DiscoverTecnocracia
Tecnocracia

Tecnocracia

Author: Manual do Usuário

Subscribed: 822Played: 9,228
Share

Description

Qual é o impacto das decisões das grandes empresas de tecnologia na sua vida? Goste ou não, Apple, Facebook, Google, Amazon e afins se tornaram tão poderosos que suas ações dão forma a como vivemos. O Tecnocracia é uma coluna quinzenal sobre as consequências de se viver sob o governo das grandes empresas de tecnologia. Por Guilherme Felitti.
32 Episodes
Reverse
A pandemia causada pelo coronavírus já está mexendo profundamente em diversos setores da economia. Quando ela passar, o "novo normal" não deverá ser tão novo assim.
O excesso de confiança da SoftBank colocou todo o modelo de unicórnios em xeque. O coronavírus acelerou o processo. O mundo das startups não será mais o mesmo.
A pandemia do coronavírus era previsível. Não nos antecipamos, e agora o mundo mudou — para sempre. Entre as poucas coisas que não deverão mudar está a influência das Big Tech.
Três histórias para demonstrar que o sucesso nem sempre é reto e, ao contrário do que o LinkedIn sugere, às vezes os mais bem sucedidos são pessoas bastante discretas.
A desinformação que contamina o debate nas plataformas digitais tem uma motivação específica: dinheiro. É preciso estar ciente disso para combater o problema da melhor maneira.
A privacidade é um conceito mutável, que acompanha os avanços da sociedade. Nesta época de vigilância constante, defendê-la significa defender o direito ao controle dos nossos dados pessoais.
A história recente está recheada de casos de monopólios e de ações tomaras para contê-los. O que fazer com os atuais monopólios do setor de tecnologia?
Roger McNamee é um dos sujeitos mais impactantes do mercado de tecnologia de quem você nunca ouviu falar. No seu primeiro trabalho na área, no começo da década de 1980, ele liderou investimentos na Electronic Arts. Quando foi trabalhar em um dos fundos mais tradicionais do Vale do Silício, o Kleiner Perkins, McNamee se envolveu […]
Além das empresas, o governo tem muitos dados nossos. Alguns deles, muito sensíveis, todos passíveis de vazamentos — alguns, intencionais.
Séculos após os ciclos da cana de açúcar, do ouro e do café, o Brasil continua exportando commodity e pagando caro por produtos manufaturados. Desta vez, o produto é os nossos dados pessoais.
As startups vendem a ilusão de que basta querer e se dedicar integralmente a alguma coisa para que o sucesso venha. Na prática, esse discurso viabiliza abusos diversos dos trabalhadores.
Fábulas costumam fazer sucesso entre as crianças, mas uma variante econômica popularizada pelas startups de tecnologia tem fisgado muitos adultos.
A crítica à tecnologia é essencial para mitigar seus efeitos mais nefastos, mas deve ser feita com precisão para não corrermos o risco de virarmos vovôs Simpson gritando com as nuvens.
O racismo estrutural está impregnado na sociedade e se reflete de maneira bem definida no setor de tecnologia da informação. É possível mudar isso?
A negligência em nome de metas e lucratividade transformou o YouTube em um ambiente ideal para o florescimento de teorias da conspiração e ataques contra minorias. Limpar a bagunça, agora, será dificílimo.
Não é segredo algum que o mercado de tecnologia é misógino. Para mudar este cenário, é preciso um trabalho de base, que incentive as mulheres a se interessarem por computadores desde a infância.
Muitos veem interferências do governo como algo a ser evitado a todo custo. Nem sempre é o caso. Há três formas com que o governo pode fomentar a inovação — o desafio está em acertar a dose.
Quando todos dispomos das mesmas ferramentas que os famosos usam para se tornarem e manterem famosos, há uma inversão no discurso público: eventos são gerados para serem narrados online, e não o contrário.
Eduardo Suplicy e o Vale do Silício veem na renda básica universal a saída para mitigar os estragos da inteligência artificial no mercado de trabalho, mas a solução não é tão simples quanto parece.
Um grupo de mídia e uma startup de pagamentos conseguiram, nos últimos anos, fazer Itaú e Bradesco suarem a camisa, mas os dois maiores bancos privados do Brasil reagiram.
loading
Comments (28)

Keidi Nienkotter

Minha gata me olha indignada enquanto eu faço treinamento funcional. É algumas vezes tenta me tirar desta situação (risos)

May 26th
Reply

Thalles Ferreira

Foi bem engraçado ouvir em retrospectiva a menção a discutir com o Dr. Auzio Varela sobre doenças antes de "certas pessoas"terem feito exatamente isso na internet.

May 14th
Reply

Gustavo Martins Machado

Cara, encontrei seu podcast no Castbox e foi amor à primeira ouvida. Parabéns pelo ótimo conteúdo! Continue fazendo esses episódios porque precisamos muito de informação real, pautada na ciência e no conhecimento.

Apr 9th
Reply

Beto

Muito bom!

Feb 21st
Reply

Debora Helena de Rezende Rodrigues

acho incrível como você conecta tecnologia com nossa conjuntura! mas gostaria de pedir um pouquinho mais de cuidado nas piadas que às vezes podem ter um toque sutil de misoginia. conhecer o fenômeno cunning-kruger foi muito bom, obrigada!

Feb 21st
Reply

Brendo Marinho

Aquele episódio que você tem que ouvir em loop durante um dia pra assimilar 10% do conteúdo de tanta informação!

Jan 30th
Reply

Tanure

Podcast incrível e apresentador 100% lúcido

Dec 5th
Reply

erico antas

Você eh fera. Fiz um levantando no perfil do LinkedIn ( q vc chama de ambiente tóxico kkkkk) de fundadores de grandes startups... de cada 10 9 têm formação em grandes universidades federais , moraram fora do Brasil ( inglês fluente eh o mínimo).

Dec 2nd
Reply

Debora Helena de Rezende Rodrigues

podcast impecável sobre tecnologia. li amo, tecnocracia ❤️

Nov 24th
Reply

Vinimasa7

Bom demais

Nov 21st
Reply

Vinimasa7

ep novo

Nov 12th
Reply

Thalles Ferreira

Acho que esse foi o último minuto mais cáustico do Tecnocracia, parabéns (acho).

Sep 25th
Reply

podecastelar

melhor podcast da podosfera!

Sep 1st
Reply

podecastelar

por que mudou de novo?

Sep 1st
Reply

Alexsandra Amaral

O YouTube é uma anarquia porque deixa ser tornar nisso. A realidade é que as pessoas não estão preparadas para fazer e ser sem prejudicar as outras. É preciso ter regras iguais às leis no YouTube pra evitar isso. Porque o resultado não é virtual e sim real. E o sujeito criminoso acaba ficando mais rico e impune. A vítima destruída.

Aug 3rd
Reply

Daniel Coelho

Acho que este foi o melhor episódio até hoje. parabéns!

Aug 3rd
Reply

Alexsandra Amaral

Amei!

Jul 31st
Reply

erico antas

Você é muito fera.

Jun 13th
Reply

Victor Gasp

Episódio perfeito!! Guilherme não deixou pedra sobre pedra. E até mandou recado para o planalto 😎👍

Jun 7th
Reply

Victor Gasp

ótimo episódio!!! que tapa na cara da sociedade!!! kkkkk...de certa forma me indenfiquei com a angústia relatada.

May 25th
Reply
Download from Google Play
Download from App Store