DiscoverCinematório Podcasts
Cinematório Podcasts

Cinematório Podcasts

Author: cinematório

Subscribed: 1,073Played: 15,517
Share

Description

Os jornalistas e críticos Renato Silveira e Kel Gomes analisam filmes e séries e convidam especialistas para debater lançamentos no cinema e na Netflix, filmes clássicos, sucessos da Sessão da Tarde e filmografias de grandes diretores.
299 Episodes
Reverse
Comentamos as duas temporadas da série "The Mandalorian" e os caminhos que a franquia "Star Wars" pode seguir com os novos projetos anunciados recentemente. ----- Nesta edição, o cinematório café discute a série "The Mandalorian" (2019-2020), criada por Jon Favreau e que se passa no universo de "Star Wars". Protagonizada por Pedro Pascal, a história acontece entre os filmes "O Retorno de Jedi" e "O Despertar da Força" e acompanha Din Djarin, um solitário caçador de recompensas que toma para si a missão de devolver uma misteriosa e poderosa criança à sua raça, enquanto o que restou do Império planeja usá-la para se reerguer. Além das duas temporadas de "The Mandalorian", disponíveis na Disney+, o podcast traz nossos comentários sobre os caminhos que "Star Wars" pode seguir com as novas séries e novos filmes recentemente anunciados pela Lucasfilm. Quem se senta à mesa conosco é Guilherme Tomasi, colaborador do cinematório, junto com Renné França, crítico do Pílula Pop, professor de cinema do Instituto Federal de Goiás e diretor do longa-metragem “Terra e Luz“. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Confira materiais extras na página do podcast em nosso site! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Diminua a luz do quarto e aperte o play para descobrir se "Gremlins" ainda é um filme tão divertido e anárquico quanto na época em que o vimos pela 1ª vez! ----- Neste episódio do podcast De Volta Para o Sofá, nós rebobinamos a fita até o ano de 1984 e revisitamos "Gremlins" e sua continuação, "Gremlins 2: A Nova Geração", ambos os filmes dirigidos por Joe Dante. Com personagens criados por Chris Columbus e criaturas elaboradas por Chris Wallas, "Gremlins" apresentou ao mundo Gizmo, um simpático Mogwai que o jovem Billy (interpretado por Zach Galligan) ganha como presente de Natal. Para cuidar de um Mogwai, é preciso seguir três regras: 1) não deixá-lo exposto à luz forte; 2) não deixá-lo se molhar; e 3) não alimentá-lo após a meia-noite. E é justamente após essas regras serem quebradas por falta de cuidado que o caos toma conta da cidade! O elenco ainda conta com Phoebe Cates, Dick Miller, Hoyt Axton, Frances Lee McCain e Keye Luke. No programa, nós relembramos as cenas mais memoráveis, apontamos o que "deu tilt" e comentamos o simbolismo por trás da sátira e do uso intenso da metalinguagem nos dois filmes da franquia. O De Volta Para o Sofá é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. Quer mandar um recado? Escreva para contato@cinematorio.com.br - Visite a página do podcast no site e confira material extra sobre o tema do episódio! - Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema!
Ouça a nossa análise de um dos filmes de horror mais memoráveis de todos os tempos! ----- No episódio #27, o podcast Em Foco analisa "O Iluminado" (The Shining, 1980), filme dirigido por Stanley Kubrick, baseado no livro de Stephen King e estrelado por Jack Nicholson, Shelley Duvall, Danny Lloyd, Scatman Crothers, Barry Nelson, Philip Stone e Joe Turkel. Um dos filmes de horror mais memoráveis de todos os tempos, "O Iluminado" acompanha o período em que Jack Torrance, um aspirante a escritor, aceita um trabalho como zelador do suntuoso Hotel Overlook durante a temporada de inverno, período em que o lugar fica vazio por causa da nevasca na região. Mesmo alertado sobre as histórias apavorantes do hotel, Jack leva a esposa e o filho pequeno para lá e não demora para que eles sejam assombrados pelo passado do local -- e da própria família. Além da análise do filme em si, o programa também traz o perfil do criador da Steadicam, Garrett Brown e comentários sobre "Doutor Sono", a continuação direta de "O Iluminado", dirigida por Mike Flanagan e também baseada no livro de Stephen King, que chegou aos cinemas quase 40 anos após o filme original. Participam do podcast: Renato Silveira, Kel Gomes, Antônio Tinôco e Ana Lúcia Andrade, professora de Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG. No Em Foco, você ouve debates e análises de filmes, sejam eles clássicos, grandes sucessos de bilheteria e de crítica, produções que marcaram época ou que foram redescobertas com o passar dos anos, não importa o país de origem. Além disso, você revisita conosco a filmografia de cineastas que deixaram sua assinatura na história do cinema. Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Confira materiais extras na página do podcast em nosso site! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Ouça a análise do filme dirigido por David Fincher e estrelado por Gary Oldman sobre a criação de um dos melhores filmes de todos os tempos. ----- Nesta edição, o cinematório café discute o filme "Mank" (2020), dirigido por David Fincher a partir do roteiro escrito por seu pai, Jack Fincher, e que remonta o período em que Herman J. Mankiewicz e Orson Welles iniciaram a construção de "Cidadão Kane", considerado um dos melhores filmes de todos os tempos. O longa-metragem traz Gary Oldman no papel de Mankiewicz e Tom Burke como Welles, contando ainda com Amanda Seyfried, Charles Dance, Lily Collins e Tuppence Middleton no elenco. Além da análise de "Mank", o podcast traz informações históricas sobre os bastidores de "Cidadão Kane" que o filme não mostra. Quem se senta à mesa conosco é Ana Lúcia Andrade, professora de Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG, junto com Carlos Quintão, professor, crítico de cinema e realizador do podcast Cabine Cine Rádio. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Confira materiais extras na página do podcast em nosso site! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Ouça a análise da minissérie estrelada por Anya Taylor-Joy e campeã de audiência na Netflix. ----- Nesta edição, o cinematório café discute a minissérie "O Gambito da Rainha" (The Queen's Gambit, 2020), que se tornou a produção mais vista da história da Netflix, com mais de 62 milhões de visualizações, segundo dados da própria plataforma. Criada por Scott Frank ("Logan") e Allan Scott ("Inverno de Sangue em Veneza") e baseada no livro de Walter Tevis, a minissérie traz Anya Taylor-Joy ("A Bruxa", "Fragmentado") no papel de Beth Harmon, uma enxadrista de atitude e inteligência que almeja o sucesso no mundo majoritariamente masculino do xadrez. Ao longo de sete episódios que totalizam pouco mais de 6 horas e meia de duração, nós acompanhamos o percurso de amadurecimento de Beth, desde a infância difícil e traumática em um orfanato até o seu principal desafio competindo em um torneio mundial na Rússia. O elenco também traz Marielle Heller, Thomas Brodie-Sangster, Harry Melling, Moses Ingram, Bill Camp e Marcin Dorocinski. Quem se senta à mesa conosco para conversar sobre "O Gambito da Rainha" é Ana Lúcia Andrade, professora de Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Confira materiais extras na página do podcast em nosso site! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Ouça nosso bate-papo com Gilda Nomacce, uma das grandes atrizes do cinema brasileiro contemporâneo. Nesta edição, o cinematório café conversa com Gilda Nomacce, atriz de longas como "Trabalhar Cansa", "Quando Eu Era Vivo", "Ausência", “Meu Nome é Bagdá” e "Casa de Antiguidades", além dos curtas "Tea for Two", "O Duplo", “Minha Única Terra é na Lua”, entre vários outros. Nascida em Ituverava, no interior de São Paulo, Gilda já tem no currículo mais de 100 filmes. Uma das grandes atrizes do cinema brasileiro contemporâneo, Gilda também é ícone do cinema fantástico, tendo sido homenageada em 2020 pelo Festival Cinefantasy. Na entrevista para o nosso podcast, Gilda fala sobre o seu despertar artístico, seu processo criativo, seu trabalho contínuo com o coletivo Filmes do Caixote e seus novos projetos. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Confira materiais extras na página do podcast em nosso site! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Pegue as maracas e aperte o play para descobrir se "O Máskara" resistiu ao teste do tempo e ainda é um filme tão divertido quanto na época em que o vimos pela 1ª vez! Neste episódio do podcast De Volta Para o Sofá, nós rebobinamos a fita até o ano de 1994 e revisitamos "O Máskara" (The Mask, EUA), um dos grandes sucessos da carreira de Jim Carrey. Dirigida por Chuck Russell, a comédia também é estrelada por Cameron Diaz, em seu primeiro papel no cinema, e o roteiro de Mike Werb é baseado nos quadrinhos criados por Doug Mahnke e John Arcudi. Carrey interpreta Stanley Ipkiss, um funcionário de banco que sonha em ser um cartunista. Certo dia, ele encontra uma máscara misteriosa que o transforma numa figura para lá de excêntrica e cheia de superpoderes. No podcast, nós relembramos as cenas mais engraçadas e surpreendentes de "O Máskara" graças aos impressionantes efeitos visuais e de maquiagem. O De Volta Para o Sofá é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. Quer mandar um recado? Escreva para contato@cinematorio.com.br - Visite a página do podcast no site e confira material extra sobre o tema do episódio! - Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema!
Atendendo aos pedidos dos ouvintes, comentamos quatro filmes que ainda não haviam sido pauta dos nossos podcasts. O podcast Escolha da Audiência traz nossos comentários sobre filmes pedidos por membros do Cineclube Cinematório! Nesta edição, Renato Silveira e Kel Gomes falam sobre os seguintes títulos: - "Feliz como Lázaro" (Lazzaro Felice, 2018, Itália), de Alice Rohrwacher, drama social com elementos de realismo fantástico, vencedor do prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Cannes. Pedido por Pedro Palotti; - "Memórias de um Assassino" (Salinui chueok ou Memories of Murder, 2003, Coreia do Sul), de Bong Joon Ho, thriller policial do início da carreira do diretor de "Parasita". Pedido por Raphael Braga; - "Corpo e Alma" (Teströl és lélekröl ou On Body and Soul, 2017, Hungria), de Ildikó Enyedi, romance húngaro vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim e indicado ao Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira. Pedido por Anderson Ribeiro de Castro; - "Timecrimes" (Los Cronocrímenes, 2007, Espanha), de Nacho Vigalondo, uma história de viagem no tempo que mistura horror e ficção científica, e é o primeiro longa do diretor de "Colossal". Pedido por Digo Freitas. Quer fazer um pedido? Torne-se membro do Cineclube Cinematório! Você poderá participar do podcast e ainda recebe conteúdo exclusivo preparado especialmente para você. E o principal: você ajuda a gente a manter o cinematório funcionando! Conheça e junte-se a nós! Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br.
Saiba mais sobre os bastidores do premiado primeiro longa de Djin Sganzerla na direção. Nesta edição, o cinematório café conversa com Djin Sganzerla, protagonista e diretora do filme "Mulher Oceano". Primeiro longa da Djin na direção, "Mulher Oceano" ganhou o prêmio de Melhor Filme no Porto Femme, festival realizado na cidade do Porto, em Portugal, e que é dedicado ao cinema feito por mulheres. A produção também foi exibida na Mostra de São Paulo, no Cine PE, entre outros festivais internacionais. Filha dos também cineastas Helena Ignez e Rogério Sganzerla, Djin interpreta em “Mulher Oceano” as duas protagonistas, Hannah e Ana, ambas ligadas pelo mar. A primeira é escritora, acaba de se mudar para Tóquio e enfrenta um bloqueio criativo. A outra é funcionária de um banco de investimentos e praticante de travessia oceânica no Rio de Janeiro, onde se prepara para atravessar a nado 35 quilômetros do Leme ao Pontal da Barra. São mulheres que estão em busca da sua verdadeira essência, em um filme feminino que trata das sutilezas da alma e da essência do ser. Djin é também roteirista de “Mulher Oceano” ao lado de Vana Medeiros. E no elenco, ela contracena com Kentaro Suyama, Stênio Garcia, Lucélia Santos, Gustavo Falcão, entre outros atores. Ouça nossa entrevista e saiba mais sobre os bastidores da criação de “Mulher Oceano”. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Confira materiais extras na página do podcast em nosso site! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Conheça os bastidores de "Pacarrete" e a história da personagem da vida real que inspirou o filme. Nesta edição, o cinematório café conversa com Allan Deberton, diretor do filme "Pacarrete". Protagonizado pela atriz Marcélia Cartaxo, o longa-metragem foi rodado no município de Russas, interior do Ceará, cidade-natal do diretor. Marcélia interpreta a personagem-título, uma bailarina incomum que, na véspera da festa de 200 anos de sua cidade, decide fazer uma apresentação de dança, como presente para o povo. No entanto, parece que ninguém se importa com os esforços e com a arte de Pacarrete. Falando de arte e resistência, o filme se tornou uma das produções brasileiras mais elogiadas por público e crítica nos 39 festivais por onde já passou. O mais marcante deles foi o Festival de Gramado de 2019, do qual “Pacarrete” foi o grande vencedor, recebendo oito Kikitos, entre eles os de Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Atriz. Ouça nossa entrevista com Allan Deberton para conhecer os bastidores de "Pacarrete", inclusive a história de Maria Araújo Lima, a personagem da vida real que marcou a infância de Allan e se tornou a inspiração para o seu primeiro longa-metragem. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Confira materiais extras na página do podcast em nosso site! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Em discussão, o mais novo filme de Sofia Coppola em colaboração com o ator Bill Murray, de "Encontros e Desencontros". Nesta edição, o cinematório café discute o filme "On the Rocks" (2020), lançado na plataforma Apple TV+ sem passar pelos cinemas no Brasil, devido à pandemia de Covid-19. A comédia tem Rashida Jones como protagonista. Ela vive uma mulher em crise de meia idade que passa a desconfiar de que o marido (interpretado por Marlon Wayans) tem um caso com uma colega de trabalho. Ela então é convencida pelo pai (papel de Murray) a seguir os passos do companheiro, mas a aventura que vivem juntos pelas ruas e bares de Manhattan é apenas o pano de fundo para uma reflexão sobre a relação entre pai e filha. Quem se senta à mesa conosco para conversar sobre "On the Rocks" é Ana Lúcia Andrade, professora de Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG. Este episódio complementa o nosso podcast Em Foco sobre a filmografia de Sofia Coppola -- ouça aqui. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Confira materiais extras na página do podcast em nosso site! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Conheça os bastidores deste romance adolescente que flerta com o cinema de horror e está na Netflix. Nesta edição, o cinematório café conversa com Alice Furtado, diretora do filme "Sem Seu Sangue". Romance que flerta com o cinema de horror, "Sem Seu Sangue" aborda a intensidade do primeiro amor a partir da perspectiva de Silvia (papel da atriz Luiza Kosovski). Ela é uma adolescente introspectiva e desinteressada pela rotina, que acredita ter encontrado em Artur (personagem do ator Juan Paiva) algo que a faça se sentir mais viva. Só que o Artur sofre de hemofilia, que é uma doença hereditária que impede o sangue de coagular corretamente. E a convivência intensa desse jovem casal é interrompida por um grave acidente, o que abala de vez a vida de Silvia. Com uma proposta estética sensorial muito interessante, “Sem Seu Sangue” foi selecionado para a Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes em 2019 e também foi exibido no Festival do Rio e na Mostra de São Paulo. É o primeiro longa da Alice Furtado na direção. Ele entrou em cartaz nos cinemas das cidades que reabriram suas salas durante a pandemia, mas agora também pode ser visto na Netflix. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva seu recado e envie para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Conexão Sacha Baron Cohen! Ouça nosso debate sobre os dois novos filmes políticos estrelados pelo ator e comediante. Nesta edição, o cinematório café discute os filmes "Os 7 de Chicago" (The Trial of the Chicago 7, 2020), escrito e dirigido por Aaron Sorkin, e "Borat: Fita de Cinema Seguinte" (Borat Subsequent Moviefilm, 2020), dirigido por Jason Woliner, continuação da comédia protagonizada pelo personagem criado por Sacha Baron Cohen. O ator e comediante também é destaque no elenco do filme de Sorkin, cotado para o Oscar 2021. Disponíveis no streaming, ambos os longas trazem retratos de duas épocas distantes uma da outra, mas que se encontram no debate político. Quem se senta à mesa conosco para conversar sobre os dois filmes é Ana Lúcia Andrade, professora de Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva seu recado e envie para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Confira materiais extras na página do podcast em nosso site! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Tranque a porta do quarto, pegue o seu crucifixo e aperte o play para descobrir se "A Hora do Pesadelo" ainda é uma franquia tão assustadora quanto na época em que vimos os filmes pela primeira vez! Neste episódio do podcast De Volta Para o Sofá, nós rebobinamos a fita até o ano de 1984 e revisitamos a franquia "A Hora do Pesadelo" (A Nightmare on Elm Street, EUA), comentando todos os sete filmes originais realizados até 1994. Dirigido por Wes Craven (de "Aniversário Macabro", "Quadrilha de Sádicos" e franquia "Pânico"), o primeiro longa se tornou um grande sucesso de bilheteria e apresentou ao mundo um dos mais icônicos vilões do cinema: Freddy Krueger, interpretado por Robert Englund. No podcast, nós relembramos como se deu a criação de Freddy e todos os pesadelos que ele proporcionou às suas vítimas, dentro e fora da tela. O De Volta Para o Sofá é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. Quer mandar um recado? Escreva para contato@cinematorio.com.br - Visite a página do podcast no site e confira material extra sobre o tema do episódio! - Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema!  
Analisamos a "pós-comédia romântica" dirigida por Michel Gondry, escrita por Charlie Kaufman e estrelada por Jim Carrey e Kate Winslet. No episódio #26, o podcast Em Foco analisa "Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças" (Eternal Sunshine of the Spotless Mind, 2004), filme dirigido por Michel Gondry, escrito por Charlie Kaufman e estrelado por Jim Carrey, Kate Winslet, Kirsten Dunst, Tom Wilkinson, Elijah Wood e Mark Ruffalo. Vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Original, o longa narra a história de Joel, um homem tímido e solitário que descobre que sua ex-namorada, Clementine, contratou um inovador e estranho serviço que apaga memórias de relacionamentos dos quais você não quer mais se lembrar. Revoltado, ele decide fazer o mesmo e também apagar as memórias que tem de Clementine. Mas Joel acaba mudando de ideia durante o procedimento quando percebe que algo errado está acontecendo. "Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças" foi escolhido como pauta deste episódio pelos membros do Cineclube Cinematório, a partir de uma seleção de filmes que teve curadoria do cineasta Paulo Henrique Fontenelle, diretor dos documentários “Loki – Arnaldo Baptista”, “Cássia” e “Dossiê Jango”. Ele participa deste podcast ao lado de Renato Silveira, Kel Gomes e Ana Lúcia Andrade, professora de Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG. Além da análise do filme em si, o programa também traz o perfil do diretor Michel Gondry e comentários sobre a série "Kidding", que reuniu Gondry e Jim Carrey quase 15 anos depois. - Visite a página do podcast no site e confira material extra sobre o tema do episódio! - Junte-se ao Cineclube Cinematório e receba conteúdo exclusivo de cinema! Quer mandar um e-mail? Escreva seu recado para contato@cinematorio.com.br. No Em Foco, você ouve debates e análises de filmes, sejam eles clássicos, grandes sucessos de bilheteria e de crítica, produções que marcaram época ou que foram redescobertas com o passar dos anos, não importa o país de origem. Além disso, você revisita conosco a filmografia de cineastas que deixaram sua assinatura na história do cinema.
Atendendo aos pedidos dos ouvintes, comentamos quatro filmes que ainda não haviam sido pauta dos nossos podcasts. Este é o primeiro episódio do Escolha da Audiência, nosso mais novo podcast que traz comentários sobre filmes pedidos por membros do Cineclube Cinematório! Nesta edição, falamos sobre os seguintes títulos: - "Cafarnaum" (Capharnaüm, 2018, Líbano), de Nadine Labaki, drama social indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2019. Pedido por Carolina Borges; - "O Trem da Vida" (Train de vie, 1998, Romênia), de Radu Mihaileanu, comédia dramática situada no Holocausto que ficou esquecida no tempo após o sucesso de "A Vida é Bela", lançado quase ao mesmo tempo. Pedido por Jakson Böttcher; - "A Despedida" (The Farewell, 2019, China/EUA), de Lulu Wang, drama familiar protagonizado por Awkwafina que foi completamente esnobado pela Academia. Pedido por Alana Andrade; - "Filadélfia" (Philadelphia, 1993, EUA), de Jonathan Demme, clássico drama sobre homofobia e o preconceito sofrido por pessoas com HIV, vencedor do Oscar de Melhor Ator para Tom Hanks e Melhor Canção Original para Bruce Springsteen. Pedido por Thiago Vaz. Quer fazer um pedido? Torne-se membro do Cineclube Cinematório! Você poderá participar do podcast e ainda recebe conteúdo exclusivo preparado especialmente para você. E o principal: você ajuda a gente a manter o cinematório funcionando! Conheça e junte-se a nós! Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br.
Revisitamos o suspense estrelado por Al Pacino, Keanu Reeves e Charlize Theron, grande sucesso dos anos 90. Dirigido por Taylor Hackford (de "A Força do Destino" e "Eclipse Total"), o filme acompanha um jovem e bem-sucedido advogado que aceita trabalhar para uma grande firma em Nova York sem saber que está fazendo um acordo com o demônio em pessoa. O roteiro é assinado por Jonathan Lemkin e Tony Gilroy, que adaptaram o livro de Andrew Neiderman. O elenco ainda conta com Connie Nielsen, Craig T. Nelson, Judith Ivey e Jeffrey Jones. Coloque a mão sobre a bíblia, faça o juramento e aperte o play para ouvir nosso bate-papo e descobrir se "Advogado do Diabo" resistiu ao teste do tempo e ainda é um filme tão surpreendente quanto na época em que o vimos pela primeira vez. O podcast De Volta Para o Sofá é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. Quer mandar um recado? Escreva para contato@cinematorio.com.br - Visite a página do episódio em nosso site e confira os materiais extras. - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
"Ter amigos mais velhos ou amigos mais jovens é extremamente enriquecedor, faz a gente se sentir vivo." - Ana Luiza Azevedo Nesta edição, o cinematório café conversa com Ana Luiza Azevedo, diretora do filme "Aos Olhos de Ernesto". No segundo longa de ficção da cineasta (o primeiro foi "Antes que o Mundo Acabe", de 2009), o ator uruguaio Jorge Bolani interpreta Ernesto, um senhor que vive em Porto Alegre e enfrenta as limitações da idade avançada, como a solidão e a crescente cegueira. Viúvo, Ernesto recebe visitas esporádicas do filho e sai de casa basicamente para ir ao banco buscar sua aposentadoria. Certo dia, ele conhece Bia (Gabriela Poester), uma jovem cuidadora de cães que também enfrenta dificuldades em sua vida solitária. O laço de amizade entre os dois revela novas perspectivas de vida para cada um. Produção da Casa de Cinema de Porto Alegre, “Aos Olhos de Ernesto” tem roteiro assinado por Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado. O filme ganhou o Prêmio da Crítica na Mostra de São Paulo, além dos troféus de Melhor Filme pelo Público e Melhor Ator no Festival de Cinema de Punta del Este. O elenco também traz Jorge d´Elia, Julio Andrade, Glória Demassi, Áurea Baptista e Marcos Contreras. Como as salas de cinema estão fechadas por causa da pandemia, o filme estreou diretamente nas plataformas digitais, com lançamento em 17 de setembro. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva seu recado e envie para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
Venha conosco pensar e repensar o filme escrito e dirigido por Charlie Kaufman que tem dado o que falar desde que foi lançado pela Netflix. Nesta edição, o cinematório café analisa o filme "Estou Pensando em Acabar com Tudo" (I'm Thinking of Ending Things, 2020, EUA), novo trabalho do cineasta Charlie Kaufman, roteirista de "Quero Ser John Malkovich", "Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças", "Sinédoque, Nova York" e "Anomalisa" -- esses dois últimos também dirigidos por ele. Baseado no livro de Ian Reid, o longa-metragem está disponível na Netflix e traz Jessie Buckley ("As Loucuras de Rose") e Jesse Plemons (série "Breaking Bad ") vivendo um casal de namorados que viaja durante uma pesada nevasca para um jantar na casa dos pais dele, interpretados por Toni Collette ("O Sexto Sentido", "Hereditário") e David Thewlis (franquia "Harry Potter"). Transitando entre o surrealismo, o terror psicológico, o drama de relacionamento e até o musical, "Estou Pensando em Acabar com Tudo" tem gerado muitas discussões e interpretações desde que foi lançado. Quem se senta à mesa conosco para conversar sobre o filme é Ana Lúcia Andrade, professora de Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva seu recado e envie para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Confira materiais extras na página do podcast em nosso site! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
"O humor que me interessa é aquele onde a gente não está rindo dos personagens, mas rindo junto com eles de alguma coisa." - Sandra Kogut Nesta edição, o cinematório café conversa com Sandra Kogut, diretora do filme "Três Verões". No novo longa de ficção da cineasta (ela dirigiu antes "Mutum", de 2007, e "Campo Grande", de 2015), Regina Casé interpreta Madá, caseira em um condomínio de luxo que vê os patrões serem atingidos pelas investigações de crimes de corrupção que mexeram com os pilares da política brasileira nos últimos anos. Ao longo de três verões, em três anos consecutivos, o filme mostra como Madá lida com a situação complicada da família que a emprega, e as maneiras que ela e os demais empregados da casa encontram para se sustentarem em meio à crise. O elenco também traz Otávio Muller, Gisele Fróes, Rogério Fróes, Carla Ribas e Jessica Ellen. Regina Casé ganhou o prêmio de Melhor Atriz no Festival do Rio por “Três Verões”. Apesar de ser o primeiro longa que ela faz com a Sandra, as duas se conhecem há bastante tempo e trabalharam juntas na TV. A nova parceria é um filme que tem vários momentos de comédia, mas que também é um drama social sobre brasileiros que se tornaram vítimas do sonho neoliberal. Como as salas de cinema estão fechadas por causa da pandemia, o filme entrou em cartaz no circuito de cinemas drive-in e nas plataformas digitais, com lançamento em 16 de setembro. O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia. Quer mandar um e-mail? Escreva seu recado e envie para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast! - Receba nossa newsletter e conteúdo exclusivo de cinema! Saiba mais!
loading
Comments (12)

Ronaldo Paiva

muito boa a análise do filme. parabéns.

Nov 26th
Reply (1)

Kel Gomes

Alerta de aula de cinema! =) Tô bem feliz de poder fazer esse programa com quem mais entende de Billy Wilder, a professora Ana Lúcia Andrade. "Crepúsculo dos Deuses" completa 70 anos e está disponível em streaming. Filme essencial e com protagonismo feminino de muita complexidade.

Sep 9th
Reply

Thiago Vianna

O sonho do Tim Burton deve ser poder refilmar esse filme

Jul 28th
Reply

Gustavo Radames Silva Pedroza

Adorei o convescote!!

Jun 18th
Reply

Gustavo Radames Silva Pedroza

Gostei do novo formato do programa! Relembrou um pouco do saudoso papo de redação! 👍

Mar 18th
Reply

Gustavo Radames Silva Pedroza

Adorei esse novo quadro, parabéns pela criatividade e pela dedicação. Abraços

Jan 27th
Reply

Gustavo Radames Silva Pedroza

Rolaria um podcast sobre bandersnatch?

Jan 7th
Reply (1)

Kel Gomes

Obrigada! ☺️

Nov 9th
Reply

Jakson Böttcher Argenta

vocês são demais

Nov 8th
Reply

Jakson Böttcher Argenta

vocês são demais

Aug 12th
Reply
Download from Google Play
Download from App Store