DiscoverO Papai é Pop Podcast
O Papai é Pop Podcast
Claim Ownership

O Papai é Pop Podcast

Author: Marcos Piangers

Subscribed: 2,710Played: 44,872
Share

Description

Jornalista, escritor e pai deslumbrado
37 Episodes
Reverse
Um livro pra dizer Eu Te Amo
Não é uma tragédia

Não é uma tragédia

2018-03-0102:0916

Não é uma tragédia Minha irmã, filha de outro relacionamento da minha mãe, tem 30 anos e descobriu um tumor agressivo na mama esquerda no final do ano passado. Passamos os últimos meses cuidando disso. Minha irmã é jovem, o tumor é forte, sentimos todos o medo que se sente quando essa doença maldita chega perto de nós. Mas ninguém sofreu mais com a descoberta do que a minha mãe. Sei o que ela sente. Ela sente a revolta que um pai sente que pode perder um filho. Minha mãe entrou em conflito profundo com a injustiça do mundo, com uma doença que pode arrancar-lhe parte do seu próprio corpo emocional, rasgar seu peito e deixá-la sangrando pro resto da vida. Sei o que ela sente porque tenho filhas. Daria minha vida por elas. Minha mãe deseja fazer o mesmo. Geralmente, quando dizemos que daríamos a vida por um filho imaginamos o momento em que nos jogamos na frente de uma bala que está indo em direção dele. Ou um barco que afunda, ou uma corda que está prestes a se romper. São momentos em que podemos salvar a vida de um filho, mesmo que isso signifique morrer. Acho que todos nós faríamos isso. Mas no filme da vida real nunca podemos fazer isso por eles. O roteiro é injusto e cruel, temos que ver nossos amados em perigo, impotentes. Quando descobrimos o tumor escrevi o texto abaixo. Tive medo de publicá-lo e parecer insensível com o sofrimento de outras pessoas. Mas entendo também que todos os dias cometemos pequenas tragédias, quando não valorizamos o que temos plenamente. Essas coisas acontecem. Um jovem adoece no verão. Um senhor é atropelado por um taxi. A biópsia aponta que o tumor é maligno. Essas coisas acontecem todo dia. E todos os dias saímos de casa achando que jamais acontecerá conosco. Uma doença leva embora um pai. O médico comunica um exame preocupante. Uma moto atravessa um sinal fechado. Todos os dias isso acontece. E todos os dias nossos planos são os mesmos. Trabalho, almoço, trabalho, jantar. Não acho que seja uma tragédia quando essas coisas acontecem com a gente. Dizemos: “Que tragédia! Morreu tão cedo!". Não acho que seja uma tragédia. Acho que a vida é um amontoado de caos e coincidência. Acho que hoje estamos aqui e amanhã não estamos mais. Uma tragédia é não agradecer por esse tempinho que estamos aqui. Uma tragédia é não valorizar a vida em família. Uma tragédia é trocar o sorriso do nosso filho pelo celular. Um passeio em família pelas preocupações do trabalho. Uma tragédia é não abraçar as pessoas hoje. Uma tragédia é passar a vida em branco. Uma tragédia é achar que um dia vamos ser felizes, não hoje. Uma tragédia é achar que não vai acontecer com a gente. E a vida vai ficando pra depois. Um dia eu mudo de emprego. Um dia eu digo que gosto dela. Um dia eu faço uma viagem. Um dia eu vou ser voluntário nesse projeto. Não acho que seja uma tragédia uma jovem cheia de planos descobrir uma doença grave. Acho uma tragédia quando aprendemos a valorizar o que temos só depois de perder. Acho uma tragédia não termos ido ainda para aquela viagem dos nossos sonhos. Acho uma tragédia viver de aparências. Acho uma tragédia ter comprado coisas achando que isso seria felicidade. Acho uma tragédia trabalhar em algo que você odeia. Acho uma tragédia você passar a vida brigado com alguém. A morte não é uma tragédia. Tragédia é quando a gente não viveu.
Me encontre por aí: Meu site - http://www.piangers.com Facebook - https://www.facebook.com/marcospiangers/ Instagram - https://www.instagram.com/piangers/ Podcast - https://soundcloud.com/piangers Youtube - https://www.youtube.com/piangers Receba minha newsletter - http://www.piangers.com/gruposecreto/ Camisetas do Papai Pop - http://www.papaipop.org Cada peça vendida reverte cinco pratos de comida para crianças com fome Conheça os livros - http://www.piangers.com/papaipop/ Conheça as palestras - http://www.piangers.com/palestras/ —————————————————————————————————————————————— Quero que você finja Quero que sorria se alguém disser que está crescida. Se alguém elogiar seu vestido, diga "muito obrigado". Diga que o elogio é muito importante pra você. Mesmo que você considere o elogio bobo, que suponha que a pessoa não tem capacidade para avaliar se o vestido é mesmo bonito. Quero que você finja. Quero que sorria e diga "muito obrigado". Quero que faça parecer sincero. Quando você souber mais que o professor, quero que não demonstre isso de forma grosseira. Quero que guarde suas espertezas para si. Ajude os colegas com dificuldades, tente explicar de uma forma paciente. Não tenha prazer em constranger outras pessoas. Já fiz isso e não me orgulho. Não é uma boa sensação, no longo prazo. Sei que, por alguns anos, você vai achar o mundo um lugar estúpido. As conversas de elevador são estúpidas, as perguntas nas provas são estúpidas, as ideias dos chefes são estúpidas. Você realmente sabe mais que todo mundo. Você tem soluções melhores, tomaria decisões melhores, conversaria sobre coisas mais importantes. Mas quero que você finja. Quero que você seja convincente em considerar outras pessoas valiosas. Quero que ouça suas conversas vazias com atenção. Quero que faça perguntas, que os faça sentir importantes. Quero que você finja ser doce, quando não tiver vontade. Que finja que tem prazer em segurar a porta para os outros, em ajudar nas compras, em ouvir histórias de pessoas idosas. Quando não sentir vontade, diga "fale-me mais sobre isso". Converse com as pessoas sem olhar para o celular. Quero que você finja que se importa. Que finja que se preocupa. Que seja cortês, mesmo quando ninguém devolver cortesias. Quero que você finja. Que se torne perita em simular doçuras. Que seja ótima em praticar bondades, em estabelecer empatias. Você já terá sido muito melhor que eu. E quando menos notar, será aquilo que fingia ser. Será doce, bondosa e atenciosa. Receberá carinho de todos. E encontrará pessoas mais jovens que você, mais cínicas e presunçosas. E espero que elas digam: "Muito obrigado, senhora. Seu elogio é muito importante pra mim". E espero que você acredite.
Me encontre por aí: Meu site - http://www.piangers.com Facebook - https://www.facebook.com/marcospiangers/ Instagram - https://www.instagram.com/piangers/ Podcast - https://soundcloud.com/piangers Youtube - https://www.youtube.com/piangers Receba minha newsletter - http://www.piangers.com/gruposecreto/ Camisetas do Papai Pop - http://www.papaipop.org Cada peça vendida reverte cinco pratos de comida para crianças com fome Conheça os livros - http://www.piangers.com/papaipop/ Conheça as palestras - http://www.piangers.com/palestras/ O Pai da Gabriela Sempre que ia deixar minha filha na escolinha, vinha aquela menina de cabelo crespo. O nome dela era Gabriela. Enquanto dava tchau pra minha filha, a Gabriela sempre puxava papo, sobre os mais diversos assuntos. “Aquele é o seu carro?”, ela perguntava. “Sim”, eu respondia. “O do meu pai é melhor.” Aquilo me deixou meio constrangido. “O carro do meu pai é bem grandão. E superbonito”, disse a Gabriela. Com o tempo percebi que o objetivo da Gabriela era me desmoralizar. Só pode. Eu dando beijos de despedida na minha pequena e lá vinha ela. “Você é magro”, me disse uma vez. “Você acha? Até que estou me achando barrigudo”, eu disse. “Meu pai é forte. Ele consegue me levantar com um braço só”, ela falou. E assim era quase todo dia. “Meu pai tem um trabalho superbom.” “Meu pai comprou uma casa enorme.” “Meu pai se veste melhor que você.” Era como se a Gabriela fizesse bullying comigo. Comecei a evitar despedidas longas na frente do portão da escola, só pra não ser agredido pela Gabriela. Eu estava cansado de ser comparado com o pai da menina. Comecei a imaginar aquele cara, mais forte do que eu, mais bem-sucedido. Carro melhor, cabelo melhor, sorriso mais bonito. “Meu pai não tem essa barba feia”, ela disse pra mim uma vez, olhando meu cavanhaque. O pai da Gabriela era uma mistura de Rodrigo Hilbert com George Clooney. Passei a evitar a saída da escola. Me incomodava a possibilidade de encontrar o pai da Gabriela. Será que ele também iria me humilhar, como a filha tinha feito durante quase um semestre? Aquele homem carismático e charmoso iria apertar minha mão e dizer: “Você deve ser o barbudo raquítico de quem minha filha tanto fala!”. Até que um dia vi a Gabriela no colo de um homem. Os dois se abraçando, o olho da Gabriela brilhando enquanto olhava pra ele. Era um sujeito baixinho. Usava um terno maior do que devia, a bainha estava mal cortada. Era meio careca na região da testa, o nariz certamente não poderia ser chamado de pequeno. Estava feliz com a Gabriela no colo. Me cumprimentou rapidamente. Carregando mochila e brinquedos, dava beijos na barriga da filha, que gargalhava. Entraram os dois num Corsa sedan. E foram embora, sorrindo os dois. Gabriela e seu herói.
Nossa Melhor Vista

Nossa Melhor Vista

2016-10-1002:565

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Que Nunca Acabe

Que Nunca Acabe

2016-10-0902:358

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Meninos e Meninas

Meninos e Meninas

2016-10-0902:058

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Um Verão Perigoso

Um Verão Perigoso

2016-10-0902:433

Saiba mais em www.papaipop.com.br
A Revolta dos Colchões

A Revolta dos Colchões

2016-10-0902:104

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Só isso?

Só isso?

2016-10-0901:373

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Saiba mais em www.papaipop.com.br
Saiba mais em www.papaipop.com.br
Avós (in memoriam)

Avós (in memoriam)

2016-10-0406:215

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Orgulho Nerd

Orgulho Nerd

2016-10-0403:494

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Tarde Demais

Tarde Demais

2016-10-0402:535

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Histórias que me contam

Histórias que me contam

2016-10-0403:313

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Saiba mais em www.papaipop.com.br
Quando eu for velho

Quando eu for velho

2016-10-0202:522

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Anita e a Eclair

Anita e a Eclair

2016-10-0203:171

Saiba mais em www.papaipop.com.br
Um Dia Normal

Um Dia Normal

2016-10-0102:011

Saiba mais em www.papaipop.com.br
loading
Comments (12)

Lucas Marques de araujo

esse podcast md mostrou o quanto sou falho como pai pra minha filha isso me faz tentar fazer oq éelhor pra ela

Apr 28th
Reply

Lucas Marques de araujo

esse podcast me mostroU O QUANTO EU SOU UM MAL PAI SOU SEPARADO MINHA FILHA ESTA EM OUTRO PAIS E EU VEJO O QUANTO EU ERREI COMO PAI PRA ELA

Apr 28th
Reply

Luciano Moura

Conheci o conteúdo hoje... virei fã mesmo... estou assinando!

Jan 2nd
Reply

Janaina Ferreira

Que lindo

Dec 3rd
Reply

Larissa Silveira

mesmo não querendo, quando agimos da maneira certa nos tornaremos aquilo que estávamos fingindo... mto bom

Nov 5th
Reply

Flávio Campos

muito bom seus textos

Sep 28th
Reply

Janaina Ferreira

Infelizmente essas dúvidas são terríveis de explicar. Mas Deus é amor e Jesus nos ensina isso a todo tempo e você é esse amor na vida dela e pode ter certeza que o filho pródigo sempre retorna a casa do Pai💞

Sep 25th
Reply

Alexander Almeida de Mello

Meu, que conteudo foda!!! Sou seu fã!!!

Jun 21st
Reply

Eder Belletti

cara. q papo animal. parabéns.

Jan 22nd
Reply

Lívia Nascente Sales

Mais, mais podcast por favor!

Oct 16th
Reply

Leonardo Silveira

Volte a fazer esse podcast, por favor...

Oct 3rd
Reply

Zaqueu Cardoso

Cara eu vivi isso o farbi , ela era doida por um desse . Moro no interior de SP que não é fácil encontrar certas coisas , encomendei pela internet um para o aniversário dela . Deu um trabalhão , mas ver o brilho nos olhos dela valeu cada esforço . Me chamo Zaqueu , pai de duas lindas meninas . Parabéns pelo programa .

Aug 22nd
Reply
Download from Google Play
Download from App Store