Gutierrez e, na voz de Ricardo Salgado, temos o ator Bruno Ferreira.

A capa é de Fernando Ferreira, com apoio de Tiago Pereira Santos.

A coordenação deste podcast é de Joana Beleza.

'A Agenda' é também uma grande reportagem televisiva, com  produção de Diana Matias, que pode ser vista em OPTO.SIC.PT com coordenação de Jorge Araújo e direção de Ricardo Costa.
7 Episodes
Reverse
Introdução

Introdução

2024-04-3002:001

A Agenda de Ricardo Salgado é uma espécie de manual de influência política.  Os alicerces da história são construídos ainda na década de 80, quando Mário Soares convida a família Espírito Santo a regressar a Portugal. Em 1986, os Espírito Santo criam um pequeno banco, o Banco Internacional de Crédito. Em 1991, sob a égide de Cavaco Silva e depois da alteração legislativa que permite as reprivatizações, a família recompra, sem oposição, o banco nacionalizado em 1975. Ricardo Salgado assume o comando do BES.  Neste podcast, para lá do relato fiel do objeto 'agenda' e das suas causas e consequências, trazemos-lhe pedaços da extraordinária meta-história que foi esta investigação jornalística. Em seis episódios vamos desbravar, igualmente, os sinais que dão contornos ao oculto que fomos encontrar nas trevas de Ricardo Salgado.  Oiça aqui a Agenda de Ricardo Salgado, um podcast sobre 2 268 dias de vida do velho banqueiro. O primeiro episódio será publicado a 7 de maio na SIC Notícias, no Expresso e em todas as plataformas de podcast.See omnystudio.com/listener for privacy information.
Objeto em formato digital, a agenda do banqueiro apenas me chegou e pronto. Não veio embalada em nenhum compromisso, em nenhuma troca, em nenhuma cedência da minha parte.  Mas a agenda não era só a agenda. Ela vinha no topo de um pacote virtual com mais de 3 mil ficheiros, alguns com centenas de páginas. Estavam ali 2268 dias da vida do velho banqueiro Ricardo Salgado, mais e-mails, relatórios, pareceres, rascunhos, apelos, descrições de estados de alma…  Jamais poderia pegar em todo aquele pacote de informação sozinho. Precisava de navegar por tudo aquilo, mas precisava, sobretudo, de filtrar, verificar, criar um fio condutor. Fizemo-lo em dez meses. Eu - Pedro Coelho, o Filipe Teles, o Micael Pereira e o Paulo Barriga. Oiça aqui o primeiro episódio da Agenda de Ricardo Salgado, um podcast sobre 2268 dias de vida do velho banqueiro. See omnystudio.com/listener for privacy information.
A agenda de Ricardo Salgado não pode ser considerada um objeto pessoal. Não é um diário da intimidade do banqueiro, que o presidente executivo do BES ia escrevendo nas quebras da pesada rotina. Não. A agenda profissional de Ricardo Salgado é o retrato hiper-realista de um país que tarda em desligar-se de homens providenciais. Ao seu jeito, Ricardo Salgado era – na cabeça dos que aspiravam a ter poder e a conservá-lo – um homem providencial – que abria e fechava as portas do poderoso reino da influência aos dispostos a servir, ambicionando – sem esforço gigante – elevarem-se social ou politicamente. Ricardo Salgado era amigo de alguns dos poderosos da República que desfilam na agenda do banqueiro. Mas a maior parte dos que alcançam estatuto para ocuparem pedaços dos longos e intensos dias do presidente executivo do BES serão relações de circunstância, mesmo que algumas circunstâncias se tenham prolongado muito no tempo. Oiça aqui o segundo episódio da Agenda de Ricardo Salgado, um podcast sobre 2268 dias de vida do velho banqueiroSee omnystudio.com/listener for privacy information.
A 15 de setembro de 2023, no dia em que Cavaco Silva lançou o livro “O Primeiro-ministro e a Arte de Governar”, o autor poderia ter sido o único protagonista. E, mesmo que a divisão do palco não seja o forte do homem que, a seguir a António de Oliveira Salazar, mais anos esteve no centro do poder, naquele dia, Cavaco partilhou as honrarias com uma antiga criação sua, José Manuel Durão Barroso. Há 48 referências a José Manuel Durão Barroso na agenda de Ricardo Salgado. Na maioria delas, o, à época, presidente da Comissão Europeia é apresentado, apenas, pelas iniciais – JMDB. Quatro dezenas das referências ao nome de Durão Barroso na agenda de Ricardo Salgado correspondem a reuniões ou a notas que o banqueiro ia escrevendo. Em algumas delas, Salgado convocava Barroso para lhe dar conselhos, noutras pré-anunciava pedidos de ajuda muito concretos.  Oiça aqui o terceiro episódio da Agenda de Ricardo Salgado, um podcast sobre 2268 dias de vida do velho banqueiro.See omnystudio.com/listener for privacy information.
Se não fossem o petróleo e o gás líbios, se não fossem as riquezas naturais do feudo de Kadafi, que o ditador controlava e geria a seu belo gosto e prazer, as marcas das 270 mortes, provocadas pelo atentado ao avião da Pan Am, em 1988, essas marcas jamais teriam sido apagadas. Em Portugal, o primeiro-ministro Durão Barroso abriu a porta. José Sócrates, assim que tomou o poder, em 2005, escancarou-a. Em menos de cinco anos, o primeiro-ministro português visitou a Líbia quatro vezes. Certamente discreto, como convém aos que gostam de passar pelos filtros do poder, silenciosamente e sem atrito, lá estava Ricardo Salgado. O banqueiro integrou a comitiva na segunda visita oficial de José Sócrates à Líbia. E essa presença discreta terá servido de primeiro empurrão para que o banqueiro do regime se deixasse tentar pelos milhões que brotavam de tão extravagante geografia. Oiça aqui o quarto episódio da Agenda de Ricardo Salgado, um podcast sobre 2268 dias de vida do velho banqueiro.See omnystudio.com/listener for privacy information.
Na lista dos altos-quadros do BES, Rita Barosa era das mais próximas, senão mesmo a mais próxima, de Ricardo Salgado. O nome da antiga diretora é nomeado 63 vezes na agenda do banqueiro.  Rita Barosa foi a 28ª governante a transitar do BES, de Ricardo Salgado, diretamente para o governo da República.  Barosa, certamente mais do que os outros 27, era muito próxima do banqueiro do regime.  A consulta da agenda de Ricardo Salgado, focada, exclusivamente, no nome de Rita Barosa, coloca a diretora coordenadora em todas as dimensões do império.  Ana Rita Barosa tomou posse como secretária de estado da administração local e reforma administrativa a 1 de fevereiro de 2013.  Foi convidada por Miguel Relvas, ministro adjunto e dos assuntos parlamentares. Na lista dos 11 ministros do governo de coligação PSD-CDS,  Relvas era mesmo o mais próximo do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho. Oiça aqui o quinto episódio da Agenda de Ricardo Salgado, um podcast sobre 2268 dias de vida do velho banqueiro.See omnystudio.com/listener for privacy information.
A 15 de dezembro de 2013, Ricardo Salgado faz a primeira lista de investidores privados a quem decide pedir dinheiro… à frente de cada nome, Salgado vai colocando um montante. À medida que o tempo corre, os nomes mantêm-se; só as verbas se alteram.  Fomos atrás de cada um destes nomes.  Para montar os esquemas de violação das regras do Banco de Portugal, Ricardo Salgado não contou apenas com a colaboração de diretores do BES ou do BESI, Salgado teve de contar, igualmente, com a cumplicidade dos próprios clientes… que, desde logo, se deixaram atrair pelas musculadas taxas de juro que iriam receber na compra destes títulos das empresas do GES.  Oiça aqui o sexto e último episódio da Agenda de Ricardo Salgado, um podcast sobre 2268 dias de vida do velho banqueiro.See omnystudio.com/listener for privacy information.
Comments (1)

Tony Alves

Ideia de podcast excelente mas está mal executada. Muita parra e pouca uva. Episódios de 20 min que espremidos só têm 5 min de verdadeiro conteúdo. Demasiadas falas repetidas tanto no mesmo episódio como entre episódios. Apesar disso, gosto bocadinhos de stand up comedy que fazem aqui e ali para entreter a malta, como por exemplo dizerem que o CDS é de centro sem se rirem.

May 14th
Reply
loading