DiscoverOlhares
Olhares
Claim Ownership

Olhares

Author: Aline Hack

Subscribed: 3,388Played: 210,394
Share

Description

Podcast feminista que tem como escopo desconstruir a visão do mundo sobre as mulheres e atribuir novos olhares. Engajar-se com o feminismo é perceber diferenças onde não deveriam existir e lutar para estas não se perpetuem. Os episódios são quinzenais. Só de ouvir, dá pra ver que é diferente! http://olharespodcast.com.br.
76 Episodes
Reverse
Ep #049 Transempregos

Ep #049 Transempregos

2019-10-1700:41:27

Você já parou para pensar como é difícil se inserir no mercado de trabalho no seu primeiro emprego? E quando você acaba de sair da faculdade? Nós já falamos aqui no Olhares sobre as dificuldades da sociedade em perceber que ser alguém no mundo de forma não heteronormativa como desafios diários em todos os aspectos da vida, e o trabalho, como algo que também compõe a nossa identidade, é algo que não pode se tornar uma barreira para as pessoas trans. Nossas Convidadas Maite Schneider - militante, palestrante, co-fundadora do projeto Transempregos e embaixadora da Rede da Mulher Empreendedora. Mariane Clemente - militante, ativista dos direitos humanos, professora e maquiadora, stripper virtual e secretária bilingue. Caleidoscópio Projeto TransempregosInstagram da MaitePrêmio ClaudiaInstagram da Mariane Stand Up Wanda SykesCentro de Referência da Diversidade - CRD Nosso agradecimento especial aos padrinhos e madrinhas: Alice dos Santos Silva, Marcia Costa, Jean Carlos Oliveira Santos, Elisa Costa Cruz, Carolina da Silva Herrera, Barbara Miranda, Camila Bueno, Aristoteles Homero, Fabris Martins Cruzeiro, Geovane Monteiro Pedrosa, Gabriela Moreira Feijó, Ligia Lila, Denise Cortês Dantas, Gleyce Marcia Prazeres, Giulia Losnak, Tássia Gimenes, Renata de França Lima e Rafael Cavalcanti. Seu apoio é fundamental para a continuidade do nosso projeto. Apoie o Olhares em: padrim.com.br/olhares Saiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.br Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque
Linguagem e cultura são elementos fortemente interligados. Se podemos mudar a cultura, podemos mudar nossa linguagem que silencia para também libertar. Neste episódio, conversamos como sensibilidade feminista pode reconstruir a linguagem verbal e não verbal para favorecer mais as mulheres e seus cotidianos.Nossas Convidadas Jana Viscardi - - linguista, professora e palestrante. Canal no youtube Jana Bianchi - escritora, tradutora, preparadora de textos e podcaster no curtaficçãoCaleidoscópio Texto do Pete RissattiPodcast CurtaFicçãoRevista TrasgoUma longa Viagem (Livro) - Becky ChambersYoutube - Jana Viscardi Coluna do Justificando da Jana ViscardiSite da Jana BianchiPodcast da Aline Valek - Bobagens ImperdíveisO feminismo é para todo mundo - Bell HooksDeborah Cameron Teun Van DijkJota - Artigo de José Roberto Xavier Canal da Anis Bioética no YoutubeBast!Editorial - Selo em prol da diversidade e igualdade de gêneroAs águas vivas não sabem de si - Livro da Aline ValekEpisódio Olhares Feminismo e linguagemNosso agradecimento especial aos padrinhos e madrinhas:  Alice dos Santos Silva, Marcia Costa, Jean Carlos Oliveira Santos, Elisa Costa Cruz, Carolina da Silva Herrera, Barbara Miranda, Camila Bueno, Fabris Martins Cruzeiro, Geovane Monteiro Pedrosa, Gabriela Moreira Feijó, Ligia Lila, Denise Cortês Dantas Gleyce Marcia Prazeres, Giulia Losnak, Tássia Gimenes, Renata de França Lima e Rafael Cavalcanti. Seu apoio é fundamental para a continuidade do nosso projeto.Apoie o Olhares em padrim.com.br/olharesSabia mais sobre o Olhares em olharespodcast.com.br Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque
Clínicas de Direitos Humanos são espaços que tem como objetivo promover formas de aprendizagem ativa que considerem o uso das  ferramentas jurídicas aliadas à uma perspectiva crítica, para incorporar ao direito os contextos sociais, culturais e econômicos em que vivem as populações vulneráveis e marginalizadas. A pergunta é, porque falar dessas clínicas com recorte de gênero? Neste episódio você descobre os principais motivos para construirmos estes olhares. Nossas Convidadas Luisa Luz - advogada e historiadora, ativista de direitos humanos e co-fundadora do Podcast Transmissão Direitos Humanos Raquel da Cruz Lima - advogada e historiadora, doutoranda em Direito Internacional, ativista de direitos humanos e co-fundadora do Podcast Transmissão Direitos Humanos  Caleidoscópio Apoie o projeto do Mel IndígenaPodcast Justice Matters com Timothy Patrick McCarthyTwitter do Jeff Podcast Transmissão Direitos HumanosBarbora Buckovska - Perpetrando o bem: consequências não desejadas da defesa dos direitos humanos Documentário Armor of LightRita Laura Segato - Antropologia e Direitos Humanos (scielo)LeyMah Gbowee (coautora) Guerreiras da Paz Filme Pray the Devil Back to Hell Fernanda Brandão Lapa - Clínicas de DHRoe vs Wade (documentário) e ep no Explica AmericaLivro do David Sanchez Rubio - Encantos e Desencantos dos Direitos Humanos   Nosso agradecimento especial aos padrinhos e madrinhas:  Denise Cortez, Alice dos Santos, Marcia Costa, Jean Carlos, Eliza Cruz, Carolina da Silva, Bárbara Miranda, Camila Bueno, Fabris Martins, Geovane Monteiro, Gabriela Moreira, Gleyce Marcia, Denise Cortês, Tássia Gimenes, Rafael Cavalcanti e Renata de França. Seu apoio é fundamental para a continuidade do nosso projeto. Apoie o Olhares em padrim.com.br/olharesSabia mais sobre o Olhares em olharespodcast.com.br Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque
Numa jornada de incertezas, mulheres refugiadas precisam de ajuda. Nós já começamos a tratar esse tema no primeiro ano do Olhares, e estamos aqui hoje não para falar apenas de mulheres refugiadas, mas de órgãos que são fortalecidos pelo feminismo e pelos direitos humanos. São pessoas comprometidas em fazer mudanças para pessoas refugiadas, e não só isso, para mulheres. A Acnur e o Pacto Global lançaram um projeto chamado Empoderando Refugiadas, e é sobre ele que vamos conversar, além de lançar novos olhares sobre a situação do refúgio em relação às mulheres. Nossas Convidadas Camila Sombra - Coordenadora do projeto Empoderando Refugiadas - Acnur Brasil Gabriela Almeida - Coordenadora do Pacto Global Mulheres beneficiadas pelo programa: Salsabil, Vanessa e Prudence. Caleidoscópio Episódio do Olhares sobre Mulheres Refugiadas Site da ACNUR e site do Pacto Global Dados atualizados sobre o refúgio no mundoPortal do Empresas com Refugiados Livro: Amal e a viagem mais importante de sua vidaLivro: A memória do marLivro: Eu sou Malala Documentário Recomeços sobre mulheres, Refugio e Trabalho Documentário Netflix - A Vida em Mim - Meninas refugiadas Filme Missão no Mar Vermelho - NetflixMais sobre as Refugiadas: Prudence, Salsabil e Vanessa Nosso agradecimento especial aos padrinhos e madrinhas:  Denise Cortez, Alice dos Santos, Marcia Costa, Jean Carlos, Eliza Cruz, Carolina da Silva, Bárbara Miranda, Fabricio Martins, Geovane Monteiro, Gabriela Moreira, Ligia Lila, Gleyce Marcia, Denise Cortês, Tássia Gimenes, Rafael Cavalcanti Renata de França e Marina Solon. Seu apoio é fundamental para a continuidade do nosso projeto.Apoie o Olhares Saiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.brMúsica utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque 
Este episódio foi construído para trazer um alerta. Em grupos de mulheres, estamos sempre lidando com termos feministas como: paz, amor incondicional, sororidade, irmandade, crenças limitantes, apoio mútuo. Só que existem práticas que estão cooptando mulheres com base no feminismo mas se trata de pirâmide financeira, algo proibido por ser considerado crime no Brasil. Já ouviu falar de Mandala Financeira ou Tear dos Sonhos? Se esta é uma prática que você nunca ouviu falar, senta que a gente te explica o tamanho desse golpe. Caiu nessa? Segura aqui na nossa mão que vamos te dar um apoio. Nossas convidadas Sheylli Caleffi - do podcast Baseado em Fatos SurreaisBarbara Marques - Psicóloga CaleidoscópioRevista AZMINA: “A esta altura, ela já havia tentado convidar duas amigas, mas depois se desculpou pelo ocorrido. Nunca conseguiu o dinheiro de volta” Bolsa blindadaSamille Sousa e o Projeto Outras Janelas Livro Mulheres que correm com os lobos Podcast Talvez Seja IssoVideo da Sheylli no YoutubeAmber bieg gift circlesLivro Você não pode ser neutro num trem em movimento - Howard Zinn Livro Escute o que ela diz - Joanne Lipman  Nosso agradecimento especial aos padrinhos e madrinhas:  Alice dos Santos, Marcia Costa, Jean Carlos, Eliza Cruz, Carolina da Silva, Bárbara Miranda, Fabricio Martins, Geovane Monteiro, Gabriela Moreira, Ligia Lila, Gleyce Marcia, Denise Cortês, Tássia Gimenes, Rafael Cavalcanti Renata de França e Marina Solon. Seu apoio é fundamental para a continuidade do nosso projeto. Também quer apoiar o Olhares e aparecer no post? Clique no botão e ajude-nos a crescer. Apoie o OlharesSaiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.brMúsica utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque
As mulheres estarão em marcha no mês de agosto, conjuntamente, para discutir questões levantadas a respeito de suas pautas. A Marcha das Margaridas é a maior mobilização de mulheres trabalhadoras do campo e da floresta do Brasil. A Marcha das Mulheres Indígenas estreia o momento de união entre mulheres da terra com as mais diversas demandas: são campesinas, quilombolas e indígenas que, juntas, irão debater e deliberar ações articuladas na defesa dos seus direitos, corpos e seus territórios. Acompanhe neste episódio a união das marchas que irão revolucionar o debate político sobre a agenda feminista atual. Nossas Convidadas Sônia Guajajara - Coordenação Executiva da APIB Mazé Morais - Secretária de mulheres da CONTAG e coordenadora geral da Marcha da Margaridas Caleidoscópio Para saber mais sobre a Marcha das Margaridas 2019, acesse o site da CONTAGAPIB - Articulação dos Povos Indígenas do Brasil Instagram da APIBApoie a Marcha das Mulheres Indígenas, financiamento até dia 20/08 Nosso agradecimento especial aos padrinhos e madrinhas:  Alice dos Santos, Marcia Costa, Jean Carlos, Eliza Cruz, Carolina da Silva, Bárbara Miranda, Fabricio Martins, Ligia Lila, Gleyce Marcia, Tássia Gimenes, Rafael Cavalcanti e Marina Solon. Seu apoio é fundamental para a continuidade do nosso projeto. Também quer apoiar o Olhares e aparecer no post? Clique no botão e ajude-nos a crescer. Apoie o Olhares Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque 
Mês de férias costuma ser aquele para viajar, mas tem algo que sempre pega. Para mulheres que se aventuram a viajar sozinha, ou melhor, já decidiram viajar sem a presença de um homem, há assuntos que pouco se tem falado: dificuldades que enfrentamos, micro-violências, toque de recolher invisível, culpa. Enfrentar estigmas e preconceitos sociais torna cada vez mais o ato de viajar é um ato político para mulheres. Nossas Convidadas Jussara Pellicano - Designer, Fotógrafa e CEO da Sister Wave Cris Evangelistta - Agente de Turismo e Blogueira Pollyane Marques - Jornalista e  Blogueira do canal Viaja gorda Caleidoscópio Amanda Antunes - Prefiro viajarAmanda Noventa no Instagram / não comprei na Zara, gastei na viagemEducação financeira - Natalia Arcurie - canal me poupe!Dica da Polly! Viajar pra dentro de você, faça isso!Taryn Brumfitt EMBRACEGaia Passareli - Podcast e livro Mas você vai sozinha?Laura Dekker - Documentário MadenTrip Freya Stark (em inglês)Suelen Almeida - Blog Viaje com Acessibilidade Melina e o canal 4 patas pelo mundoCanal Conexão SisterFilme Wild/ LivreCanal Aprendiz de Viajante Instagram e Livro da Helo Righetto - Quase LondonerSite Sister WaveInstagram Viaja Gorda Instagram Cris Evangelistta  Nosso agradecimento especial aos padrinhos e madrinhas:  Alice dos Santos, Marcia Costa, Jean Carlos, Eliza Cruz, Carolina da Silva, Bárbara Miranda, Fabricio Martins, Ligia Lila, Gleyce Marcia, Tássia Gimenes, Rafael Cavalcanti e Marina Solon. Seu apoio é fundamental para a continuidade do nosso projeto. Apoie o Olhares você também em padrim.com.br/olharesSaiba mais sobre o Olhares em olharespodcast.com.brMúsica utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque
Ser gorda não é ser doente! Parece uma declaração óbvia, mas a realidade é que para as mulheres, ser gorda, muitas vezes significa sofrer um verdadeiro massacre em uma sociedade repleta de imposições de padrões estéticos. Onde abre-se mão da própria saúde física e, principalmente mental, para se encaixar em regras corporais para o pertencimento a um grupo social, a gordofobia causa estragos assustadores e em muitos casos, irreversíveis. As microagressões causadas pela natureza estrutural da gordofobia contribuem para a naturalização da ideia de que ser gorda está ligada a não ter saúde, por preguiça ou falta de força de vontade, quando sabemos que a não se trata disso.Neste episódio abordamos assuntos como o convívio familiar, as relações amorosas, autoestima e a relação com o próprio corpo, o despreparo dos profissionais de saúde e muito mais. Nossas ConvidadasNátalie Fernandes do Coletivo Nós Por NósMarcela Rocha do Coletivo Boa, Garota!CaleidoscópioBernardo Boechat – Canal no YoutubeEpisódio do Olhares sobre EcofeminismoFilme Dumppling e I feel pretty (Sexy por acidente)Darana bastos – A louca do batomEstação mulher – instagram e facebook – Fotógrafa Lili SantosBacco Exu do BluesLivro da Alexandra Gurgel – Pare de se odiar e o Canal no Youtube AlexandrismosInstagram da Mirian BottanSaiba Mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.brApoie o Olhares no Padrim Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque
Ep #041 Casamento infantil

Ep #041 Casamento infantil

2019-06-2701:24:351

Brasil é um dos campeões em casamento infantil. Quem são essas meninas? Por que não falamos sobre isso? Neste episódio revelamos um pouco deste importante debate até a promulgação da recente lei que proibiu o casamento infantil. Mas será que basta que a lei seja promulgada? É preciso, antes de tudo, a mudança de mentalidade, de toda uma cultura de objetificação das meninas. O casamento infantil, além de crime, é a mutilação das crianças em suas potencialidades. Os números são assustadores e a lei é apenas o primeiro passo na busca pela liberdade de escolha dessas crianças. A erradicação do casamento infantil é mais uma luta que precisamos travar, não apenas pelo fim da recorrência de um crime grave, mas pelo empoderamento de meninas para que se tornem mulheres livres. Nossas ConvidadasElisa Cruz - mulher negra, feminista, Defensora Pública do Rio de Janeiro e colunista do Olhares PodcastElisa de Araújo - Pesquisadora de raça e gênero, sócia na Pulso Público. CaleidoscópioFilme - Sonhos RoubadosAula da Bethânia Assy - Novas fronteiras entre identidade e direitos humanos Filme - Anjos do Sol Brené Brown - Vulnerabilidade Coluna da Elisa no OlharesEpisódio do Olhares sobre Promotoras Legais Populares Documentário - Casamento Infantil - PLAN InternationalBell Hooks - Olhares Negros, Raça e Representação Saiba Mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.brApoie o Olhares no Padrim Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque
Nós ja falamos de Maternidade e Feminismo no início do Olhares Podcast - esse debate já se desdobrou de tal maneira que maternidade não é mais um assunto discutido por nós só no dia das mães. As mães estão falando em quase todos os episódios e sempre possuem #Olhares importantes para a luta política das #mulheres.A condição de mãe solo não resulta de uma escolha, não é fundada na liberdade. São os casos mais comuns na sociedade patriarcal brasileira. Mulheres cujos companheiros, ao terem notícia da gravidez ou após o nascimento da criança, abandonam ambos a mulher e o bebê ou até mesmo em situação marital tornam-se sós na criação das crianças. Nossas ConvidadasElisa Cruz - mulher negra, feminista, Defensora Pública do Rio de Janeiro e colunista do Olhares Podcast - twitter @elisaccruzTatiane - mulher, mãe, antropóloga feminista CaleidoscópioArtigo revista Azmina sobre pensãoPesquisa do CNJ de perfil dos magistrados Documentário She's Beautiful when she is angryCanal Política é a Mãe no Instagram e no FacebookCanal no Youtube da Hel MotherPágina Casa da Mãe Joanna no FacebookRede Voa (Unb) no Facebook Site cientista que virou mãeLivro Angelica Tostes e Claudio Ribeiro - Religião, corporeidade e direitos Reprodutivos: outras vozes dentro da fé cristã Podcasts Gerando Novas Histórias, Sinuca de Bicos e Tetas na MesaColuna da Elisa no Olhares PodcastSaiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.brMúsica utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque
loading
Comments (17)

Sr. Keuner

Na faculdade de Direito também percebi muito o que as Luisa e a Raquel falaram, ou a coisa ia pra um praticismo ingênuo (e até meio malvado), jogando estudante direto na cadeia "produtiva" do cotidiano jurídico, ou ficava numa teoria completamente descolada de qualquer senso prático. As clínicas parecem ser um jeito interessante de tentar contornar o problema, parabéns às convidadas!

Sep 19th
Reply

Debora Helena de Rezende Rodrigues

uma amiga minha caiu nesse golpe e estava me chamando para ir junto. logo percebi que era uma pirâmide e a alertei, aparentemente sem sucesso. acho que deveria ter insistido mais mas fiquei com medo de ser invasiva. :/ não imaginava que era um problema com proporções tão grandes. que terrível :(

Aug 28th
Reply

Alie Stardust

Que conversa necessária!!! ❤️

Jul 26th
Reply

Daniel Maffezzolli

Maravilhoso, super maravilhoso. Parabéns.

Jul 16th
Reply

Sheila Louzada

um dos melhores episódios que ouvi nos últimos tempos. amei todas mas especialmente Valeska. obrigada

Jun 1st
Reply

Daiane Weiss Diatchuk

qual é a mistura do final do episódio?

Mar 25th
Reply

Estrella Camargo

esse episódio foi do caralho!!! conteúdo muito muito bom mesmo! obrigada por tanta informação e reflexão!

Mar 21st
Reply

jessica oliveira

obrigada por essa plataforma MARAVILHOSA

Feb 1st
Reply

Andreza Silveira

Vocês arrasam!!! Parabéns pelo trabalho!

Dec 28th
Reply

coffe xx

❣️❣️❣️❣️

Dec 7th
Reply

Gabriula r.

vocês são incríveis!!

Oct 23rd
Reply

Roberto Rodrigues Vera

....

Oct 22nd
Reply

bex

lindíssimas ❤❤

Oct 20th
Reply

Cristiane sans h

Elas leram meu e-mail que emoção!!!! 💕💕💕

Oct 7th
Reply (1)

Halyne Porto

só mina foda!! que vontade de ser amiga de vocês 💕

Oct 5th
Reply

Cristiane sans h

Nossa excelente, aprendi muito! 👏👏👏👏

Aug 16th
Reply
loading
Download from Google Play
Download from App Store