DiscoverJornal da USP
Jornal da USP

Jornal da USP

Author: Jornal da USP

Subscribed: 262Played: 10,537
Share

Description

Ciências, universidade, tecnologia, educação, cultura e atualidades, o Jornal da USP em sua versão podcast
182 Episodes
Reverse
A anemia falciforme é uma doença hereditária causada pela má formação das hemácias, que nesse caso, têm formato de uma foice e não de disco, como são normalmente. Esse formato contribui para que aconteça a obstrução dos vasos sanguíneos, devido à sua fragilidade. A obstrução desses vasos pode desencadear crises de dor, que atingem  sobretudo as articulações e os ossos. Essas crises duram geralmente de quatro a seis dias, entretanto, existem casos em que podem durar semanas. Além disso, a obstrução de artérias cerebrais provocam isquemia e infarto,  que em 10% dos casos, levam à acidente vascular cerebral. O tempo frio, infecções, gravidez e problemas emocionais são geralmente associados às crises de dor. As hemácias com formato de foice podem ainda ficar presas no baço, causando o aumento do órgão e a falta de sangue em outras partes do corpo como o cérebro e o coração, o que pode levar a morte. O acompanhamento médico para pacientes com anemia falciforme é feito pela vida toda, po
#40: Cáries em adultos

#40: Cáries em adultos

2019-11-1100:04:01

Este episódio do podcast Momento Odontologia explica como são formadas as cáries em adultos. Quem dá os detalhes é Fernando Neves Nogueira, da Disciplina de Bioquímica Oral do Departamento de Biomateriais e Biologia Oral da Faculdade de Odontologia (FO) da USP.A cárie é uma doença causada pela presença de bactérias específicas e a ingestão de açúcar. Esses microorganismos usam o açúcar para produzir um ácido capaz de dissolver os dentes, provocando a desmineralização.O primeiro tecido que sofre danos é o esmalte. Este processo leva meses e o paciente não chega a sentir dor até que a desmineralização chegue na dentina, que é quando a dissolução e destruição dos dentes é muito mais rápida.Pacientes adultos precisam redobrar a atenção, porque o risco de novas lesões de cárie ocorrerem na margem de restaurações já existentes é muito alta. Para evitar esses problemas, é importante fazer uma boa escovação dos dentes aliada ao uso do fio dental, diminuir a ingestão de açúcar e fazer acomp
O Brasil produz mais de 150 filmes por ano, com grande diversidade regional e temática. Segundo dados da Ancine, no ano de 2017, por exemplo, o público de filmes nacionais ultrapassou 17 milhões de espectadores, gerando uma renda de R$ 240 milhões. Entre os 463 longas-metragens lançados no País, 160 eram brasileiros. Ainda assim, há pontos que precisam ser mais bem entendidos no atual cenário de produção cinematográfica brasileiro,  como o financiamento das produções, a distribuição dos filmes, a recente censura velada a produções como Aquarius e Marighella e o papel da Ancine.Para debater sobre os dilemas do cinema brasileiro e suas possíveis soluções, o Diálogos na USP recebeu o professor Roberto Franco Moreira, da Escola de Comunicações e Artes da USP, diretor de cinema e de séries de televisão, e o cineasta David Schurmann, diretor de vários filmes, entre eles Pequeno Segredo, selecionado para representar o Brasil no Oscar em 2017.Roberto Moreira afirmou que “tivemos esse
Antes mesmo de iniciar seu programa de mestrado na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, o artista plástico Sérgio Venâncio já tinha em mente o desenvolvimento de um software que pudesse produzir desenhos de observação por meio de imagens geradas em uma câmera digital. Já na pós-graduação, foi desenvolvido então o Extentio.Em sua participação nos Novos Cientistas, Venâncio contou que uma das inspirações para a criação do software veio do artista britânico Harold Cohen, que, na década de 1970, desenvolveu um robô capaz de desenhar e pintar. Cohen serviu de base para os estudos de Venâncio. No projeto foram incorporados conceitos como o de Visão Computacional, área da inteligência artificial que treina computadores para interpretar e entender o mundo visual, e Machine Learning (Aprendizado de Máquina).O programa utiliza uma câmera treinada, por intermédio de algoritmos, para reconhecer determinados elementos, como o rosto de uma pessoa. Quando as imagens são captadas, enquadrad
O cientista russo Denis Rebrikov causou um belo rebuliço na comunidade científica depois que revelou seu controverso plano para usar CRISPR em embriões humanos. CRISPR é uma ferramenta de edição genética que, em poucos anos, se espalhou por todos os laboratórios onde há pesquisadores trabalhando com informações dos genes. Neste episódio, conversamos com um destes pesquisadores: Nicolas Hoch usa CRISPR para estudar reparo de DNA em células de pessoas com doenças genéticas raras. Ele é professor do Instituto de Química (IQ) da USP e explicou como um mecanismo originalmente descoberto nas bactérias hoje ajuda os cientistas a identificar as funções dos genes. Também neste episódio…Você já conheceu os projetos de algumas equipes brasileiras no Ciência USP #15. Agora, temos os resultados da competição! Cinco equipes brasileiras são medalhistas no iGEM 2019, competição de biologia sintética que reúne estudantes de diversas partes do mundo.E a Crisley Santana, da editoria de Universidade
 O patrimonialismo sempre foi um dos problemas com as maiores raízes na política brasileira. A apropriação do público pelo privado vem do sentimento de posse que os agentes públicos têm pelos bens dos quais eles são responsáveis de cuidar. Pertinente graças ao regime feudal, grande parte dos agentes públicos não age em prol da sociedade. Em um governo que deveria ser do povo, pelo povo e para o povo, facilmente encontram-se escândalos de corrupção de parlamentares que deixaram de lado os anseios e necessidades da população para agirem apenas em benefício próprio. Esses mesmos agentes entram em um ciclo que eles deveriam, por função do cargo, tentar abolir. O sequestro do poder faz com que os interesses pessoais se tornem seu objetivo de vida e a falta de fiscalização apenas incentiva que mais atos inconstitucionais sejam cometidos.Ficha Técnica:Produção: Nuno Morgadinho Coelho e Rosemeire TalamoneEdição sonora: Gabriel Soares, Marioaldo Avelino e Luiz Fontana
O Momento Sociedade desta semana, com o pesquisador José Luiz Portella, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, traça paralelos entre a organização política dos imigrantes bolivianos no Brasil e na Argentina. Para isso, Portella utiliza-se das teses do pesquisador José Guirado Neto, também da FFLCH.Em seu mestrado, Guirado Neto apura e compara os movimentos sociais formados por imigrante bolivianos ligados ao ramo da costura e residentes na Grande São Paulo, ou Grande Buenos Aires. Portella explica que o foco da tese não está no trabalho de confecção, mas sim na mobilização e organização política desses grupos.Guirado Neto, em seu doutorado, expõe a presença significativa da participação de donos de microconfecção junto ao imigrantes, isso no Brasil. As pautas giram em torno da luta por direitos humanos e por cidadania, em um processo que o autor denomina Movimento Pró-Imigrante (MPI).Na Argentina, os grupos estão mobilizados para combater o trabalho es
Nesta edição do Brasil Latino, o jornalista Marco Piva entrevista Alexandre Macchione Saes, doutor em História Econômica e professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP.Ele fala sobre o ciclo de debates Celso Furtado e os 60 anos de Formação Econômica do Brasil, que acontece de 6 a 8 de novembro. O evento é uma realização conjunta do Sesc-SP, da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin e do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP. Confira aqui a programação do evento.Marco Piva – ApresentadorAlexandre Vega – ProdutorBenê Ribeiro – Editor de áudioÍtalo Piva – EstagiárioPara entrar em contato escreva para ouvinte@usp.br.Brasil LatinoO Brasil Latino vai ao ar toda segunda-feira, às 17h, pela Rádio USP FM 93,7Mhz (São Paulo) e Rádio USP FM 107,9 (Ribeirão Preto). As edições do programa estão disponibilizadas em @brlatino, nos podcasts do Jornal da USP (jornal.usp.br) e nos agregadores de áudio como Spotify, iTunes e Deezer..
O ferro é um nutriente essencial para o organismo, um mineral importante para manter o bom funcionamento de muitas funções corporais, associado à produção de glóbulos vermelhos e ao transporte de oxigênio dos pulmões para todas as células do corpo. A falta dele causa a anemia ferropriva, doença que permanece como uma das deficiências nutricionais mais frequentes no ser humano.Neste episódio do Pílula Farmacêutica, Kimberly Fuzel, aluna da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP em Ribeirão Preto, conta mais sobre os sintomas, causas e consequências da anemia. Além da carência nutricional, outros fatores podem motivar o desenvolvimento da doença, como a gravidez, o parto e a amamentação. Alterações intestinais e digestivas também podem interferir na absorção do ferro, provocando o problema.Os principais sintomas são palidez, falta de energia, falta de ar ou dor no peito, especialmente ao praticar atividade física, fraqueza, batimento cardíaco acelerado, queda de cabelo e unhas fra
#39: Qual chupeta utilizar?

#39: Qual chupeta utilizar?

2019-11-0400:03:33

Este episódio do podcast Momento Odontologia traz dicas sobre como escolher a melhor chupeta com participação da mestranda em odontopediatria Paola Mira, da Faculdade de Odontologia da USP Ribeirão Preto. Apesar da grande variedade de opções no mercado, é necessário se atentar a uma série de detalhes que fazem diferença na saúde bucal infantil.No momento da compra, as informações presentes nas embalagens devem ser conferidas, pois nelas constam especificações sobre o tamanho ideal para cada faixa etária, de acordo com o tamanho da boca da criança. Além disso, também é necessário se atentar ao tipo de material do qual a chupeta é produzida. As mais recomendadas são as de silicone, pois elas retêm menos microrganismos do que o látex, além de possuirem menor índice de reações alérgicas.O formato do bico deve ser ortodôntico, que se aproxima um pouco mais ao próprio formato do bico do peito durante a sucção. Isso reduz as chances de alteração dentária, dependendo também do tempo e frequ
loading
Comments (2)

Pablo Saavedra

som com ruídos. difícil de ouvir

Aug 28th
Reply

Augusto Menna Barreto

Muito bom. Parabéns

Jan 29th
Reply
loading
Download from Google Play
Download from App Store