Claim Ownership

Autor:

Inscrito: 0Reproduzido: 0
compartilhar

Descrição

 Episodes
Reverse
#60. Tiago Henriques, fundador da BinaryEdge (a Google das vulnerabilidade da Internet) e diretor de engenharia e investigação da empresa americana de ciberseguros Coalition em conversa sobre o mundo dos ciberataques na era da guerra da Ucrânia, o que ainda pode estar por vir dos ciberataques russos e os cuidados que todos (incluindo empresas) devem ter.
#59, parte ii. Nesta segunda parte sobre comunicação online em tempo de guerra focamo-nos mais em desinformação com a presença do investigador do ISCTE, Miguel Crespo. Olhamos para a forma como as ferramentas digitais estão a marcar o conflito.
#59, parte i. A guerra na Ucrânia é a primeira num país maioritariamente na Internet. A jornalistas, autora e professora Rita Marrafa de Carvalho ajuda-nos a perceber o que isso significa do ponto de vista de comunicação em tempos de guerra, do jornalismo à forma de fazer política (presidente Zelenski e o seu governo), passando pela confiança nas fontes de informação e, claro, a desinformação como arma de guerra.
#58.Todos morremos. O que acontece às nossas memórias, fotos, textos? Como vamos ser recordados na era digital (de excesso de conteúdo)? Damos algumas ideias e falamos com Pedro Andrade, da plataforma digital i-Memorial, que permite a criação de memoriais póstumos online.
#57. Oleg Kutkov é um ucraniano vive em Kyiv em permanente sobressalto devido aos bombardeamentos russos. Falámos com ele a partir do seu bunker improvisado sobre a importância da Internet na Ucrânia nesta altura e do sistema Starlink — ele foi o primeiro a usá-lo esta semana no país após Elon Musk o ter disponibilizado. É um engenheiro sénior, programador, perito em resolver desafios técnicos (olegkutkov.me) e criar eletrónica criativa apaixonado por espaço e astronomia.
#56. Voltamos a falar em cibersegurança, desta vez com Pedro Umbelino, um português que descobriu vulnerabilidades nos smartphones da Samsung, Google, aspiradores, entre outras. Falamos dos ciberataques já na era da guerra Rússia - Ucrânia, na eterna guerra entre iPhone e Android (qual o mais seguro), o percurso do especialista e as vulnerabilidade que estão à espreita em 2022 nas casas, nos carros e no mundo (ligado) que nos rodeia.
#54. Mette Lykke co-fundou a comunidade de fitness global Endomondo (Under Armour) em 2007 e desde 2017, 10 anos depois, lidera a empresa que usa tecnologia para lutar contra o desperdício alimentar. A empreendedora dinamarquesa explica como a inovação está a tornar missões nobres pela sustentabilidade do planeta como a de reduzir o desperdício como uma opção racional para a maioria das pessoas (tal como o Tesla fez com os carros elétricos).
#54. Analisamos o crescimento dos ciberataques em tempos de pandemia e os recentes ataques à Impresa, Cofina e Vodafone Portugal com Pedro Ribeiro, um português campeão dos chamados Óscares dos hackers que fundou empresa de cibersegurança em Londres chamada Agile Information Security.
#53. De que forma a linguagem foi o ponto de partida para criar uma civilização humana mas também tem sido fulcral para desenvolver a ciência e tecnologia? Rodrigo Moita de Deus ajuda-nos a responder a esta pergunta. O autor do novo livro Pax English: A Nossa Tribo explica-nos o que aprendeu sobre a forma como uma língua cada vez mais comum no planeta, o inglês, tem ajudado a derrubar barreiras, inovar mais e melhor e manter a paz.
Teaser para o regresso aos episódios normais (na próxima semana) com pormenores sobre o evento Building The Future, que começa hoje. Teresa Virgínia, CMO e PR Lead da Microsoft Portugal, fala de alguns dos destaques.
#52. Os 15 anos de iPhone. A forma como reinventou a computação de bolso e os telefones, criou novos negócios e indústrias. Uma conversa com a jornalista e correspondente em Los Angeles, Ana Rita Guerra, onde revelamos algumas histórias peculiares sobre 9 de janeiro de 2007, o dia em que Steve Jobs apresentou ao mundo o iPhone — Ana Rita Guerra esteve lá, em São Francisco, na apresentação e conta os pormenores "inesquecíveis".
#51. Fechamos 2021 com uma conversa com Luís Rodrigues, mais conhecido por Insónias em Carvão. Falamos da carreira como motion designer e como Insónias, da evolução importante nas ferramentas de edição de vídeo e foto da Adobe, mas também nos prós e contras de comunicar (de forma diferente) nas várias redes sociais. Depois de Facebook, Twitter e Instagram, 2022 pode ser a vez do Insónias no TikTok.
Antes de contarmos com o Insónias em Carvão aqui no podcast e de começarmos uma pausa em Janeiro, desejamos um Feliz Natal a todos e fazemos um pequeno resumo de algumas das revistas do ano (Year in Review), da Google ao Spotify. Feliz Natal 2021.
#50. A Anchorage Digital, de Diogo Mónica, tornou-se esta semana o sétimo unicórnio (empresa avaliada em mil milhões de dólares) de ADN português. Recordamos parte da entrevista que fizemos ao Diogo Mónica sobre as criptomoedas, a Anchorage e a sua carreira incrível nos EUA ao lado de Jack Dorsey e companhia.
#49. Sugerimos e analisamos os melhores gadgets do ano (como possíveis prendas de Natal) com dois peritos em tecnologia de consumo: Paulo Matos, da Exame Informática, e Pedro Tróia, da PC Guia. Homenageamos ainda Pedro Oliveira, uma referência do jornalismo tech em Portugal e durante 20 anos diretor da Exame Informática, que nos deixou de forma inesperada no passado dia 3 de dezembro.
#48. O filósofo Viriato Soromenho-Marques ajuda-nos reflectir sobre a forma como a revolução tecnológica está a ter um impacto nos seres humanos - que, ao contrário da inteligência artificial, não evoluem nas suas capacidades mentais desde o homo sapiens. O efeito das redes sociais nos mais novos, a importância da literacia digital e mediática e a urgência da tecnologia estar ao serviço das alterações climáticas.
#47. Conversa com Ricardo Vice Santos, cofundador da startup de alimentação saudável Kencko (que usa tecnologia da NASA). Ganhou as Olimpíadas de Informática em adolescente mas a falta de dinheiro não lhe permitiu estudar programação em Lisboa. Carregou malas no aeroporto de Faro, aprendeu sozinho a programar e tornou-se peça fulcral no Spotify ainda no seu início. Agora revoluciona as refeições saudáveis com a Kencko.
#46. Exploramos o mundo de alguns dos empreendedores portugueses que mais brilham lá fora e inovam com a ajuda de Ana Pimentel, ex-jornalista que escreveu o livro agora lançado "Unicórnios Portugueses". Olhamos para os unicórnios portugueses (empresas que valem mais de mil milhões de dólares) Farfetch, OutSystems, Talkdesk, Feedzai e Remote. O que os seus fundadores têm em comum, como a sua tecnologia se tem distinguido e quais serão os próximos unicórnios.
#45. Conversa com Nuno Vargas, que colabora com o Facebook, mas também com a Universidade de Stanford, sobre o metaverso, a mudança de nome do Facebook (para Meta) e a promessa de uma nova Internet que só agora se está a expandir e ganhar novos caminhos (Roblox, Fortnite também estão na dianteira).
#44. Marcelo Lebre criou com neerlandês empresa da nova era do trabalho a partir de qualquer lugar. Resultado? Portugal tem novo unicórnio. O futuro do trabalho e do rendimento básico universal
Comentários (2)

luís miguel costa

Parabéns, gostei muito da forma como foi conduzida a conversa, a deixar falar o convidado. Obrigado

Jul 15th
Responder

luís miguel costa

Ouvi pela primeira vez, o tema interessa-me mas torna-se muito incomodativo e distractivo a música de fundo e o volume a que foi colocada. Bom Ano!

Jan 8th
Responder
Baixar da Google Play
Baixar da App Store