DescobrirAcademia CBN - Mario Sergio Cortella
Academia CBN - Mario Sergio Cortella
Claim Ownership

Academia CBN - Mario Sergio Cortella

Autor: CBN

Inscrito: 264,933Reproduzido: 5,513,268
compartilhar

Descrição

Reflexões e provocações sobre o cotidiano e as relações humanas.
730 Episodes
Reverse
Mario Sergio Cortella destaca que a folia, para alguns, é um momento de soltar amarras e romper com o mundo, mas, para outros, é hora de recolhimento. Segundo ele, o carnaval mexe com a gente de alguma forma, e é possível encontrar o prazer de qualquer jeito.
Mario Sergio Cortella comenta sobre piadas e comportamentos que eram marcantes no humor e na sátira, mas que já estão fora do tempo e que precisam ser explicadas.
Mario Sergio Cortella diz que, quando alguém é incompetente, acaba gerando transtornos para outras pessoas envolvidas na ação. Segundo ele, agir sem ter perícia naquilo que precisa fazer expõe fratura na convivência.
O que motiva o escritor

O que motiva o escritor

2020-02-1800:02:275

A fonte amarga é um dos motivos que traz a literatura. O escritor mineiro Lúcio Cardoso escreveu obras baseado na melancolia da vida e na razão entristecida.
O poeta romano Ovídio já havia alertado sobre a necessidade da ação preventiva 'antes que seja tarde'.
Mario Sergio Cortella comenta sobre a sensação de ler um livro ou ver um vídeo e achar que foi feito baseado na nossa própria vida. É a composição pessoal do autor que chega em outras pessoas.
Mario Sergio Cortella fala sobre quem usa a omissão como estratégia e cuida apenas das suas coisas. Mesmo com uma tarefa coletiva, só salva a própria pele ou de quem tem interesse.
Mario Sergio Cortella fala que não é qualquer saber e capacidade que tem validade por si mesma. Ele cita um conselho do escritor francês François Rabelais que fala sobre a sabedoria e também que a ciência sem consciência não passa de ruína da alma.
A realidade sem disfarce

A realidade sem disfarce

2020-02-1100:02:261

Em vários momentos da história, pessoas surpreenderam por quererem se mostrar como eram de fato. Uma das histórias mais curiosas sobre o assunto ocorreu com o político britânico Oliver Cromwell. Ao ser retratado por um pintor, ele disse: 'pinta-me como sou. Se omitires as cicatrizes e as rugas, não te pagarei.'
Mario Sergio Cortella fala sobre pessoas que por qualquer forma de poder ou autoridade, roupas que vestem e bens que possui ficam deslumbradas e se colocam superiores ao que são.
Mario Sergio Cortella fala sobre a ideia de aproveitar a vida e não desperdiçar a existência. Ele diz que a maioria das pessoas sente o momento para curtir num fim de semana, mas não pensa no tempo terminal.
Mário Sergio Cortella alerta para o risco de uma adoração exacerbada pelo próprio ser humano, que se coloca como centro de todas as coisas. O filósofo francês Voltaire, no século XVIII, falou sobre o assunto de maneira irônica, escrevendo um 'sermão proferido diante das pulgas'.
A fragilidade nítida

A fragilidade nítida

2020-02-0500:02:252

Mario Sergio Cortella lembra que há alguns momentos em que as pessoas demonstram fragilidade, inspirando cuidados e atenção. Quem já falava sobre isso era o escritor francês Henry de Montherlant. 'Há dois momentos de sua vida em que todo homem é respeitável: na sua infância e na sua agonia', escreveu ele.
Muitas vezes, criticamos demais o estilo de vida das outras pessoas sem pensarmos no que de fato precisa ser modificado. No século XIX, o escritor norte-americano Mark Twain fez uma brincadeira com a questão. 'Nada precisa tanto de reforma como os hábitos dos outros', escreveu.
Quantas vezes prometemos sem a real intenção de cumprir? Para Mario Sergio Cortella, no âmbito da política, a questão se torna ainda mais séria. No século XVIII, o filósofo francês Jean de La Bruyère já analisava a questão.
Mário Sergio Cortella lembra que há a necessidade de trazermos esperança em momentos difíceis. 'A ideia de esperança como um ato de busca daquilo que seja melhor para todos marca a trajetória humana', comenta. Para Cortella, um dos maiores símbolos desse sentimento é uma passagem bíblica, do livro do Gênesis, que relata o fim do dilúvio.
Mário Sergio Cortella questiona: 'quantas vezes somos vitimados pela percepção de que os horizontes são terríveis?' Sobre essa preocupação, que pode levar à amargura, o poeta português Antero de Quental escreveu: 'assim a vida passa vagarosa: o presente, a aspirar sempre ao futuro; o futuro, uma sombra mentirosa'.
Mário Sergio Cortella diz que um melhor controle do tempo de descanso proporciona uma capacidade maior de aproveitarmos o que queremos ou precisamos fazer. Sobre isso, o poeta Thomas Moore já dizia: 'o melhor de todos os meios de prolongar nossos dias é roubar da noite algumas horas'.
Grilhão rompido, a fonte essencial. Aquilo que a nossa existência nos conecta ao que importa. Isto é: aquilo que impede que sejamos retidos a uma vida de mera materialidade e que não nos permite de sermos capaz de elevar como indivíduos.
Há pessoas nos tempos atuais que têm a intenção de profanar a liberdade e ofender a inteligência, degradando a nossa forma de convivência e as constituições.
loading
Comentários (100)

Jonnathan Weber

2 min eh pouco demais

Jan 15th
Responder (2)

lucas oliveira

belas palavras.

Dec 28th
Responder

Brenda Nunes Damasceno

amo #MArio Cortella

Dec 4th
Responder (2)

Brenda Nunes Damasceno

Sérgio Portella sempre top!

Dec 4th
Responder

Reenan Scartezini

❤️🥇

Nov 19th
Responder

Marcelo Jovani

😍😍😍😍

Nov 17th
Responder

Ismael Oliveira

parabéns Mário Sérgio Cortela...Muito bem falado...falou tudo...

Nov 11th
Responder

Marcelo Jovani

😃😃😃😃😃

Nov 2nd
Responder

Marcelo Jovani

🥰🥰🥰

Oct 24th
Responder

Clara Andrade

fobia social é uma doença,as pessoas não escolhem ficar só,elas não conseguem interagir com as pessoas,assim como as demais pessoas!

Oct 23rd
Responder

Marcelo Jovani

😍😍😍😍

Oct 22nd
Responder

Gilberto Braz

👍🏼

Oct 1st
Responder

Monica Lucena

adorei este podcast sobre o perigo de falar muito e agir pouco e a referência do Barão que compara o barulho do tambor e o esvaziamento interno deste mesmo tambor!!!

Sep 20th
Responder

Wanessa Paiva

Cortella: sempre grandioso! Leonardo Da Vinci: gênio 💚

Sep 8th
Responder

Erica Correia

Excelente!

Sep 7th
Responder

zuca neves

o podcast esta muito acelerado e descaracteriza a forme e estilo que o autor conunica. por fvr, revejam. Zuca Neves

Aug 30th
Responder

crowspike

Grande mestre filósofo Cortella

Aug 23rd
Responder

Wagner Roberto Araujo

Por gentileza, pode escrever o nome do escritor francês, estou com dificuldades para o encontrar na internet

Aug 21st
Responder

Marcelo Jovani

muito bom!!!!

Aug 14th
Responder

Vania Luiza Cirilo

Meu Deus! A abertura é maior que o podcast em si O.o

Aug 14th
Responder
loading
Baixar da Google Play
Baixar da App Store