DiscoverVentre Nós Podcast
Ventre Nós Podcast
Claim Ownership

Ventre Nós Podcast

Author: Ventre Nós

Subscribed: 199Played: 2,254
Share

Description

Ventre Nós é um podcast sobre saúde física e mental do corpo feminino que traz pra roda temas relacionados a ciclo menstrual, sexualidade e comportamento, sempre com um olhar feminino. Com objetivo de formar um espaço de troca, as jornalistas Ana Gabriela Nascimento e Isabela Borges entrevistam especialistas e ouvem relatos de mulheres em busca de informações que levem ao autoconhecimento e ao reforço da autoestima feminina.
23 Episodes
Reverse
O SUS aparece no noticiário, nas campanhas políticas, no youtube e até no colete do ex-ministro da saúde… Mas será que a gente sabe de fato pra quê que ele serve? No segundo episódio da nossa série sobre coronavírus, o Ventre Nós quer entender como o SUS funciona, o que já foi feito e o que ainda falta fazer. Para contar essa história longa e importante, a gente convidou a Bianca Leandro, sanitarista e servidora da Fiocruz.  Ao longo dessa conversa à distância, a gente foi refletindo sobre frases comuns de ouvir ou ler quando o assunto é saúde no Brasil, seja na mídia ou no grupo da família.  O Ventre Nós faz parte da PodSim, primeira central de podcasts produzidos por mulheres do Brasil. Campanha Solidariedade em Manguinhos www.kickante.com.br/campanhas/solidariedade-em-manguinhos-1 www.instagram.com/solidariedade_em_manguinhos/ Documentário que a Bianca cita "Carta para além dos muros"  www.netflix.com/br/title/81213977 Fontes dos dados citados no episódio:  www.nexojornal.com.br/especial/2020/04/28/O-passado-o-presente-e-o-futuro-do-SUS-para-ler-guardar-e-consultar?posicao=6 www.nexojornal.com.br/expresso/2020/05/06/P%C3%BAblico-e-privado-a-disputa-por-leitos-de-UTI-na-pandemia www.youtube.com/watch?v=1pRjr1KM6tU agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/26444-despesas-com-saude-ficam-em-9-2-do-pib-e-somam-r-608-3-bilhoes-em-2017 economia.estadao.com.br/noticias/geral,brasil-gasta-2-9-do-pib-em-resposta-ao-coronavirus-menos-do-que-media-do-g-20-diz-fmi,70003271571 noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2020/04/13/coronavirus-por-que-populacao-negra-e-desproporcionalmente-afetada-nos-eua.htm Fontes sonoras iniciais:  www.youtube.com/watch?v=siMNbSeV6tk www.youtube.com/watch?v=H7zXmlglmXM www.youtube.com/watch?v=nrwnNAUoz8w www.youtube.com/watch?v=f8QqCWDSvcY
Doença nova, mundo novo. A gente não tinha vivido nada parecido. Nem nossos pais, nem nossos avós. É por isso que há muitas dúvidas no ar. E várias delas ainda sem resposta, apesar de tanta gente estar falando sobre o assunto. O Ventre Nós decidiu conversar então sobre o quê, no meio desse mar de notícias, a gente ainda quer saber. Para começar, como é ter covid-19? Quais sensações a doença provoca, afinal de contas? Como é acordar e dormir sabendo que você foi infectada? Nesse primeiro episódio sobre coronavírus, ouvimos a Joanna Franco, uma psicoterapeuta de 36 anos que teve a Covid-19 em março. Ela conta como foi se cuidar sozinha, fala sobre os sintomas que apareceram e as sensações que o isolamento e a falta de respostas causaram durante o período que esteve debilitada.  Nesse episódio, o Ventre Nós estreia uma nova identidade visual e também uma nova identidade sonora.  O Ventre Nós faz parte da PodSim, primeira central de podcasts produzidos por mulheres do Brasil. Fontes: https://globoplay.globo.com/v/8508426/programa/ https://gauchazh.clicrbs.com.br/coronavirus-servico/noticia/2020/04/um-terco-dos-adultos-brasileiros-faz-parte-do-grupo-de-risco-do-coronavirus-ck976znfl0053017nf7qf2xsr.html https://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca#se-eu-ficar-doente https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/04/27/rj-tem-326-pacientes-a-espera-de-uti-e-so-um-hospital-com-vagas-disponiveis.htm https://twitter.com/jovitorfigueira/status/1252245075842732034?s=08 https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/03/11/oms-declara-pandemia-de-coronavirus.ghtml https://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca https://www.businessinsider.com/real-number-of-coronavirus-cases-underreported-us-china-italy-2020-4 Perguntas na abertura do episódio: https://www.youtube.com/watch?v=QsiOIwktzVk&feature=youtu.be https://www.youtube.com/watch?v=oXYbvA8X3as https://drauziovarella.uol.com.br/podcasts/drauziocast/drauziocast-114-coronavirus-posso-estar-infectado-mas-sem-sintomas/ https://www.youtube.com/watch?v=tcrZd5uxajw
Em outubro, participamos da MEETSSS, encontro internacional de mulheres na indústria da música em Portugal, promovido pela shesaid.so. Conversamos com duas artistas portuguesas, a Fábia Maia e a Surma, sobre carreira, representatividade, liderança, preconceito e trabalho de mulheres em rede. Também fizemos nossas considerações sobre o ano, compartilhamos mensagens de ouvintes e encerramos essa primeira (e longa) temporada do Ventre Nós — em fevereiro de 2020, voltamos! A viagem para Portugal para essa cobertura foi patrocinada pelo Conselho Britânico, como incentivo à Podsim, central de podcasts feitos por mulheres que nasceu no programa Arte Sônica Amplificada, parceria do Conselho Britânico com o Oi Futuro. / A GENTE QUER TE CONHECER MELHOR! RESPONDE A NOSSA PESQUISA? https://forms.gle/btZBVzM9a4oUg49U6
Comentários inadequados, insinuações, ameaças e humilhação são algumas das ferramentas do assédio no trabalho, uma violência constante que se esconde atrás do medo das vítimas. Nos ambientes de trabalho, nós mulheres somos minoria nos cargos de liderança, sofremos discriminação por menstruar, engravidar e ainda somos hipersexualizadas constantemente. Para entender a diferença entre assédio moral e sexual e as consequências disso na vida de quem sofre, ouvimos a Roberta Eugênio, advogada formada pela UERJ, mestre em Direito pela UFRJ, assessora jurídica na Alerj e pesquisadora no Instituto Alziras, uma organização sem fins lucrativos que atua em prol do aumento da representatividade feminina na política. Na conversa, Roberta ainda faz uma análise do que está sendo feito para enfrentar o problema e compartilha uma história de duas mulheres que decidiram fazer uma denúncia. No Cá entre Nós, dessa vez é a Ana Carolina Costa que conta um relato muito grave de assédio sexual no trabalho. O Ventre Nós faz parte da PodSim, primeira central de podcasts produzidos por mulheres do Brasil. Pesquisa citada durante o episódio: http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=8621
Será que a TPM precisa mesmo ser um tormento? No 19º episódio do Ventre Nós, o papo é sobre tensão pré-menstrual, o conjunto de sinais físicos e psicológicos que aparece nos dias que antecedem a menstruação. Irritabilidade, vontade de comer doce, inchaços, sensibilidade acima do normal... são vários os sinais que aparecem com intensidades e jeitos diferentes em cada mulher. Além de compartilhar nossas experiências, entrevistamos a Juliana Pontes, enfermeira obstétrica, professora da UFRJ em Macaé na área de saúde materno-infantil e terapeuta floral. Na conversa muito esclarecedora,  Juliana explica como encarar essa fase de um jeito mais leve, diz quando a TPM é caso médico e dá dicas de alimentos que aliviam o desconforto.  O Ventre Nós faz parte da PodSim, primeira central de podcasts produzidos por mulheres do Brasil.  Pesquisa citada no episódio: https://acervomais.com.br/index.php/saude/article/view/1072/718
Por que ser considerada bonita é uma questão central na vida das mulheres? No 18º episódio do Ventre Nós, a gente discute o embelezamento feminino, um processo que começa ainda na infância e que muitas vezes nos aprisiona e nos limita. Quem nunca pensou duas vezes antes de ir à praia por causa de pelos? Ou foi para uma entrevista de trabalho insegura por que o cabelo ou roupa não estavam dentro de um padrão? A ideia da conversa não foi dizer o que é certo ou errado, mas pensar juntas sobre a nossa relação enquanto mulheres com os rituais de beleza, apesar de sermos tão diferentes entre si. Para deixar a roda no estúdio mais rica e animada, convidamos a Mariana Figueiredo, nossa amiga e designer do Ventre Nós. Compartilhamos experiências e falamos sobre padrões e rituais que seguimos fazendo e outros que deixamos pelo caminho. Neste programa, a gente entrevistou ainda a Maria Luiza Jimenez Jimenez, professora, ativista, pesquisadora na Faculdade de Comunicação e Artes da Universidade Federal do Mato Grosso e idealizadora do projeto Lute Como Uma Gorda. Malu explicou o que é o mito da beleza e fez uma leitura superinteressante sobre as consequências da busca por um padrão estético que não existe.  O Ventre Nós faz parte da @_podsim, primeira central de podcasts produzidos por mulheres do Brasil.  Livro O Mito da Beleza, de Naomi Wolf http://bibliopreta.com.br/wp-content/uploads/2018/01/O-mito-da-beleza_-como-as-imagens-de-beleza-s%C3%A3o-usadas-contra-as-mulheres-1.pdf Como encontrar Maria Luiza Jimenez Jimenez https://www.facebook.com/pg/corpogordofeminino
A síndrome dos ovários policísticos (SOP) envolve muito mais do que um ciclo menstrual irregular. É preciso conversa, exames certeiros e uma análise cuidadosa para, aí sim, fechar o diagnóstico no consultório. Apesar de não tratar as causas do problema, muitas mulheres começam a tomar pílula e passam anos sem entender muito bem o que é a SOP. Será que essa é a única saída possível? No 17º episódio do Ventre Nós, batemos um papo com a Debora Rosa, que explicou pra gente o que significa ter a síndrome, quais são seus sintomas e porque os anticoncepcionais não são a primeira opção recomendada. Na conversa, ainda falamos de outros tratamentos possíveis e mais saudáveis. No quadro “Cá Entre Nós”, a Guinevere Gaspari compartilha com a gente sua história com a SOP.  O Ventre Nós faz parte da @_podsim , primeira central de podcasts produzidos por mulheres do Brasil.  A imagem que ilustra esse episódio é da designer Mariana Figueiredo (marianafmachado@gmail.com).
Presente em cerca de 15% das brasileiras em idade fértil, a endometriose é tida como uma “doença misteriosa”, já que a sua causa ainda não foi determinada cientificamente. A demora para identificar a doença reforça essa aura de mistério: 44% das mulheres que recebem o diagnóstico já estavam se queixando dos sintomas para seus médicos há pelos cinco anos. Nesse episódio, a gente entrevista o Paulo São Bento, enfermeiro obstétrico, doutor em Ciências pela Fiocruz e autor de uma pesquisa sensível e esclarecedora sobre mulheres com endometriose. Como a dor e a invisibilidade social do problema influenciam as relações afetivas, as tarefas do dia a dia e o emocional de quem tem a doença é o tema central da nossa conversa.  No papo, ainda falamos sobre sintomas, tratamentos e fertilidade.   O Ventre Nós faz parte da PodSim, primeira central de podcasts produzidos por mulheres do Brasil. A imagem que ilustra esse episódio é da designer Mariana Figueiredo (marianafmachado@gmail.com).  Referências:  Artigo “Quando os olhos não veem o que as mulheres sentem: a dor nas narrativas de mulheres com endometriose”  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-73312018000300604 Podcast Por que dói? - Endometriose  https://drauziovarella.uol.com.br/podcasts/por-que-doi/por-que-doi-03-endometriose/ https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/endometriose/  http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2016/agosto/02/Portaria-SAS-879-PCDT-Endometriose-12-07-2016-ATUALIZA----O.pdf www.sbendometriose.com.br www.eutenhoendometriose.blogspot.com.br https://globoplay.globo.com/v/2059297/ https://drauziovarella.uol.com.br/mulher-2/ginecologia/endometriose-leva-sete-mulheres-a-cirurgia-diariamente/ https://drauziovarella.uol.com.br/mulher-2/ginecologia/6-fatos-sobre-endometriose/ https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2019/01/endometriose-conheca-causas-sintomas-e-tratamentos-da-doenca.html https://www.editorarealize.com.br/revistas/congrefip/trabalhos/TRABALHO_EV069_MD1_SA1_ID241_03042017222604.pdf  
Herança de um passado escravocrata, o olhar hipersexualizado para os corpos femininos negros é uma das inúmeras expressões do racismo no nosso país. Para discutir o tema, a gente pensou esse episódio de uma forma diferente: chamamos as ouvintes Katellyn Queiroz e Gisele Fernandes para montar a pauta com a gente. A psicóloga Mariana Carvalho, co-fundadora do Com-Por Pretas, entrou na roda para discutir a origem e os efeitos desse estereótipo na vida das mulheres. No quadro “Cá Entre Nós”, o relato é da própria Gisele Fernandes, quem sugeriu o tema do episódio.  O Ventre Nós faz parte da PodSim, primeira central de podcasts produzidos por mulheres do Brasil. A imagem que ilustra esse episódio é da designer Mariana Figueiredo (marianafmachado@gmail.com).   Referências Com-Por Pretas – trabalho terapêutico de grupo para mulheres negras Instagram: comporpretas E-mail: comporpretas@gmail.com Artigo “Mulher negra e política da respeitabilidade” https://www.geledes.org.br/hipersexualizacao-da-mulher-negra-e-politica-da-respeitabilidade/https://www.geledes.org.br/hipersexualizacao-da-mulher-negra-e-politica-da-respeitabilidade/ Reportagem Carta Capital https://www.cartacapital.com.br/sociedade/201cvai-trepar-muito-nesse-quartinho201d-paes-e-a-desumanizacao-da-mulher-negra/ Vídeo Mulher negra e sexualidade - com Xan Ravelli e Gabi Oliveira https://www.youtube.com/watch?v=_eXVMHWe8FE Artigo “Objetificação E Sexualização Da Mulher Negra” https://www.editorarealize.com.br/revistas/enlacando/trabalhos/TRABALHO_EV072_MD1_SA24_ID402_17072017210303.pdf Tese "'Branca Para Casar, Mulata Para F...., Negra Para Trabalhar': Escolhas Afetivas E Significados De Solidão Entre Mulheres Negras Em Salvador, Bahia." https://www.revistaforum.com.br/wp-content/uploads/2015/09/PachecoAnaClaudiaLemos.pdf Livro “Quem Tem Medo do Feminismo Negro”, de Djamila Ribeiro
Por que muitas mulheres têm dificuldade de se masturbar, falar ou pensar em masturbação? A verdade é que esse entrave é construído dentro da gente desde pequenas, seja pela completa ausência de diálogo ou pelo conhecido ''tira a mão daí, menina''. No 14º episódio do Ventre Nós, conversamos sobre masturbação feminina, uma prática supersaudável, necessária e prazerosa. Na roda, Helena Brandão, psicóloga e mestre em corpo, subjetividade e sexualidade, explica por que associamos culpa e vergonha à masturbação, compartilha caminhos para dar o primeiro passo e explica como a masturbação é importante para o autoconhecimento, combate ao estresse e desenvolvimento de uma vida sexual mais feliz.  O Ventre Nós faz parte da PodSim, primeira central de podcasts produzidos por mulheres do Brasil. A imagem que ilustra esse episódio é da designer Mariana Figueiredo (marianafmachado@gmail.com).  História da demissão de Joycelin Elders: https://www.newsweek.com/remember-time-bill-clinton-fired-his-surgeon-general-encouraging-masturbation-423302 Dados masturbação Brasil: https://vejasp.abril.com.br/blog/sexo-e-a-cidade/40-das-mulheres-nao-se-masturbam-aponta-nova-pesquisa-da-usp/ Site americano com pesquisa sobre masturbação feminina: https://www.omgyes.com/pt/
 A camisinha é uma importante aliada de nós mulheres na hora de fazer valer nossa vontade. Um método acessível que garante de uma vez só contracepção e proteção contra IST. No 13º episódio do Ventre Nós, a gente conversa com a enfermeira Jessica Fernandes sobre as camisinhas masculina e feminina. No papo, a gente discutiu alguns tabus, tira dúvidas práticas e debate sobre como a responsabilidade de lembrar do preservativo na hora do vamos ver infelizmente ainda fica muitas vezes nas nossas mãos.   O Ventre Nós agora faz parte da PodSim, primeira central de podcasts produzidos por mulheres no Brasil. A imagem que ilustra esse episódio é da designer Mariana Figueiredo (marianafmachado@gmail.com). 
Por que será que somos tão pressionadas a ter um relacionamento? Por que gastamos tanto tempo e energia nas relações afetivas e em tentativas de conquistar a aprovação masculina? No mês das mulheres, o Ventre Nós coloca a dependência emocional no centro da roda, um assunto fundamental para gente refletir sobre o papel das mulheres na sociedade.  Em um papo que abriu nossa cabeça, conversamos com a escritora e ativista feminista Maria Gabriela Saldanha, que nos ajuda a entender o que é dependência emocional e mostra caminhos possíveis para buscarmos mais autonomia.  O Ventre Nós agora faz parte do Podsim, primeiro selo de podcasts produzidos por mulheres no Brasil. A imagem que ilustra esse episódio é da designer Mariana Figueiredo (marianafmachado@gmail.com). 
No início do ano, muitas mulheres embarcam nas dietas da moda em busca do tal projeto fitness. Mas será que todo esse ciclo de restrição e culpa faz sentido? Será que isso é bom para nossa saúde e felicidade? Neste episódio, trazemos para roda o tema nutrição e a forma como nós mulheres nos relacionamos com a comida. A gente bateu um papo com a Julia Marques, nutricionista e pós-graduanda em Nutrição Esportiva Funcional, que mandou a real sobre dietas e as suas consequências para o corpo, deu dicas para os dias de TPM e sugeriu caminhos para encararmos a nossa alimentação com mais consciência e leveza. A arte que ilustra esse episódio é da designer Mariana Figueiredo (e-mail: marianafmachado@hotmail.com). 
A candidíase vaginal, essa infecção incômoda que tira o nosso sossego, é o tema da vez. Conversamos com a médica de família e comunidade Daniela Donação Dantas, do Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde, sobre as causas, formas de tratar, candidíase crônica e também sobre prevenção. Como sempre, demos uma palinha das nossas aventuras desesperadoras com esse problema. A arte linda que ilustra o episódio é da designer Mariana Figueiredo (e-mail: marianafmachado@hotmail.com). |  Protocolo recomendado pela Dra. Dani: http://mulheres.org.br/protocolo-cuidado-na-candidiase-vaginal/ |  Levantamento governo de São Paulo: http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/na-imprensa/indice-de-candidiase-e-alto-em-mulheres/  |  Créditos da trilha de fundo: Beach Party - Islandesque de Kevin MacLeod está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/) Origem: http://incompetech.com/music/royalty-free/index.html?isrc=USUAN1100613 Artista: http://incompetech.com/ |  #candidiase #candidiasevaginal #saúdedamulher #tratamentosnaturais
Por que será que quando o assunto é o bem-estar do nosso próprio corpo nós somos tão distraídas e dependentes do que o médico tem a dizer? E por que, mesmo na era da informação, ainda saímos das consultas sabendo pouco ou quase nada? Precisamos tomar as rédeas da nossa saúde! No terceiro e último episódio da série especial sobre o WOW - Festival Mulheres do Mundo, que aconteceu em novembro no Rio, conversamos com a Sônia Hirsch, jornalista e escritora focada em promoção da saúde, com a Vitória Lourenço, doula e educadora perinatal, e com a Cris dos Prazeres, produtora cultural e ativista social. Juntas, refletimos sobre a urgência de nos conectarmos com o que sentimos.  A colagem incrível que ilustra esse episódio é do PV e as Colagens. O perfil do artista no Instagram é @pveascolagens 
A cada dia, uma notícia diferente anunciando perdas dos nossos direitos. E como a gente sabe que a corda arrebenta sempre do lado mais fraco, é bom ficarmos atentas às mudanças que estão por vir. Fincar nossas posições nunca foi tão importante. No segundo episódio da série especial sobre o WOW - Festival Mulheres do Mundo, que rolou em novembro no Rio, entrevistamos a Sonia Fleury, doutora em Ciência Política e uma das idealizadoras do SUS, a Linda Cerdeira, coordenadora de programas da ONG Promundo, e com a Preta Rara, rapper, professora de História e criadora da página “Eu, Empregada Doméstica”. Juntas, tentamos traçar perspectivas para as mulheres nos anos que estão por vir. A colagem incrível que ilustra esse episódio é do PV e as Colagens. o perfil do artista no Instagram é @pveascolagens.
Historicamente somos pressionadas a nos adequarmos a padrões de comportamento pelo simples fato de sermos mulheres. Esperam, inclusive dentro do ambiente familiar, que sejamos magras, ‘comportadas’, maduras... Tudo isso desde muito pequenas! E o efeito dessa pressão são gerações de mulheres inseguras no trabalho, no sexo, nas relações de amizade e de família. Nesse primeiro episódio da série especial sobre o WOW - Festival Mulheres do Mundo, que rolou em novembro no Rio, entrevistamos a Dríade Aguiar, fundadora do Mídia Ninja e gestora de comunicação da Fora do Eixo, a Bianca Santana, mestra em Educação e escritora, a Carol Teixeira, filósofa e instrutora de tantra, e a Cris dos Prazeres, produtora cultural e ativista. Elas nos ajudaram a pensar como podemos, juntas, quebrar esse ciclo de padrões femininos! A colagem incrível que ilustra esse episódio é do PV e as Colagens. o perfil do artista no Instagram é @pveascolagens.
Desde que o mundo é mundo, mulheres rebolam em todos os sentidos da palavra. Expressão de resistência, o rebolado é o tema central desse episódio. Conversamos com a professora de dança, atriz, escritora e criadora do projeto carioca Afrofunk Taísa Machado sobre como esse movimento do quadril feminino aparece em diversas culturas e há séculos segue reafirmando a luta pelo direito ao nosso próprio corpo, a existir e a ocupar espaços públicos através da dança. Para fechar, ainda perguntamos para cantora Valesca Popozuda qual o papel do rebolado na sua vida. Projeto Afrofunk no Instagram: @afrofunkrio Pesquisa citada sobre Twerk: https://scholarship.tricolib.brynmawr.edu/handle/10066/14354 #ventrenos #afrofunk #funk #rebolado #dança
O vírus HPV, prevalente em 54% das mulheres brasileiras, é a pauta da vez na roda do Ventre Nós. Batemos um papo com a Luiza Cadioli, médica de família e comunidade do Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde, sobre como o vírus atua no corpo da mulher, diagnóstico, exames, tratamentos possíveis e prevenção. Além disso, conversamos sobre tabus e carga moralista, ainda muito presentes quando o assunto são as infecções sexualmente transmissíveis (IST). Links relacionados: Pesquisa HPV Brasil - http://www.aids.gov.br/pt-br/noticias/estudo-inedito-revela-prevalencia-nacional-do-hpv-em-pessoas-com-idade-entre-16-e-25-anos Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde - http://mulheres.org.br/ Grupo do Facebook NIC 1 ,2, 3 Neoplasia Intra-Epitelial Cervical - https://www.facebook.com/groups/1240615509340641/ #hpv #papanicolau #saude #saudefeminina #saudesexual #sexo #IST
E aí, você goza? Um dos grandes tabus da nossa sociedade, o orgasmo feminino é o tema da vez. Entrevistamos a psicóloga e terapeuta sexual Lilian Aldeia sobre os possíveis motivos da dificuldade que muitas mulheres têm de chegar lá. Discutimos masturbação, sexo, diferenças de gênero e libertação. Contato da psicóloga Clapsis - Clinica Associada de Psicologia & Sexologia - facebook.com/Clapsis-Clinica-As…icologia-Sexologia Aplicativo FalaFreud - falafreud.com Facebook - inbox para o perfil Lilian Aldeia Referências citadas Livro "A Cama na Varanda" - Regina Navarro Lins Filme "Le Clitoris" - youtu.be/lYUQWlHhVQU Filme "A Arte de Amar" - no Netflix Filme "Sacred Water" (Água Sagrada) - youtu.be/0wVoh3yJ2-k
loading
Comments (3)

Márcia Sandielly Rodrigues Ferreira

Mulheres maravilhooosas. Muito bom ver esses assuntos sendo discutidos de forma aberta. gostaria que vocês falassem um pouco sobre Ginecologia Natural como forma de autoconhecimento da Mulher. gratidão 💜🌹

Jun 13th
Reply (1)

Stéfanie Lorraine

Senti que a Laurinha (eu acho -a que gozou pela primeira vez com o garoto ) abaixava o tom de voz quando ia falar: orgasmo, masturbação e outras palavras "mais diretas". Não faça isso garotas! A temática do programa é super interessante, mas vcs mesmas então com pudor de tocar no assunto. Observa isso aí ;)

Dec 9th
Reply
Download from Google Play
Download from App Store