DiscoverEntre Linhas
Entre Linhas

Entre Linhas

Author: Sandra Faria

Subscribed: 3Played: 70
Share

Description

Todas as quintas-feiras, às 21h30, partimos em viagem pelo mundo da literatura a fim de ouvir quem tem muito para dizer sobre este tema.
17 Episodes
Reverse
Já alguma vez pensaste naquilo que consideras ser um bom poema? Para André, é simples: "Um bom poema é aquele que nos permite dizer coisas que geralmente não temos oportunidade de dizer. É o caminho mais curto que não seja um atalho. Um caminho directo para algo que é complexo e que não tem espaço no dia-a-dia mas que tem de ser dito." Neste episódio conversámos sobre os poemas, os poemas dele, a ligação à literatura de uma forma geral, o que lhe falta escrever e de como a sua formação em pintura se pode ligar à escrita.
"Nunca me agradou tanto encenar uma peça de um autor, gostava de encenar as minhas próprias palavras e ideias. E esse lado da escrita mais para teatro também me ajudou a mostrar mais as minhas palavras." Quem o diz é João Pedro Azul, fundador e editor dos projectos Flanzine e Flan de Tal, que juntou a sua experiência no meio artístico para unir as palavras à parte mais visual num mesmo projecto.
Hoje o Entre Linhas foge um pouco à regra: sou só eu, o microfone e os livros que li em 2018 em cima da mesa. Vou partilhar tudo contigo e revelar-te os que ainda tenho por ler.
Diz ter, em tom de brincadeira, a profissão de sonho. O seu tempo é ocupado, em grande parte, pelas palavras, quer por aquelas que vais deixando ao microfone, como aquelas que vai largando no papel.Falo do Gonçalo Câmara, com quem conversei neste episódio, sobre as suas palavras, as viagens que o inspiram a escrever, bem como os autores que tem como referência, a sátira social que deixa na forma das crónicas que vai escrevendo, e ainda sobre os projectos que estão planeados para o futuro.
"Muitas vezes, quando começo a escrever, não sei exactamente o que vou escrever. Só depois é que a coisa se começa a definir". São palavras da Cláudia Lucas Chéu - poeta, argumentista, actriz, e também convidada do décimo terceiro episódio do Entre Linhas. Uma conversa que envolveu muitos livros e menção de autores da literatura portuguesa, bem como uma visão mais pragmática da escrita.
A convidada deste episódio não pára. E ainda bem. Tem como mote terminar tudo o que já começou e, enquanto o faz, vai deixando umas notas em forma de poesia ou, por outras palavras, em forma de "Erosão", título da sua primeira obra lançada recentemente. Para ouvir tudo o que a Gisela tem a dizer em pormenor, basta clicar no "play".
O Jaime Rocha levou-nos até à Nazaré para nos contar o início da sua viagem pela escrita, desde os primeiros textos para teatro até à poesia e ficção. Fala-nos também da sua visão sobre o futuro dos escritores em Portugal, revelando que, a seu ver, "não é fácil escrever hoje em Portugal, sobretudo poesia". Para ouvir tudo e muito mais neste episódio.
Neste episódio vamos espreitar o mundo da Sofia, que é como quem diz, A Sofia World, nome do seu blogue no qual vai escrevendo e criando conteúdo desde 2015. Falámos de como veio parar a este mundo, da experiência em publicar com editoras que designa como sendo "vanity" e muito mais.
O António Bizarro cresceu numa casa cheia de livros e desde cedo isso fez despertar em si o gosto pelas letras e pela escrita. Mais tarde, a música surge como um novo interesse e, com ele, um desejo de escrever letras para canções. Falámos sobre isso e sobre outros devaneios neste nono episódio do Entre Linhas.
"Eu sou um poeta que não sabe escrever poesia. Eu inspiro-me da coleção de sentimentos, mas quando escorro isso na escrita não o sei fazer em género de poesia", disse-me o Tiago Robalo. Conversámos sobre isto, sobre o surgimento de Charles Wilde na sua vida (e escrita) e muito mais. Para ouvir tudo no oitavo episódio do Entre Linhas.
loading
Comments 
loading
Download from Google Play
Download from App Store