DiscoverGranma Podcast
Granma Podcast

Granma Podcast

Author: Granma Podcast

Subscribed: 267Played: 3,307
Share

Description

Navegando nas ondas (sonoras e digitais) o Granma Podcast surge com a proposta trazer aos ouvintes um conteúdo, distinto, diversificado e politizado. Navegamos rumo a revolução... Revolução dos pensamentos, do modo de vida, da forma de ver e entender a sociedade. Nosso farol é o socialismo. E justamente por este motivo é que elegemos o nome da navegação que rumou pela e para a revolução socialista. Como bem disse o Comandante Fidel, se saímos chegamos, se chegamos entramos, se entramos triunfamos! Esse é o nosso objetivo com esta produção. Quando o Granma está no (m)Ar, quando ele chega aos ouvintes uma semente, uma reflexão, um questionamento, também chegará.



Queremos abordar diversos temas que interessem do nosso campo político, como arte, cultura, trabalho, ocupações, mov sociais, aproveitando os artifícios que a ferramenta sonora proporciona para sair um pouco do engessamento do militantês das análises de conjuntura e dos carros de som. Nosso objetivo é falar para a podosfera brasileira e lusófona, e também também atrair novos ouvintes para esta plataforma digital. Militantes, não militantes, simpatizantes, pessoas legais, descoladas e que buscam aprofundar em temáticas do cotidiano da política, da cultura e do comportamento contemporâneo. E como na luta de classes todas as armas são bem vindas, lá vamos nós ocupar as ondas sonoras!
32 Episodes
Reverse
Sistema Carcerário

Sistema Carcerário

2019-11-2501:06:12

Chamamos a bordo Daniela Tifany e Robson Sávio para conversar sobre o sistema carcerário brasileiro.
Tem giro novo no (m)ar! Desta vez falamos sobre o resultado das eleições na Argentina e na Bolívia e sobre a onda de protestos contra as medidas neoliberais no Chile e no Haiti.
Neste episódio juntamos uma tripulação latino-americanista para entender a erupção social que enfrentou o paquetazo neoliberal do Governo Lenin Moreno no Equador. Como os indígenas, estudantes e trabalhadores equatorianos podem influenciar a América Latina a reverter a ofensiva conservadora em curso?
Tem estreia de formato novo no Granma! No nosso primeiro Giro vamos falar sobre as eleições na Argentina, as crises políticas no Peru e no Equador, e por fim contamos sobre a articulação entre populações atingidas por barragens em toda a América Latina. Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Ouça nosso episódio sobre o crime de Mariana Ouça nosso episódio sobre o crime de Brumadinho Ouça nosso episódio sobre as Guerras Híbridas Ouça os podcasts da Podosfera Antifascista Ficha técnica Apresentação: Amélia Gomes. Roteiro: Marcelo Pereira e Amélia Gomes. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Referência ABNT deste episódio GRANMA #029: Giro - Argentina, Equador, Panamá e Peru. Apresentação: Amélia Gome. 08 de outubro de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/10/08/giro-argentina-equador-panama-peru/ Acesso em: data de acesso.
China

China

2019-10-0101:30:154

Montamos um time feminino de especialistas para conversar sobre o gigante asiático. O que é o socialismo chinês? Quais são os interesses da China no Brasil? Para onde vai a guerra comercial de Trump contra a China? Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Ouça os podcasts da Podosfera Antifascista Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Marcelo Pereira e Amélia Gomes. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Referência ABNT deste episódio GRANMA #028: China. Apresentadores: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Participantes: Amanda Salvino e Melissa Cambuhy. 30 de setembro de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/09/30/china/ Acesso em: data de acesso.
Resenha – Privatizações

Resenha – Privatizações

2019-09-1701:07:10

Desta vez nossa tripulação vai discutir as privatizações anunciadas e as intenções declaradas de vender todas as estatais brasileiras. Quais são os impactos das privatizações na vida do povo brasileiro? Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Marcelo Pereira. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Referência ABNT deste episódio GRANMA #027: Resenha – Privatizações. Locutor: Marcelo Pereira. Participantes: Alexandre Finamori e Juliane Furno. 16 de setembro de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/09/16/resenha-privatizacoes/ Acesso em: data de acesso.
Bandido bom é bandido morto? 75% das vítimas de homicídio no Brasil são negras. O dado é o verdadeiro retrato do país que em plena luz do dia dispara 80 tiros contra um trabalhador e que, sem titubear, assassina um jovem de 20 anos. A vibração de comemoração do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, após a execução de William Augusto da Silva, escancara uma das faces mais sangrentas do nosso país: a legitimação, institucionalização e a naturalidade do genocídio do povo negro e periférico do Brasil. Escuta o bate papo que rolou com Paulinha Silva, do Levante Popular da Juventude e a podcaster Laryssa Sampaio, que integra o time do Bar das Manas. Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Amélia Gomes. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Amélia Gomes. Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Ouça o episódio #17 - Marielle Presente! Referência ABNT deste episódio GRANMA #026: Resenha – Bandido Bom é Bandido Morto?. Locutora: Amélia Gomes. Participantes: Paulinha Silva e Laryssa Sampaio. 29 de agosto de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/08/29/bandido-bom-e-bandido-morto/ Acesso em: data de acesso.
Agro é pop?

Agro é pop?

2019-08-1100:46:241

Conversamos com Irene Maria Cardoso, professora da Universidade Federal de Viçosa, sobre a política de liberação irrestrita dos agrotóxicos e o futuro da agricultura e da alimentação no Brasil. Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Campanha de financiamento coletivo do comentário Me Farei Ouvir Seja um apoiador do Granma Conheça os podcasts da Podosfera Antifascista Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Referência ABNT deste episódio GRANMA #025: Agro é pop? Locutores: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Entrevistada: Irene Maria Cardoso. 11 de agosto de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/08/11/agro-e-pop/ Acesso em: data de acesso.
Tragam seus chapéus de alumínio, porque no episódio resenha deste mês vamos falar sobre o Foro de São Paulo! Esta articulação de partidos de esquerda latino-americanos existe desde 1990, e seus partidos membros já governaram, na década passada, 13 países da América Latina ao mesmo tempo. No momento da gravação deste episódio o Foro de São Paulo realizou sua 25a edição em Caracas, Venezuela. Cerca de 800 delegados se reuniram para debater os desafios da esquerda anti-neoliberal e anti-imperialista. Está sendo discutida a guinada ultradireitista que assola toda nossa região. Por que o Foro de São Paulo se tornou o espantalho favorito da ultradireita? Ao se fazer uma simples pesquisa do Google se constata facilmente que ele é mais repercutido em sites e fontes olavistas e coisas do gênero do que pela própria esquerda. Será mesmo que se trata de uma grande organização que dirige uma conspiração para fazer com que a América Latina se torne uma ditadura comunista? Chamamos a bordo para esta prosa Angélica Fontella do podcast Passadorama e Pedro Bocca, professor de Relações Internacionais. Ficha técnica Roteiro e Edição: Marcelo Pereira. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Passadorama #01, citado no episódio - Fake old news Matéria do BBC Brasil - Por que o FSP é mais importante para a direita do que para a esquerda? Ouça nosso episódio "A Venezuela é uma ditadura?" Referência ABNT deste episódio GRANMA #024: Resenha – Foro de São Paulo. Locutor: Marcelo Pereira. Participantes: Angélica Fontella e Pedro Bocca. 29 de julho de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/07/29/resenha-foro-de-sao-paulo/ Acesso em: data de acesso.
Lava Jato

Lava Jato

2019-07-1500:47:33

As reportagens do Intercept Brasil mostram com detalhes o que há muito já se dizia: A operação Lava Jato tem motivações políticas e coordenou suas ações a fim de dar consequência ao golpe que estamos vivendo no Brasil desde 2016. Convidamos para esta conversa o dirigente nacional da Consulta Popular Ricardo Gebrim. Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Referência ABNT deste episódio GRANMA #023: Lava Jato. Locutores: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Entrevistado: Ricardo Gebrim. 15 de julho de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/07/15/lava-jato/ Acesso em: data de acesso.
Resenha – Previdência

Resenha – Previdência

2019-06-2401:21:411

Aqui não é Ratinho! Convocamos nossa tripulação para uma resenha sobre a proposta do Paulo Guedes de ~reforma~ da previdência brasileira. Desde o começo, o Governo Bolsonaro tem anunciado severos cortes de direitos na previdência como se fosse a salvação da economia brasileira. Desta forma o governo tenta responder às sucessivas previsões de institutos de pesquisa de queda no crescimento. A proposta prevê aumento na idade mínima e no tempo de contribuição, o fim de aposentadorias especiais para algumas carreiras como a docente, além da desconstitucionalização da previdência, o que facilitaria futuras alterações. O que é ainda mais grave, a proposta também prevê o fim do regime de solidariedade da previdência, transformando-a num regime de capitalização individual dos trabalhadores. Em outras palavras, o que o trabalhador conseguir guardar ao longo de sua vida laboral é o que ele terá para a aposentadoria, sem nenhuma garantia de direitos mínimos. O que está por trás deste projeto? O déficit da previdência é real mesmo? E os tais devedores do INSS? Como será a tramitação da reforma no Congresso? E a luta popular para barrar mais este ataque? Para tratar destas e outras questões do direito à aposentadoria em nosso país, nosso imediato Marcelo Pereira chamou a bordo do iate Juliane Furno, do Levante Popular da Juventude, e Márcio Morais, do podcast É Pau É Pedra. Também recebemos a mais nova integrante da nossa tripulação fixa, Jordânia Souza. Além disso contamos com a participação especial de um chegado nosso do INSS (que não pode revelar sua identidade). Ele conta para nós da previdência dos servidores públicos dos municípios. Por fim, o professor Fábio Garrido, do SINDUTE, explica para gente como a reforma da previdência ataca particularmente a categoria docente. Ficha técnica Roteiro e Edição: Marcelo Pereira. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Participação especial: Fábio Garrido. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Participem da Cracóvia do É Pau É Pedra Sigam o canal do Levante Popular da Juventude no Youtube Referência ABNT deste episódio GRANMA #022: Resenha - Previdência. Locutor: Marcelo Pereira. Participantes: Juliane Furno, Márcio Morais e Jordânia Souza. 24 de junho de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/06/24/resenha-previdencia/ Acesso em: data de acesso. Texto integral do nosso correspondente no INSS Olá, ouvintes do Granma! Com muito prazer escrevo este texto a pedido do amigo Marcelo. Escrevo e não assino porque, infelizmente, o INSS publicou o Ofício Circular nº 4 PRES/INSS em 08 de março. Essa normativa determina: “ficam desautorizados a concessão de entrevistas e o fornecimento de informações sobre o tema no âmbito deste Instituto”, ou seja, expulsou os servidores do INSS- classe à qual pertenço há mais de dez anos – da discussão sobre a reforma da Previdência. Tristes tempos em que o debate público é soterrado pela desinformação.            De todo o modo, eis-me aqui para apresentar uma faceta da Seguridade Social, tema que consegue ser complicado por todas as variáveis envolvidas e  ao mesmo tempo tão delicado, visto que nos afeta diretamente. Vim falar um pouco sobre Regimes Próprios de Previdência Social.            Contextualizando, o sistema de previdência brasileiro pode ser dividido em dois grandes grupos: um conhecido por Regime Geral de Previdência Social – RGPS – que é operacionalizado pelo INSS e engloba os trabalhadores de carteira assinada, contribuintes em carnê, produtores rurais e servidores públicos ocupantes de cargos de livre nomeação e exoneração. Já o segundo é composto por Regimes Próprios de Previdência Social que são destinados aos servidores públicos efetivos, aqueles aprovados em concurso público.            Para ficar mais fácil entender, olhemos ao nosso redor. Aqui em Belo Horizonte nós temos o servidor municipal vinculado ao seu regime próprio,...
Nosso iate segue navegando nos mares das tretas da internet! Depois de falar da ação dos Estados Nacionais nas cyberguerras , o Granma resolveu bater um papo sobre as megaempresas que controlam as redes sociais e estão reestruturando o capitalismo mundial a partir dos algoritmos e das plataformas. O que parecia, no começo, uma simpática forma de encontrar amigos antigos do colégio, ou participar de conversas despretensiosas entre torcedores de um time de futebol, se tornou a principal maneira de interação social de muitas pessoas ao redor do mundo. As redes sociais perceberam então uma forma de dominar o mercado de publicidade, superando até mesmo receitas de televisão, mas não pararam por aí. As tecnologias que as redes sociais utilizaram para a publicidade acabaram sendo aproveitados por empresas que, ao aplica-las em contextos eleitorais, acabaram contribuindo para vitórias da ultradireita ao redor do mundo. Brexit, Trump, Bolsonaro e tantos outros fenômenos em todos os continentes deixaram de ser piadas extremistas que pareciam impossíveis de acontecer para se tornar a dura realidade de hoje em dia. Como atuam Facebook, Google, Apple, Amazon e outras grande empresas da internet? Como as redes sociais modulam o comportamento e as emoções das pessoas? As plataformas explicam a ascensão do ódio como prática política ao redor do mundo? A uberização significa os algoritmos controlando as relações de trabalho? O que podemos fazer para ter maior transparência e controle social sobre estas plataformas digitais? Para entrarmos nesta treta convidamos a bordo do nosso iate o prof. Carlos D'Andrea, da UFMG, e Florence Poznanski, da ONG Internet Sem Fronteiras Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Ouça nosso episódio sobre Guerras Híbridos Documentário The Cleaners Show de lançamento Boogarins Referência ABNT deste episódio GRANMA #021: Redes Sociais, ou o capitalismo das plataformas. Locutores: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Participantes: Carlos D'Andrea e Florence Poznanski. 10 de junho de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/06/10/redes-sociais/ Acesso em: data de acesso.
Guerras Híbridas

Guerras Híbridas

2019-05-2701:05:262

O Granma navega mais uma vez nos mares das tretas internacionais. Com a ascenção de governos de ultradireita no mundo todo, muito se tem falado sobre as estratégias não convencionais da guerra, ou guerras híbridas, que tem alinhado diversos países aos interesses imperialistas estadunidenses. Seriam as mudanças de regime geradas pela primavera árabe uma manipulação dos Estados Unidos utilizando as redes sociais? E o regime pró-OTAN da Ucrânia? Será que a utilização intensiva das fake news no Brasil, na Venezuela e por toda a América Latina explicam a ascensão da ultradireita nestes países? Para esta conversa convidamos Sérgio Amadeu, professor da UFABC, e Olívia Carolino, do Instituto Tricontinental. Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Guerras Híbridas - das Revoluções Coloridas aos Golpes, de Andrew Korybko Conheça o Instituto Tricontinental Referência ABNT deste episódio GRANMA #020: Guerras Híbridas. Locutores: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Participantes: Sérgio Amadeu e Olívia Carolino. 27 de maio de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/05/27/guerras-hibridas/ Acesso em: data de acesso.
O medo virou de lado! O dia 15 de maio de 2019 já entrou para a história com as primeiras grandes manifestações de rua em nível nacional contra o Governo Bolsonaro. Colocamos a ultradireita na parede, foi um verdadeiro Tsunami da Educação! A fagulha que incendiou o país não poderia ser outra: estudantes, professores e demais trabalhadores em educação ocuparam as ruas e praças de centenas de cidades do Brasil, em números que lembram as jornadas de junho de 2013. Para conversar sobre estas manifestações e os ataques do Governo Bolsonaro à educação, nossa capitã Amélia Gomes chamou a bordo Elida Elena, do Levante Popular da Juventude, e Gabriel Bonz, do GizCast. Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Amélia Gomes. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Foto da capa: Maíra Cabral. Capa: Amélia Gomes. Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Conheça o podcast Gizcast Referência ABNT deste episódio GRANMA #019: Resenha - Tsunami da Educação. Locutora: Amélia Gomes. Participantes: Elida Elena e Gabriel Bonz. 16 de maio de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/05/16/resenha-tsunami-da-educacao/ Acesso em: data de acesso.
Vivemos em tempos em que o exército brasileiro dispara, em plena luz do dia, 80 tiros contra uma família. Mas o que confere às forças armadas essa “poder” sobre tudo e todos? Tá na hora da gente entender o que os generais estão fazendo em Brasília! O Governo Bolsonaro começou uma bagunça, com ministros falando groselha nas redes sociais, propostas de retiradas de direitos sociais e trapalhadas no Congresso. Mas para além das altas confusões dessa turminha do barulho, dezenas de militares tem ocupado postos-chave na burocracia do executivo, tornando-se peça fundamental para que as decisões do Governo se tornem efetivas. Não se trata apenas do vice-presidente Hamilton Mourão e do ministro do Gabinete de Segurança Institucional Augusto Heleno, que têm maior destaque midiático e estão à frente na hierarquia militar. A presença de militares no governo já é recorde. Nem mesmo no período da ditadura se viu tanta farda assim nos gabinetes ministeriais. Porque o alto oficialato aposta tanto neste Governo, que se mostra tão inepto? Quais são seus objetivos? Há divisões entre os generais? E como eles vinham se inserindo nos governos pós-88? Para responder estas e outras perguntas, a tripulação do nosso iate chamou a bordo a profa. Suzeley Kalil, da UNESP. E ainda tem o Celso lembrando os tempos de serviço militar obrigatório! Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Dica cultural da Profa. Suzeley: Filme "Os militares que disseram não", de Silvio Tendler, 2014. Filme "Pastor Cláudio", de Beth Formaggini, 2019. Participe do uaiPod 2019 - Encontro Mineiro de Podcasters e Ouvintes dia 13/04/2019 Registro de associado da ABPod - para as eleições da nova diretoria Ouça nosso episódio sobre o começo do Governo Bolsonaro Ouça nossa episódio sobre o golpe de 2016 Referência ABNT deste episódio GRANMA #018: Militares no Governo Bolsonaro. Locutores: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Entrevistada: Suzeley Kalil. 11 de abril de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/04/11/militares-no-governo-bolsonaro/ Acesso em: data de acesso.
Marielle Vive! Passado um ano do brutal assassinato de Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, o Granma chama sua tripulação para discutir o legado dessa mulher poderosa que tanto medo causou às classes dominantes do Rio de Janeiro e do Brasil. Quem era Marielle? Pelo que lutava? Quais eram suas pautas como militante negra, LGBT e periférica? O que motivou os milicianos cariocas a assassinarem Marielle? Quem mandou matá-la e por quê? Qual é o legado de Marielle? Qual é a sua contribuição para a renovação da esquerda brasileira? Para responder a estas e outras perguntas, nós chamamos para nosso iate Andréia Roseno, da nossa tripulação fixa, e Carine Nascimento, do podcast Ideias Negras. Dá o play! Ficha técnica Roteiro e Edição: Marcelo Pereira. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Dicas da Carine: Infiltrado na Klan, filme de Spike Lee. Gota D'Agua Preta, dirigida por Jé de Oliveira Dicas da Andréia: Ladrão, álbum de Djonga Segunda Preta, segundas-feiras às 20h no Teatro Espanca, Belo Horizonte-MG Dica do Marcelo: Dragões de Garagem 127 - Segurança Pública com Marielle Referência ABNT deste episódio GRANMA #017: Resenha – Marielle Presente!. Locutor: Marcelo Pereira. Participantes: Andréia Roseno e Carine Nascimento. 24 de março de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/03/24/resenha-marielle-vive/ Acesso em: data de acesso.
Carnaval e Feminismo

Carnaval e Feminismo

2019-03-1200:55:261

O carnaval de 2019 se tornou o palco da resistência cultural e popular contra a reação conservadora no Brasil. Não por acaso o protagonismo desta politização do carnaval e da carnavalização da política está com as mulheres, justamente as mais atingidas por toda esta conjuntura reacionária. Não é exatamente uma novidade. Desde, pelo menos, as manifestações do #EleNão durante as eleições passadas, as mulheres vem dando a linha. E trazem consigo as baterias, as danças e a alegria dos blocos. Coincidência ou não, o 8 de março - que tradicionalmente abre o calendário de manifestações de rua dos movimentos populares a cada ano - em 2019 caiu na semana do carnaval. As mina pularam nos bloquinhos de sábado a quarta, e na sexta não perderam o pique. Foram pra rua mostrar que os reaças não terão vida fácil no seu projeto de regredir décadas em direitos e liberdades no Brasil. O maior símbolo desta guinada foi sem dúvidas o desfile da Estação Primeira de Mangueira, campeã do carnaval do Rio de Janeiro. Com o enredo "História para ninar gente grande", a mangueira deu a todos uma lição de educação popular e arte militante. Para entender melhor este fenômeno e conversar sobre como o carnaval e a luta das mulheres se mesclaram neste ano, o Granma chamou para embarcar Bernadete Monteiro, da Marcha Mundial das Mulheres, e Lorena Lemos, do Levante Popular da Juventude, do carnaval de Belo Horizonte. O Celso, esse pilantra, foi pular carnaval na Bahia e resolveu não voltar! Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Ouça nosso episódio piloto sobre o carnaval de Belo Horizonte Referência ABNT deste episódio GRANMA #016: Carnaval e Feminismo. Locutores: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Participantes: Bernadete Monteiro e Lorena Lemos. 12 de março de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/03/12/carnaval-e-feminismo/ Acesso em: data de acesso.
Resenha – Brumadinho

Resenha – Brumadinho

2019-02-2501:10:261

Carnaval tá quase aí, a gente podia estar na folia, mas o Brasil nos obriga a pistolar! O crime ambiental da Vale em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, que matou centenas de pessoas, atingiu toda bacia do rio Paraopeba e agora ameaça o Rio São Francisco, é o assunto do mês de fevereiro no Granma Resenha. À luz do que aconteceu em Mariana, há pouco mais de três anos atrás, nós discutimos os impactos do crime ambiental de Brumadinho, de gigantescas proporções. Qual o modus operandi da Vale na ruptura da barragem da mina do Córrego do Feijão? Será que mais uma vez ela vai se preocupar mais em tentar recuperar sua imagem e negligenciar as vítimas? Qual é a política que o Brasil escolheu para a mineração? Em que ela contribuiu para que chegarmos a situações como essa? Reestatizada a Vale ou “Reprivatizar” qual seria a solução? Para conversar sobre estas e outras questões a nossa capitã Amélia Gomes convocou Wallace Oliveira, da nossa tripulação fixa, e convidou Filipe Mendonça, do podcast Chutando a Escada. Ficha técnica Roteiro e Apresentação: Amélia Gomes. Edição: Marcelo Pereira. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Ouça nosso episódio sobre o crime ambiental de Mariana Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Referência ABNT deste episódio GRANMA #015: Resenha – Brumadinho. Locutora: Amélia Gomes. Participantes: Filipe Mendonça e Wallace Oliveira. 25 de fevereiro de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/02/25/resenha-brumadinho/ Acesso em: data de acesso.
Ciência e fake news

Ciência e fake news

2019-02-1601:07:181

A ascensão dos governos de ultradireita no mundo foi acompanhada do surgimento do fenômeno da pós-verdade. Em outras palavras, vivemos um momento em que as emoções e afetos são mais importantes do que os fatos para a formação da opinião das pessoas. Neste contexto, a ciência, enquanto método da apreensão da realidade baseada em evidências e pesquisa, está em cheque. A grande ameaça é a avalanche de boatos, teorias da conspiração e versões alternativas dos fatos, que passamos a chamar de fake news. Quem diria que no século XXI cresceria na humanidade a crença de que a terra é plana? Quem diria que um boato sobre distribuição de mamadeira em formato peniano seria decisivo para as eleições presidenciais? Esse é o mundo contemporâneo! E é claro que a escola, a Universidade e a ciência em geral não estariam imunes à influência das fake news. Junto com elas chegaram o projeto Escola Sem Partido, os cortes drásticos no financiamento da pesquisa científica e a ameaça à autonomia universitária. Para conversar sobre esta distopia da ode à ignorância em que vivemos hoje, convidamos Bruna Schall, doutoranda em Sociologia da UFMG, e Renan Santos, professor de biologia e divulgador científico do Brasil de Fato-MG. Além disso, Celso das Chave está preocupado com seu sobrinho que vai pra escola e chega em casa contando as abobrinhas que viu no Youtube. Ficha técnica Apresentação e Roteiro: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Edição: Amélia Gomes. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Dica da Brunah: podcast Dragões de Garagem Dica do Renan: podcast Naruhodo Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Referência ABNT deste episódio GRANMA #014: Ciência e Fake News. Locutores: Amélia Gomes e Marcelo Pereira. Participantes: Bruna Schall e Renan Santos. 16 de fevereiro de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/02/16/ciencia-e-fake-news/ Acesso em: data de acesso.
O Granma inicia um novo formato! Além dos episódios regulares de debates sobre temas específicos, nós agora teremos o Granma Resenha. Trata-se de uma revista mensal que reunirá uma nova tripulação, além de um convidado especial, para comentar as principais notícias do mês. Nesta primeira resenha escolhemos analisar os primeiros acontecimentos do Governo Bolsonaro. Em apenas poucos dias de gestão já fica claro o desastre que se pronuncia, com vários desencontros entre a equipe de Governo e denúncias tenebrosas na mídia. Qual a relação entre o clã Bolsonaro e os milicianos do Rio de Janeiro? Porque o motorista Queiroz foi se esconder das autoridades no Rio das Pedras, um dos mais tradicionais redutos da milícia carioca? E este ministério? Será que Bolsonaro conseguirá gerenciar tantos interesses distintos dos diferentes grupos políticos representados no Governo? Como conciliar ultraliberais, militares, youtubers bobocas, fanáticos religiosos e adeptos de teorias conspiratórias? Ainda: o envolvimento de Bolsonaro com a crise na Venezuela é um prenúncio de uma entrada do Brasil num conflito armado na América do Sul, como não se vê há muitas décadas? Para debater estas e outras questões, Marcelo Pereira convocou Wallace Oliveira, recém chegado à tripulação fixa do Granma, e Aristóteles Cardona, do podcast Medicina em Debate. Amélia Gomes e Celso das Chave não participam deste episódio por motivos de férias. Mas voltam já no próximo! Ficha técnica Roteiro e Edição: Marcelo Pereira. Logo do Granma: Tiago de Macedo Rodrigues. Capa: Marcelo Pereira. Mande uma cartinha pra nós: contato@granma.com.br Conheça o podcast Medicina em Debate Dica do Marcelo: Lado B do Rio 57 sobre as milícias Dica do Aristóteles: A Segunda Guerra Fria – Geopolítica e Dimensão Estratégica dos Estados Unidos – Luiz Alberto Moniz Bandeira Editora: CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA. 2013 Site saúde popular.org Dica do Wallace: filme Temporada em cartaz em todo o Brasil. Referência ABNT deste episódio GRANMA #013: Resenha – O Começo do Governo Bolsonaro. Locutor: Marcelo Pereira. Participantes: Aristóteles Cardona e Wallace Oliveira. 26 de janeiro de 2019. Podcast. Disponível em: http://www.granma.com.br/2019/01/26/resenha-o-comeco-do-governo-bolsonaro/ Acesso em: data de acesso.
loading
Comments (5)

Antonio Freire

marxismo na sua faceta estalinista virou ideologia de Estado e do economicismo. nenhuma crítica relevante, chega até a ocultar o processo de acumulação chinesa baseado em superexploração. nenhuma crítica a burocratização. esconde a luta de classes numa suposta oposição entre ocidente x oriente e outros misticismos.

Oct 12th
Reply

Fernando Pereira

Episódio do caramba! Muito obrigado, abraços e, por favor, continuem a compartilhar seus conhecimentos e reflexões! 💚

Oct 2nd
Reply

Gabriel Carvalho

Amei Los Mirlos na introdução ❤

Jul 31st
Reply (1)

João Corrêa

👏

Apr 16th
Reply
loading
Download from Google Play
Download from App Store