DiscoverDireto ao Ponto
Direto ao Ponto

Direto ao Ponto

Author: Correio do Povo

Subscribed: 36Played: 1,690
Share

Description

Todos os dias fique por dentro das principais notícias do dia no estilo Correio do Povo: direto ao ponto. Apresentado pelo jornalista Tiago Medina
305 Episodes
Reverse
Pessoas jovens estão causando infecções pelo coronavírus e provavelmente estão espalhando o vírus para populações mais velhas e vulneráveis, de acordo com um relatório recente dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos. No início da pandemia, os adultos mais velhos tinham maior probabilidade de se infectar, mas quando os pesquisadores analisaram os casos de junho a dezembro, eles descobriram que pessoas na casa dos 20 anos representavam a maior parcela dos casos confirmados em comparação com outras faixas etárias.E especialistas em saúde pública dizem que essa é uma tendência preocupante. No Brasil, o cenário é semelhante. Um dado que chama a atenção das equipes médicas é a mudança de perfil dos casos graves em relação ao início da pandemia, em março do ano passado. O Direto Ao Ponto recebe Juliane Deise Fleck, doutora em Ciências Farmacêuticas e coordenadora do curso de mestrado em Virologia da Universidade Feevale, para discutir as causas e consequências disso para a pandemia e seu combate.
Enquanto os pesquisadores continuam a aprender mais sobre o coronavírus responsável pela Covid-19, velhas discussões retornam à pauta da sociedade, como uso de máscaras. Antes, no início da pandemia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) dizia que não havia evidências suficientes para dizer que pessoas saudáveis deveriam usar máscaras, mas esse ato se tornou um dos mais eficazes e recomendados para prevenir a propagação do vírus. Outras medidas importantes são praticar distanciamento físico e lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou álcool em gel.Acontece que nem todas as máscaras são iguais e nem todas estão amplamente disponíveis. Para explicar as diferenças entre os principais tipos de máscaras existentes, sua capacidade de proteção e indicações, o Direto ao Ponto recebe Melissa Markoski, doutora em Biologia Celular e Molecular, professora de Biossegurança da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre e membro da Rede Análise Covid-19.
A variante brasileira do coronavírus P.1, identificada primeiramente em Manaus, é atualmente um dos principais focos de estudos por especialistas do mundo inteiro. Já conhecida como uma das cepas de maior transmissibilidade, agora um novo estudo, com resultados ainda preliminares, sugere que a variante brasileira pode escapar dos anticorpos produzidos pela Coronavac – vacina da farmacêutica Sinovac fabricada pelo Instituto Butantan e principal imunizante usado na campanha de vacinação no País.É sobre este estudo, e demais informações existente da cepa, que o Direto ao Ponto conversa hoje. Para isso, recebemos a mestre e doutora em neurociências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e idealizadora do projeto "Rede Análise COVID-19", Mellanie Fontes-Dutra.
O Rio Grande do Sul viveu neste final de semana sua primeira experiência inteiramente em bandeira preta no sistema de Distanciamento Controlado. Desde sábado, dia 27 de fevereiro, todas as 21 regiões Covid obedecem aos protocolos determinados pelo Estado — já que o sistema de cogestão regional, que permitia aos municípios adotar regras próprias, foi suspenso devido ao agravamento da pandemia. O Direto ao Ponto conversou com correspondentes do Correio do Povo no interior Estado para saber como foi o cumprimento das medidas pelo território gaúcho.
Faltou pouco para o Inter se sagrar campeão brasileiro de futebol 2020, em uma temporada marcada pela pandemia. A combinação de resultados aconteceu – o Flamengo perdeu para o São Paulo –, mas o Colorado não fez a sua. Falto um gol para vencer o Corinthians e fazer a torcida soltar o grito entalado na garganta há anos. O time de Abel Braga, que deixou o clube após o fim da competição, teve três gols e um pênalti anulado, este com o auxílio do VAR, o que gerou muita reclamação no Beira-Rio. O Direto ao Ponto desta sexta-feira discute o que faltou para o Clube do Povo sagrar-se campeão e faz um balanço do desempenho do Colorado no Brasileirão. Também projeta o que esperar para a próxima temporada. Os convidados são os jornalistas do Correio do Povo Carlos Correa e Carmelito Bifano.
O Governo do Rio Grande do Sul protocolou na Assembleia Legislativa, um novo projeto tratando sobre as taxas do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). A proposta é de redução significativa dos preços de 12 serviços prestados pelo órgão, além de garantir a devolução do dinheiro de quem já pagou a taxa de licenciamento junto ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Com o corte, a estimativa da Secretaria da Fazenda é de redução de R$ 111 milhões na arrecadação em 2021, o que vai gerar impactos em outras áreas. É disso que este episódio do Direto ao Ponto. A convidada é Mauren Xavier, editora de Política do Correio do Povo.
Enquanto grande parte do mundo está em uma corrida frenética para ser vacinado contra a Covid-19, há um grupo visivelmente ausente das filas de vacinação: as crianças. A aparente resiliência conta a doença as deixa com uma prioridade para a imunização, quando a demanda por vacinas supera em muito a oferta. Ainda assim, não há dúvida de que as crianças devem - e provavelmente serão - vacinas. Elas também correm o risco de adoecer e, em casos muito raros, de morrer devido à doença.Para um vírus que é transmitido por todas as faixas etárias, uma grande parte não vacinada da população sempre prejudicará os esforços para obter imunidade coletiva por meio da vacinação. O episódio desta quarta-feira do Direto ao Ponto tem como convidado Juarez Cunha, presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), para discutir a aplicação de doses em crianças.
O agravamento da situação da pandemia no Rio Grande do Sul levou o governo estadual a tomar decisões mais rígidas para tentar conter a propagação da Covid-19. O governador Eduardo Leite determinou a suspensão das atividades entre 20h e 5h. A medida válida até a madrugada do dia 2 de março. Não se enquadram no decreto serviços como farmácias, clínicas médicas e hospitais, serviços agropecuários e veterinários, hotéis, postos de combustíveis e estabelecimentos que trabalhem exclusivamente no modelo de telentrega.Apesar de não ser oficialmente um toque de recolher, a medida busca desestimular a presença e a circulação de pessoas nas ruas o tanto quanto for possível. Para discutir a efetividade dessa iniciativa e o que é preciso para o Estado frear a disseminação do coronavírus, o Direto ao Ponto conversou com Alessandro Pasqualotto, professor de infectologia da UFCSPA.
Como uma alternativa ao extremismo e um aceno a uma política de maior tolerância, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, do PSDB, se apresentou enquanto um articulador na construção de um projeto alternativo para o Brasil e possível candidato à Presidência do Brasil em 2022. Na última quinta-feira, o tucano aceitou ser uma alternativa na eleição presidencial e afirmou que irá levar ao País as ideias e reformas que vem aplicando em território gaúcho. Dentro do PSDB, o nome de Leite surge como uma opção para aqueles que divergem das ações do governador de São Paulo, João Doria, que está "fardado" para disputar o Planalto. Pensando nos desafios de construir esta candidatura nacional e as implicações do movimento feito por Leite em sua gestão no RS, o Direto ao Ponto desta sexta-feira conversou com a editora de política do Correio do Povo, Mauren Xavier. A apresentação é de Eric Raupp.
Enquanto a maioria das crianças diagnosticadas com Covid-19 desenvolve pouco mais do que uma doença leve, centenas acabaram em unidades de terapia intensiva de hospitais com sintomas alarmantes que começam a aparecer semanas após a infecção inicial. Esta nova condição progride rapidamente e pode atingir vários órgãos e sistemas, incluindo o coração, pulmões, olhos, pele e sistema gastrointestinal. Ela é rara e conhecida como síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica, ou SIM-P.Mais de dois mil casos foram relatados na Índia, de acordo com dados divulgados pelo Capítulo de Terapia Intensiva da Academia Indiana de Pediatria no país. A Secretaria da Saúde do Rio Grande o Sul (SES) registrou, em 21 de janeiro, a primeira morte no Estado em decorrência da SIM-P. Trata-se de um menino de sete anos residente em Alto Feliz, na Serra, cujo óbito ocorreu no dia 11 de janeiro. De acordo com a pasta, até o final de janeiro outras 31 crianças foram diagnosticadas.Para entender essa situação, o Direto ao Ponto recebe médico e supervisor do controle de infecção em infectologia pediátrica da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre Fabrizio Motta.
Clubhouse é um novo aplicativo que tem dado o que falar nas mídias sociais por sua natureza exclusiva e esquiva. Endossado e usado por algumas das maiores celebridades do planeta – Oprah, Drake, Jared Leto, Wiz Khalifa e Ashton Kutcher – esse app combina uma sala de chat com a apresentação de um podcast ao vivo. Isso permite que os usuários discutam assuntos de interesse público, como financiamento de startups e política local. Embora os moderadores geralmente planejem quem será destacado durante um bate-papo, as ferramentas do aplicativo permitem visitas surpresa.Mas para entrar nessa nova plataforma, é preciso um convite de uma pessoa que já seja membro. No Direto ao Ponto, vamos descobrir o Clubhouse e mostrar como ele funciona.
Para o desenvolvimento de vacinas e drogas para tratamento é fundamental saber qual é a real diversidade de um patógeno, sobretudo suas rotas e dinâmicas de transmissão. No Rio Grande do Sul, o primeiro “boletim genômico”, produzido pela Secretaria Estadual da Saúde (SES), identificou pelo menos 12 linhagens diferentes do coronavírus, desde o começo da pandemia, em solo gaúcho.Para falar sobre o panorama genômico no Estado, o Direto ao Ponto desta sexta-feira recebe o virologista e professor da Feevale, Fernando Spilki, que coordena a Rede Corona-ômica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, dedicada a rastrear mutações do coronavírus no país.
No início da nova gestão na Assembleia Legislativa, o governo gaúcho voltou a apresentar um projeto para a reforma da previdência dos militares. O Piratini corre contra o tempo e vê otimismo a busca dos 28 votos, ao menos, para a aprovação do texto, que visa uma maior arrecadação, mas também o tratamento igualitário ao funcionalismo. A pauta consta junto a outras seis apresentadas à nova Mesa Diretora e aos líderes das bancadas nessa quarta-feira, horas após a posse do agora presidente da Casa, Gabriel Souza, do MDB.Para falar das principais pautas que devem ir ao plenário neste ano, em especial a da reforma da previdência dos militares, e de como deve ficar a relação entre Piratini e AL-RS para o avanço das tramitações, o Direto ao Ponto desta quinta-feira conversou com a Mauren Xavier, jornalista e editora de política do Correio do Povo.
Na contramão do que alguns especialistas previam, os índices de internações reduziram no Estado e os novos casos e óbitos por Covid-19 se mantêm em tendência de queda no Rio Grande do Sul. Para o governo estadual, o cenário atual é fruto do cumprimento das medidas impostas em dezembro – momento mais severo da pandemia em solo gaúcho.Para o doutor e professor em Epidemiologia da Ufrgs, Paulo Petry, os índices estão relacionados à mobilidade da população que, desde a virada do ano, está espalhada pelo Estado e fora dele. Petry destaca ainda, em entrevista ao Direto ao Ponto desta sexta-feira, que o cenário não é de relaxamento de medidas. Ao contrário, o Rio Grande do Sul precisa manter à disposição a estrutura hospitalar para enfrentar as novas variantes da Sars-CoV-2. A apresentação é de Brenda Fernández.
O Brasil é o 4º maior produtor de resíduo plástico do mundo. O país produz mais de 11 milhões de toneladas de resíduo plástico por ano. Como reduzir o impacto ambiental dessa produção? O trabalho diário das cooperativas de reciclagem pode contribuir para diminuir o impacto do plástico no meio ambiente. É através do trabalho dessas famílias, que participam da coleta, triagem e venda de produtos recicláveis que o que seria descartado pode voltar ao mercado em novos formatos.
Sem publicar os resultados da terceira fase do estudo clinico, a vacina russa Sputnik-V avança nas tratativas junto a Anvisa para integrar o Plano Nacional de Imunização. Enquanto passa pela última etapa de teste para poder entrar com pedido de uso emergencial em solo brasileiro, o governo gaúcho tomou a frente assinou uma intenção de compra direta do imunizante, como forma de garantir um plano B.O Direto ao Ponto desta quarta-feira vai abordar o avanço dos testes clínicos da Sputnik-V, as particularidades do imunizante e a corrida do laboratório União Química para garantir o uso da vacina no país. Para isso, recebe a Mellanie Fontes-Dutra, idealizadora e coordenadora da Rede Análise COVID-19, e Mestre e Doutora em Neurociências pela Ufrgs.
A resistência de antimicrobianos é considerada como uma das maiores ameaças para a saúde global. Para 2050, a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que ela seja a maior causa de morte global, associada a 10 milhões de mortes anuais. No entanto, esse cenário pode ser antecipado por conta da pandemia. O uso em larga escala de antibióticos, em parte como tratamento precoce ao coronavírus, sem comprovação científica do tratamento, pode trazer sérios danos à saúde individual do paciente e coletiva da sociedade. O Direto ao Ponto desta terça-feira, o coordenador do Laboratório de Pesquisa em Resistência Bacteriana (LABRESIS) do Centro de Pesquisas Experimental do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Afonso Luis Barth, esclarece as principais dúvidas sobre o assunto.
A vitória democrata de Joe Biden em solo americano vai mudar, em parte, a forma como o Brasil se relaciona diplomaticamente com os Estados Unidos. Para Guilherme Ziebell, professor de Relações Internacionais da Ufrgs, o cenário ainda é bastante incerto. No entanto, ele acredita que a relação vai exigir uma postura mais cautelosa do presidente Jair Bolsonaro frente às pautas mais divergentes entre os chefes de estado, como as de igualdade social e racial e meio ambiente. Já para as relações comerciais, o especialista acredita que não deve haver rupturas ou desentendimentos mais severos, pois os países têm relações sólidas, concretizadas por décadas. No episódio desta sexta-feira, o Direto ao Ponto discutiu como deve ficar a relação entre Biden e Bolsonaro, e como o governo brasileiro deve agora se posicionar diante da nova relação entre EUA e China. A apresentação é de Brenda Fernández.
O dia D e a hora H chegaram ao Rio Grande do Sul. 18 de janeiro de 2021, 23 horas e 45 minutos. Nessa data, neste horário, foram aplicadas as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 no Estado. Simultaneamente, cinco pessoas receberam uma dose da CoronaVac, cuja aplicação emergencial foi aprovada no domingo pela agência nacional de vigilância sanitária, a Anvisa. Neste episódio, o Direto ao Ponto explica o plano de vacinação do Estado. A apresentação é de Eric Raupp.
Com a nova explosão de casos no Amazonas, o estoque de oxigênio acabou em vários hospitais de Manaus nessa quinta-feira, levando pacientes internados à morte por asfixia. Segundo Marcellus Campêllo, secretário Estadual da Saúde do Amazonas, as empresas fornecedoras de oxigênio entraram em colapso por não conseguir atender à demanda pelo insumo, que dobrou em relação ao primeiro pico da pandemia, registrado entre abril e maio. Naquela época, o consumo máximo era de 30 mil metros cúbicos de oxigênio e, neste momento, acima de 70 mil cúbicos.O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, colocou-se à disposição para o que puder ser feito no sentido de ajuda. "Estamos numa outra ponta do país, mas a solidariedade que o momento exige supera qualquer distância. Se for necessário, o RS está a posto", escreveu nas redes sociais. No Direto ao Ponto de Hoje, nós vamos falar sobre os números de Manaus após a virada de ano e a situação no RS.
loading
Comments (1)

Alex Sena

dizer que o governo abriu diálogo é forte. As informações que chegam dizem que ele comunicou as alterações e era isso.

Oct 24th
Reply
Download from Google Play
Download from App Store