Claim Ownership

Autor:

Inscrito: 0Reproduzido: 0
compartilhar

Descrição

 Episodes
Reverse
Abrir os olhos

Abrir os olhos

2022-05-1904:05

por: Ennio Gomide dos Santos.“Mas levanta-te e firma-te sobre teus pés, porque por isto te apareci, para te constituir ministro e testemunha, tanto das coisas em que me viste como daquelas pelas quais te aparecerei ainda, livrando-te do povo e dos gentios, para os quais eu te envio, para lhes abrires os olhos e os converteres das trevas para a luz e da potestade de Satanás para Deus, a fim de que recebam eles remissão de pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim.” (Atos dos Apóstolos 26.16–18 RA) Não diferente de Paulo, não somos chamados para revelarmos uma religião e nem para converter as pessoas às nossas crenças e religiosidade, mas sim, para abrimos os seus olhos, agindo como Cristo e sendo luz no mundo, para que abandonem as trevas e se convertam ao Deus vivo que nos concede a vida por meio de Cristo. Por meio Dele e Sua obra na cruz, somos justificados, santificados e colocados na presença do Pai por Sua graça.Mais que salvos, somos chamados para vivermos o reino de Deus no mundo, andando segundo os valores deste reino, como para abrirmos os olhos de todos que estão próximos de nós.
por: Ennio Gomide dos Santos.“Quanto à minha vida, desde a mocidade, como decorreu desde o princípio entre o meu povo e em Jerusalém, todos os judeus a conhecem; pois, na verdade, eu era conhecido deles desde o princípio, se assim o quiserem testemunhar, porque vivi fariseu conforme a seita mais severa da nossa religião. E, agora, estou sendo julgado por causa da esperança da promessa que por Deus foi feita a nossos pais” (Atos dos Apóstolos 26.4–6 RA) Nem mesmo o testemunho que dermos irá assegurar que as pessoas se converterão a Deus e à Sua vontade, pois nem todos compreenderão a Sua vontade por estarem focados em suas prioridades.
Não mudamos de fato

Não mudamos de fato

2022-05-1804:19

por: Ennio Gomide dos Santos.“Tendo, pois, Festo assumido o governo da província, três dias depois, subiu de Cesareia para Jerusalém; e, logo, os principais sacerdotes e os maiorais dos judeus lhe apresentaram queixa contra Paulo e lhe solicitavam, pedindo como favor, em detrimento de Paulo, que o mandasse vir a Jerusalém, armando-os cilada para o matarem na estrada.” (Atos dos Apóstolos 25.1–3, RA) Quando pensamos na possibilidade de que o ser humano por si só, no seu esforço de ser melhor, conseguirá mudar sua história, agindo diferente, segundo os seus desejos de uma vida tranquila, onde exista graça, misericórdia, compaixão e amor revelado em suas próprias ações, mas sabemos que por mais religiosos e mais humanos que desejarmos ser, não agiremos segundo o bem que sabemos que temos que fazer. Somente em Deus, por meio de Cristo e Sua obra na cruz, podemos encontrar vida e o atendimento de nossos desejos mais profundos de paz, amizade, honra e respeito uns pelos outros, pois com Cristo, nós morremos e ressuscitamos, para vivermos em novidade de vida, usufruindo da vida eterna do Criador que nos é concedida, pela fé, por meio da obra de Cristo na cruz em nosso favor.
Diante de reis

Diante de reis

2022-05-1802:56

por: Ennio Gomide dos Santos.De fato, no dia seguinte, vindo Agripa e Berenice, com grande pompa, tendo eles entrado na sala de audiência juntamente com oficiais superiores e homens eminentes da cidade, Paulo foi trazido por ordem de Festo. Então Festo disse: — Rei Agripa e todos os senhores aqui presentes, vejam este homem, por causa de quem toda a multidão dos judeus recorreu a mim tanto em Jerusalém como aqui, clamando que não convinha que ele vivesse mais. Porém eu achei que ele não tinha feito nada que fosse passível de morte; entretanto, tendo ele apelado para o imperador, resolvi mandá-lo para lá. (Atos 25:23-25 NAA)Não importa quando e nem como, devemos confiar que a vontade do Pai e o Seu plano estabelecido para nós, como foi na vida de Paulo, se cumprirá, mesmo que não seja no tempo que desejamos.
por: Ennio Gomide dos Santos.“esperando também, ao mesmo tempo, que Paulo lhe desse dinheiro; pelo que, chamando-o mais frequentemente, conversava com ele. Dois anos mais tarde, Félix teve por sucessor Pórcio Festo; e, querendo Félix assegurar o apoio dos judeus, manteve Paulo encarcerado.” (Atos dos Apóstolos 24.26–27 RA)Cremos piamente que o ser humana é capaz de mudar para melhor, mas ao olhamos as Escrituras quando Paulo fala sobre o ser humano na carta aos Romanos e na situação que ele passou diante de Félix, governador, podemos observar que dificilmente devemos esperar que nós por nós mesmos, segundo a nossa vontade, sejamos capazes de melhorar, pois sendo Félix quem era e abastado, busca corromper Paulo para que lhe dê recursos.A única forma de sermos melhores, como Cristo, é quando nascemos de novo, nascemos do Espírito, somos feitos filhos de Deus e servos da justiça para proclamarmos o Seu nome. Somente em Cristo podemos nos tornar os seres humanos que Deus planejou.
por: Ennio Gomide dos Santos.“Passados alguns dias, vindo Félix com Drusila, sua mulher, que era judia, mandou chamar Paulo e passou a ouvi-lo a respeito da fé em Cristo Jesus. Dissertando ele acerca da justiça, do domínio próprio e do Juízo vindouro, ficou Félix amedrontado e disse: Por agora, podes retirar-te, e, quando eu tiver vagar, chamar-te-ei;” (Atos dos Apóstolos 24.24–25 RA) Que possamos ter a mesma atitude, pois podendo reclamar da sua situação e que Deus o havia abandonado, ele continuou a anunciar o evangelho e a salvação por meio de Cristo.
por: Ennio Gomide dos Santos“Porque, tendo nós verificado que este homem é uma peste e promove sedições entre os judeus esparsos por todo o mundo, sendo também o principal agitador da seita dos nazarenos, o qual também tentou profanar o templo, nós o prendemos [com o intuito de julgá-lo segundo a nossa lei.” (Atos dos Apóstolos 24.5–6 RA) Quando compreendemos que não se trata de ser religioso ou mesmo moralista e sim, ser guiado ou não pelo Espírito, refletimos sobre defender o nosso interesse ou não. Diante do governador, os religiosos judeus, não se constrangeram em mentir sobre Paulo e sobre o que estava fazendo, pois relataram mentiras sobre ele, pois quem iniciava as agitações não era Paulo e sim, os judeus. Paulo não estava profanando o templo, mas, cumprindo os rituais que determinam a lei quanto a purificação.
Torcendo os fatos

Torcendo os fatos

2022-05-1602:40

por: Ennio Gomide dos Santos“Este homem foi preso pelos judeus e estava prestes a ser morto por eles, quando eu, sobrevindo com a guarda, o livrei, por saber que ele era romano. Querendo certificar-me do motivo por que o acusavam, fi-lo descer ao Sinédrio deles” (Atos dos Apóstolos 23.27–28 RA)Não podemos torcer os fatos, para nos protegermos diante das circunstâncias, mas como filhos de Deus, devemos apresentar a realidade e agir segundo a Sua vontade, sendo instrumentos de justiça e expressão de Cristo no mundo.
por: Ennio Gomide dos Santos“Mas, por amor de ti, somos entregues à morte continuamente, somos considerados como ovelhas para o matadouro.” (Salmo 44.22 RA) Quando amamos a Deus e compreendemos a Sua obra de salvação em nosso favor, mediante o que Cristo fez por nós, desenvolvemos a consciência de que a única maneira de revelarmos este amor é quando negamos a natureza humana, rejeitando a forma de pensar deste mundo e nos submetemos ao modelo de Cristo que se fez oferta em favor da vontade do Pai para que nós pudéssemos receber da vida eterna do Criador.
por: Ennio Gomide dos Santos /.“Agora, pois, notificai ao comandante, juntamente com o Sinédrio, que vo-lo apresente como se estivésseis para investigar mais acuradamente a sua causa; e nós, antes que ele chegue, estaremos prontos para assassiná-lo. Mas o filho da irmã de Paulo, tendo ouvido a trama, foi, entrou na fortaleza e de tudo avisou a Paulo.” (Atos dos Apóstolos 23.15–16 RA)Não podemos pensar que tudo isso é obra do acaso ou que seja o universo conspirando, mas, temos que aprender a olhar tudo segundo o operar de Deus, do Deus vivo, que se moveu em nosso favor, fazendo a Sua salvação conhecida, por isso, estar no lugar certo, na hora certa, não foi por acaso, mas parte do plano maravilhoso de Deus para nós.
por: Ennio Gomide dos Santos“Um homem, chamado Ananias, piedoso conforme a lei, tendo bom testemunho de todos os judeus que ali moravam, veio procurar-me e, pondo-se junto a mim, disse: Saulo, irmão, recebe novamente a vista. Nessa mesma hora, recobrei a vista e olhei para ele. Então, ele disse: O Deus de nossos pais, de antemão, te escolheu para conheceres a sua vontade, veres o Justo e ouvires uma voz da sua própria boca, porque terás de ser sua testemunha diante de todos os homens, das coisas que tens visto e ouvido.” (Atos dos Apóstolos 22.12–15 RA) Uma experiência singular, Ele foi um apóstolo que nasceu fora do tempo. Era devoto à religião e totalmente comprometido, mas a vontade de Deus era outra para a sua vida. Ele, perseguindo a Igreja, não compreendeu que estava perseguindo o Cristo, por isso, ele teve a experiência a caminho de Damasco e para que entendesse o seu chamado quanto a testemunhar e revelar o evangelho aos gentios.Nós talvez, não tenhamos experiência semelhante a ele, mas temos o mesmo chamado de testemunhar e nos comprometer com o reino, tendo o nosso Deus como Rei sobre as nossas vidas para andarmos na Sua vontade e sermos luz no mundo, revelando a Sua glória.
por: Ennio Gomide dos Santos “Ora, aconteceu que, indo de caminho e já perto de Damasco, quase ao meio-dia, repentinamente, grande luz do céu brilhou ao redor de mim. Então, caí por terra, ouvindo uma voz que me dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Perguntei: quem és tu, Senhor? Ao que me respondeu: Eu sou Jesus, o Nazareno, a quem tu persegues.” (Atos dos Apóstolos 22.6–8 RA) Na cegueira, fazemos o que não devemos, pois nos focamos na nossa devoção religiosa e nos esquecemos do papel que temos neste mundo que implica em revelarmos o nosso Deus, sendo imitadores de Cristo, andando na verdade e praticando a justiça.
“Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim, por ti, ó Deus, suspira a minha alma. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando irei e me verei perante a face de Deus?” (Salmo 42.1–2, RA) Nos equivocamos quando pensamos que se trata de religião. Temos sede, todos, muitas vezes sem compreender, sede do Deus vivo. Nós estamos completos e plenos quando nos relacionamos com Deus, quando O conhecemos, mas precisamos conhecer não na perspectiva de uma entidade divina que irá suprir nossas necessidades, mas sim, de um Pai que precisamos conhecer e andar na Sua presença.A obra de Cristo em nosso favor, morrendo e ressuscitando, foi para que nós, pela graça de Deus e mediante a Sua obra na cruz, pudéssemos morrer e ressuscitar com Ele, para vivermos em novidade de vida, na Sua presença, desfrutando a Sua vida e a cada dia, buscando o conhecimento de Sua vontade, para vivermos plenamente da Sua vida, da vida eterna que Ele repartiu conosco e nos uniu com Ele.
por: Ennio Gomide dos Santos“Demorando-nos ali alguns dias, desceu da Judeia um profeta chamado Ágabo; e, vindo ter conosco, tomando o cinto de Paulo, ligando com ele os próprios pés e mãos, declarou: Isto diz o Espírito Santo: Assim os judeus, em Jerusalém, farão ao dono deste cinto e o entregarão nas mãos dos gentios.” (Atos dos Apóstolos 21.10–11 RA) Quando Paulo ouviu a declaração do que lhe iria acontecer, não mudou seus planos e nem fugiu do propósito que Deus lhe havia atribuído, toda a revelação é para confirmar e nos prepararmos para sermos a oferta plena em favor da vontade do Pai, para a salvação de todos que fazem parte da família de Deus.
por: Ennio Gomide dos Santos“Atendei por vós e por todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para pastoreardes a igreja de Deus, a qual ele comprou com o seu próprio sangue. Eu sei que, depois da minha partida, entre vós penetrarão lobos vorazes, que não pouparão o rebanho. E que, dentre vós mesmos, se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás deles. Portanto, vigiai, lembrando-vos de que, por três anos, noite e dia, não cessei de admoestar, com lágrimas, a cada um.” (Atos dos Apóstolos 20.28–31 RA) Temos uma jornada de crescimento, para que compreendendo o nosso papel no Corpo, possamos cuidar do rebanho de Deus que Ele nos colocou como ministros para cuidar e conduzir à maturidade. O rebanho é Dele e foi Ele quem comprou com o Seu sangue, a nós compete ensinar e conduzir à maturidade para que cada um desempenhe o seu papel no Corpo. Mas, não podemos ter dúvida que sempre surgirão inescrupulosos que não pouparão e procurarão enganar o rebanho, assim como do nosso próprio meio surgirão outros que buscando o próprio interesse, criarão heresias e procurando arrastar para si os discípulos imaturos, desvirtuando a verdade.
por: Ennio Gomide dos Santos“E, agora, constrangido em meu espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que ali me acontecerá, senão que o Espírito Santo, de cidade em cidade, me assegura que me esperam cadeias e tribulações.” (Atos dos Apóstolos 20.22–23 RA) Temos que compreender que à medida que avançamos, o Espírito nos dá a conhecer maiores detalhes do que iremos fazer e do que teremos que enfrentar: as lutas e dificuldades que passaremos, mas não podemos desistir do nosso chamado.
A importância do foco

A importância do foco

2022-05-1103:15

por: Ennio Gomide dos Santos“Porque Paulo já havia determinado não aportar em Éfeso, não querendo demorar-se na Ásia, porquanto se apressava com o intuito de passar o dia de Pentecostes em Jerusalém, caso lhe fosse possível.” (Atos dos Apóstolos 20.16 RA)Talvez o que nos faz diferentes de Paulo é que ele tinha foco no que estava fazendo e era comprometido com o que se propunha a fazer. Podemos observar isso em todas as suas viagens. Nada o detinha. Se o Espírito o impedia de fazer algo que ele compreendia ser da vontade de Deus, ele buscava o discernimento e quando havia o entendimento, ele não procrastinava, mas buscava fazer imediatamente. Assim era a ida para Jerusalém. Ele sabia que tinha que ir e que depois ia para Roma, só não sabia como seria.Que possamos ter a mesma visão, o mesmo foco e a mesma diligência em fazer a vontade de Deus.
por: Ennio Gomide dos Santos“No primeiro dia da semana, estando nós reunidos com o fim de partir o pão, Paulo, que devia seguir viagem no dia imediato, exortava-os e prolongou o discurso até à meia-noite.” (Atos dos Apóstolos 20.7 RA).Que possamos rever nossos pensamentos e atitudes quanto ao compromisso em compreender e viver a vontade de Deus, para que tenhamos o mesmo espírito revelado por Paulo e pela igreja.
por: Ennio Gomide dos Santos “e estais vendo e ouvindo que não só em Éfeso, mas em quase toda a Ásia, este Paulo tem persuadido e desencaminhado muita gente, afirmando não serem deuses os que são feitos por mãos humanas.” (Atos dos Apóstolos 19.26 RA) Não temos a dimensão da maneira de Deus operar quando nos submetemos de forma plena à Sua vontade. Assim como foi em Éfeso, onde Paulo foi reconhecido pelo impacto de sua mensagem, inclusive afetando os negócios religiosos. Precisamos aprender a nos entregarmos ao reino e à vontade do Pai, para podermos ser influenciadores que levam as pessoas a conhecerem a Deus, levando-as a aceitar e submeter ou a rejeitar como foi o caso em Éfeso, pois a ganância e a possibilidade de perdas, eram mais importantes.
por: Ennio Gomide dos Santos “Cumpridas estas coisas, Paulo resolveu, no seu espírito, ir a Jerusalém, passando pela Macedônia e Acaia, considerando: Depois de haver estado ali, importa-me ver também Roma. Tendo enviado à Macedônia dois daqueles que lhe ministravam, Timóteo e Erasto, permaneceu algum tempo na Ásia.” (Atos dos Apóstolos 19.21–22 RA) Deus nos prepara para os Seus planos, colocando em nós o desejo de realizar, mas temos que entender que na maioria das vezes, a jornada não é fácil e requer perseverança, pois os desafios sempre são grandes.
Comentários 
Baixar da Google Play
Baixar da App Store