DescobrirCine Poeira
Cine Poeira

Cine Poeira

Autor: Cine Poeira

Inscrito: 11Reproduzido: 279
compartilhar

Descrição

O bom, o mau e o feio do cinema de gênero em um podcast. Por Luiz Campos, Osvaldo Neto e Ronald Perrone.
26 Episodes
Reverse
Neste programa inédito do CINE POEIRA, o trio de comentaristas de cinema de gênero que você mais respeita (ou talvez não) está de volta com mais um programa dedicado à obra do grande Tobe Hooper. E o filme que selecionamos para conversar foi DEVORADO VIVO (Eaten Alive, 1976), lançado poucos anos depois do longa que mudou a vida de seu diretor, O MASSACRE DA SERRA ELÉTRICA. Protagonizado por um aterrador Neville Brand, esse filme é uma dos grandes exemplares do cinema de horror dos anos 70 que é, injustamente, pouco lembrado até pelos próprios fãs do gênero. Uma obra que não faz nenhum espectador ficar indiferente enquanto a assiste.
Clássico do chute na cara e tiros a cada 5 minutos dos bons e velhos anos 90, MASSACRE DO BAIRRO JAPONÊS é aquele tipo de filme que sempre diverte. No episódio desta semana, o trio de comentaristas do Cine Poeira fala sobre esse petardo de ação dirigido pelo mestre do cinema casca-grossa Mark L. Lester e estrelado pelo grande Dolph Lundgren, que une forças com Brandon Lee para encarar traficantes Yakuza em Los Angeles liderado por Cary Hiroyuki Tagawa, numa trama de vingança e de intercâmbio cultural.
No programa desta semana do CINE POEIRA, a equipe se diverte falando da comédia/faroeste spaghetti MEU NOME É NINGUÉM, produção italiana de 1973, dirigida por Tonino Valerii e, ninguém mais, ninguém menos, que Sergio Leone... Bom, pelo menos em algumas sequências.  Num período em que o spaghetti-western dava sinais de desgastes, a comédia e a sátira eram um sopro de renovação ao gênero e, especialmente por aqui, ganha tons de um filme crepuscular, acenando o início do fim através da figura emblemática de Henry Fonda, que passa o bastão para "o novo", representado por Terence Hill. Um filme importantíssimo para quem se interessa pelo ciclo do faroeste italiano. 
Anos depois de ser "O Atirador", Tom Berenger encara duas gangues e o narcotráfico numa escola pública de Miami em "O Substituto"! É nesse programa inédito do CINE POEIRA que o trio de comentaristas bate um papo sobre essa gema do cinema de ação noventista dirigida por Robert Mandel que também conta com um elencaço: Ernie Hudson, Glenn Plummer, Luis Guzman, Raymond Cruz, William Forsythe e mais. É o tipo de filme que visto em 2020 fica ainda mais, digamos assim, ESPECIAL do que na ocasião do lançamento. Certamente, um dos programas mais divertidos que fizemos nessa segunda temporada.
Todo dia é dia de John Carpenter. Mas especialmente hoje, 16/01, é o dia de seu aniversário! 🎂 E nesse programa inédito do CINE POEIRA que soltamos nesse sábado especial para qualquer fã de cinema de respeito, o time de comentaristas conversa sobre nada mais, nada menos que FUGA DE NOVA YORK, um dos longas mais emblemáticos e influentes da carreira deste grande autor do filme de gênero. Filme que também apresentou ao mundo um dos maiores anti-heróis do cinema, Snake Plissken, personagem que imortalizou o ator Kurt Russell. No elenco, ainda temos Lee Van Cleef, Isaac Hayes, Donald Pleasence, Ernest Borgnine, Adrienne Barbeau, Harry Dean Stanton, Tom Atkins, que já torna o filme mais que obrigatório. 
No primeiro CINE POEIRA do ano, o trio de comentaristas se debruça (epa) sobre um certo tipo de filme que fazia a alegria da moçada nas madrugadas de sábado pra domingo na Band, especialmente na segunda metade dos anos 90, assistindo escondido do papai e da mamãe...hehe! Sim, estamos falando do cinema softcore do Cine Privé. E para entrar no clima, conversamos sobre TENTAÇÃO (1995), filminho de horror erótico dirigido pelo mestre Jim Wynorski e produzido por Fred Olen Ray. O elenco é um "quem é quem" do cinema 'B' e softcore do período com Julie Strain, Larry Poindexter, Rochelle Swanson, Linda Blair, Edward Albert, Michael Parks e muito mais. O resto, deixamos para quem for ouvir. É só apertar o play   
O episódio desta semana do CINE POEIRA fala de quando duas grandes forças do cinema de ação se reuniram para nos entregar um filmaço: O ALVO (Hard Target, 1993). Essa inesquecível colaboração entre Jean-Claude Van Damme e John Woo, em pleno auge de suas carreiras, foi um divisor de águas na maneira como os filmes de ação seriam feitos em Hollywood daquele momento em diante.
No programa desta semana, resgatamos nada mais, nada menos que a primeira e única vez que o mestre do horror STEPHEN KING resolveu colocar a mão na massa e DIRIGIU uma produção. O resultado foi COMBOIO DO TERROR, aka MAXIMUM OVERDRIVE, de 1986. Baseado num conto da própria autoria de King, publicado nos anos 70, o filme não agradou totalmente o público, mas vem aos poucos ganhando um status cult. Dividiu até mesmo as opiniões dos três membros do CINE POEIRA, cujo episódio rendeu uma conversa bem divertida sobre a obra. Confira!  
Zum Zum Zum Capoeira Mata Um! No programa desta semana do CINE POEIRA, a equipe se diverte ao conversar sobre o clássico ESPORTE SANGRENTO (Only the Strong, 1993)! Dirigido por Sheldon Lettich (de DUPLO IMACTO e LEÃO BRANCO), trata-se de uma pérola noventista que marcou os fãs dos filmes de porrada, um filme brasileiro em espírito, que celebra a capoeira tanto como expressão cultural de importância social quanto como instrumento para meter o pé na cara de bandidos. E conta ainda a presença do grande Mark Dacascos, cuja carreira também é assunto de grande parte do episódio.
No programa desta semana, os comentaristas do CINE POEIRA conversam sobre o cinema explosivo de Michael Bay, sobre Nicolas Cage, sobre perseguições deflagradoras, tiroteios frenéticos e cinema de ação dos anos 90. E, claro, A ROCHA, um dos expoentes máximos do gênero nesse período. E ainda sobra um tempinho para homenagear o eterno Sean Connery, que entrega aqui mais uma de suas sublimes performances. RIP.
Ele quebra braços, vidraças, é o terror das brigas de bares. Defensor dos animais e meio ambiente. Grande divulgador do Aikido, arte marcial que pratica. Foi instrutor da CIA? Isso não sabemos… Mas no programa desta semana, os comentaristas do CINE POEIRA conversam sobre NICO - ACIMA DA LEI (1988), dirigido por Andrew Davis, que marca a estreia no cinema de ninguém menos que um dos maiores ícones dos filmes de ação: Steven Seagal!
Fim de semana de Halloween, portanto no novo episódio do CINE POEIRA, o trio Luiz Campos, Osvaldo Neto e Ronald Perrone conversam sobre SCANNERS - SUA MENTE PODE DESTRUIR (1981), clássico do mestre David Cronenberg. O filme é mais um dos apontamentos do diretor em relação a ciência como a maior ameaça da humanidade. O resultado é uma aventura sci-fi e de horror povoado de indivíduos com poderes mentais capazes de explodir cabeças. Literalmente. Quem assistiu a SCANNERS quando era moleque e não foi impactado com suas sequências perturbadoras, deveria ser internado! 
No retorno para a segunda temporada do Cine Poeira, o trio Luiz, Osvaldo e Ronald conversam sobre um clássico definitivo entre os formadores de caráter: MATADOR DE ALUGUEL, vulgo ROAD HOUSE (1989), dirigido por Rowdy Herrington, um filme que nos ensina a viver. Pancadaria em bares, música boa, camaradagem, a dor não machuca, e o leão-de-chácara PHD em Filosofia mais badass da história do cinema, imortalizado por Patrick Swayze.
Em 1985 foram lançados vários clássicos e obras cultuadas do cinema de terror , dentre eles filmes como RE-ANIMATOR, A VOLTA DOS MORTOS-VIVOS, DEMONS, DIA DOS MORTOS, A HORA DO ESPANTO e outros. E também foi nesse ano que a gloriosa Cannon jogou um orçamento milionário nas mãos de Tobe Hooper para ele entregar o filmaço que comentamos hoje: FORÇA SINISTRA. O programa também marca o último episódio da 1a temporada do podcast CINE POEIRA, composta por 13 programas lançados semanalmente em pouco mais de 2 meses. Obrigado pela audiência e até breve!
Steve McQueen e Sam Peckinpah não imaginavam que um singelo filme de assalto, feito unicamente para servir de veículo ao astro McQueen, seria tão influente quando uniram forças para fazer OS IMPLACÁVEIS (The Getaway, 1972). No programa desta semana, o time do CINE POEIRA conversa sobre esse clássico do cinema policial lançado nos anos 70, a década que abalou as estruturas do gênero.
Foi no ano de 2000 que Paul Verhoeven nos entregaria O HOMEM SEM SOMBRA (Hollow Man). O filme, até o presente momento, foi seu último projeto bancado por um grande estúdio de Hollywood. Estrelado por Elizabeth Shue e Kevin Bacon, o 'thriller' conta com um trabalho de efeitos especiais que continua a impressionar mesmo após os seus 20 anos de lançamento. Luiz, Osvaldo e Ronald comentam sobre esse subestimado título na filmografia do famoso diretor holandês.
Hoje é um dia histórico para quem faz e quem escuta o Cine Poeira! No programa de hoje, resgatamos nada mais, nada menos que CON AIR: A ROTA DA FUGA, de Simon West. Uma pequena joia do filme de ação noventista estrelada pelas feras Nicolas Cage, John Malkovich e John Cusack!
O programa de hoje do Cine Poeira celebra o aniversário do homem que nos entregou alguns dos melhores filmes dos anos 80: John Landis. O trio de comentaristas se debruça sobre UM ROMANCE MUITO PERIGOSO (Into the Night, 1985) com Jeff Goldblum, Michelle Pfeiffer e um elenco repleto de figuras conhecidas e vários outros diretores de cinema. Feliz 70 anos, Mr. Landis!
Classicão dos bons e velhos tempos do VHS, PASSAGEIRO 57 continua divertidíssimo. No programa de hoje, o trio de comentaristas fala sobre esse grande exemplar do cinema de ação noventista que transformou Wesley Snipes em um astro do gênero.
No programa de hoje, os comentaristas do CINE POEIRA conversam sobre PERIGO: DIABOLIK!, de Mario Bava. O longa, adaptado dos quadrinhos de Angela e Luciana Giussani,  passou a ter um lugar de carinho entre os admiradores do cinema 'pop' e 'cult' europeu dos anos 60, assim como de parte do elenco e de seu diretor, que estava em um momento bem inspirado. O episódio também homenageia o compositor Ennio Morricone (1928-2020), que entregou para o filme mais uma de suas várias trilhas sublimes e inesquecíveis.
loading
Comentários 
Baixar da Google Play
Baixar da App Store