DiscoverSem Mais com Reinaldo Gottino
Sem Mais com Reinaldo Gottino
Claim Ownership

Sem Mais com Reinaldo Gottino

Author: RecordTV

Subscribed: 131Played: 511
Share

Description

O jornalista Reinaldo Gottino fala sobre temas econômicos, históricos e políticos de maneira simples e descomplicada. Episódios novos todas às segundas-feiras.
26 Episodes
Reverse
Um bilhão de crianças e adolescentes, quase a metade de meninos e meninas no mundo, sofre diretamente com os efeitos das mudanças climáticas. São 33 países classificados como de risco extremamente elevado, segundo relatório da Organização das Nações Unidas. Ciclones e ondas de calor são alguns dos efeitos que atingem as crianças dos países menos estruturados, que acabam morrendo por falta de recursos e cuidados. Acompanhe neste episódio do Podcast Sem Mais, com Reinaldo Gottino!
Neste episódio do Podcast Sem Mais, o apresentador Reinaldo Gottino estimula a pensar sobre como os estudos podem mudar sua vida profissional. Se antigamente a sociedade se estabelecia conforme as necessidades da época, hoje, se você não tem uma faculdade, terá dificuldade em se colocar no mercado de trabalho. Acompanhe!
Qual é o seu compromisso para fazer do Brasil e da América Latina um lugar melhor para as meninas? É o que questiona Reinaldo Gottino no podcast desta semana. Uma live promovida pela Unicef revelou dados alarmantes sobre os direitos das meninas no país. De acordo com o estudo, 80% das meninas entre 10 e 14 anos sofrem violência sexual de forma contínua. Os direitos das meninas precisam ser respeitados e nós precisamos fazer nossa parte aqui no Brasil e, quem sabe, também ajudar o mundo nessa questão.
Neste episódio do Podcast Sem Mais, o apresentador Reinaldo Gottino fala sobre as expectativas para o mercado de trabalho no pós pandemia. O jornalista aborda um estudo sobre os desafios e as novas formas de trabalhar. Acompanhe!
Neste episódio do Podcast Sem Mais, o apresentador Reinaldo Gottino fala sobre a diferença da educação oferecida na escola e àquela que é adquirida na convivência familiar. Acompanhe!
Os chamados haters estão sempre prontos para atacar no mundo virtual. Muita gente está adoecendo com a negatividade que tomou conta das redes sociais. Muitos conservar o amigo a ter razão em uma discussão na internet. Reinaldo Gottino traz a opinião de especialistas e reflete que a tendência de muita gente é dar mais valor às ofensas do que aos elogios e conclui com um questionamento: Vale a pena?
Em quem você votou para deputado federal ou deputado estadual na última eleição? Se você não se lembra, está na hora de repensar o seu comportamento. São os vereadores, deputados e senadores que fazem as leis que nos afetam diretamente. Reinaldo Gottino retoma as ideias de Aristóteles e Bertold Brecht para destacar a importância da participação política dos cidadãos.
Na definição do dicionário, democracia é o sistema político no qual os cidadãos elegem seus representantes em eleições periódicas. Mas, além disso, a democracia ajuda a manter um equilíbrio social. O filósofo Jean-Jacques Rosseau apontava no século 18 a democracia como o caminho que permite a conquista da vontade geral. Reinaldo Gottino diz que o tema atravessa os tempos e mantém sua atualidade e retoma as ideias de Rosseau. Para o pensador suíço, democracia é a ideia de que todos os homens são iguais e livres. Era algo impensável e na época em que ele viveu e o tornou influente da Revolução Francesa. Gottino conclui que muito do que vivemos hoje foi pensado por Rosseau naquela época.
Não existe mais o poder total. Reinaldo Gottino reaviva as ideias do filósofo francês Michel Focault. Pensador diz que o poder não é algo que se tem, é algo que se exerce. Segundo ele, ninguém possui o poder absoluto, a não ser por um período de tempo. As relações de poder são fragmentadas pela própria dinâmica do mundo. E o poder em tempos atuais está sendo fragmentado para evitar o desequilíbrio.
Reinaldo Gottino fala sobre o impacto da pandemia. Agora que parte da população mundial já recebeu alguma dose das vacinas, a vida pode estar próxima de voltar ao normal. Mas o que será o "normal" daqui para frente? Você sentiu o impacto da pandemia no seu cotidiano? Mudanças na sociedade? Qual foi o impacto da pandemia do coronavírus no Brasil e no mundo? Gottino vai pontuar algumas diferenças sociais, econômicas e políticas que vieram e devem perpetuar após a normalização das atividades.
Reinaldo Gottino fala sobre o mercado financeiro. Você se sente preparado para investir na bolsa de valores? Sabe como entrar para o mercado financeiro? Comprar e vender ações? É possível ganhar dinheiro? Quanto? É arriscado? Para os investidores iniciantes da prática que não é praxe no Brasil, Gottino descomplica e explica como iniciar no mercado financeiro e na bolsa de valores. Os riscos, o lucro certo, o perfil dos investimentos, a importância de estar bem informado para fazer o melhor negócio, os termos e dicas para quem pretende investir na bolsa, que é uma tendência de crescimento no país.
O que é e qual o poder de uma Comissão Parlamentar de Inquérito? Por que existe a CPI? O que faz o presidente da comissão? Qual o papel do relator? Reinaldo Gottino explica o passo a passo para a criação do grupo formado por parlamentares para investigar e apurar denúncias de irregularidades no país. Gottino reitera a importância da comissão que pode ser instaurada em escala federal, estadual e municipal, e que tem poder de investigação, buscas, coleta de informações, documentos, convocação de pessoas, testemunhas, pedir audiência e tomar depoimentos de autoridades, gerando um relatório que serve como prova relacionada ao fato investigado.
Reinaldo Gottino traz neste episódio do SEM MAIS a necessidade urgente de informações sólidas como base na formação de opiniões. Discussões saudáveis sobre política - o conflito da não-violência - no campo das ideias . O papel fundamental da imprensa como um dos pilares de sustentação para o livre debate. Gottino reafirma a importância de falarmos sobre política, sobre fatos do nosso dia a dia baseados em informações corretas e com credibilidade. Ouvir opiniões diferentes para formar a sua, desde que alicerçadas no que é verdadeiro. Gottino provoca o questionamento sobre como recebemos as fake News, as informações falsas, cujo objetivo é impedir o convívio pacífico em sociedade.
No Podcast Sem Mais desta segunda-feira (21), o apresentador Reinaldo Gottino fala da concentração de renda, do aumento dos bilionários brasileiros nos últimos anos e da miséria e pobreza que vêm aumentando paulatinamente. A necessidade de repensar nossas relações com os negócios e, principalmente, com as pessoas e a sociedade é o tema levantado por Gottino para que haja chances de o Brasil iniciar uma recuperação econômica e humanista.
No episódio do podcast Sem Mais desta semana, Reinaldo Gottino convida os ouvintes para uma reflexão importante sobre o surgimento de novos poderes, que influenciam direta e rapidamente a sociedade. Além do Legislativo, Executivo e Judiciário, o podcast fala do Quarto Poder, a Imprensa, e do aparecimento do Quinto Poder: as Redes Sociais. Em um “mundo líquido”, onde nada mais permanece da mesma forma por muito tempo, Gottino nos aproxima de Zygmunt Bauman e Michel Foucault, dois pensadores e teóricos sobre poder e mudanças sociais, e insiste na importância do conhecimento para que possamos atuar diretamente em questões que podem mudar nossas vidas.
No podcast desta semana, Reinaldo Gottino chama a atenção para uma das questões mais importantes e estruturais do país: a educação. A queda da qualidade do ensino público nas últimas décadas. A falta de investimentos deixou o ensino gratuito muito aquém do particular. Quantos profissionais brilhantes deixaram a sala de aula para trabalhar e ajudar suas famílias? Quantos talentos o Brasil perde todos os anos para a crise econômica? Crise que inviabiliza o caminho escolhido por jovens e suas vocações e prejudica o crescimento do país. A fala é forte: “o Brasil não é, nunca foi e talvez não saberemos se um dia será a terra das oportunidades”. Isso porque tudo passa pela educação, pela qualidade de ensino, pelo preparo para o mercado de trabalho, inovações e conhecimento para que seja possível a reconstrução social e econômica da nação.
Em mais um episódio do podcast Sem Mais, Reinaldo Gottino começa desconstruindo a frase popular que corre o risco de se transformar em conceito: “Direitos Humanos só servem para defender bandidos e criminosos.” O jornalista afirma com veemência: uma mentira dita várias vezes continua sendo uma mentira e refuta a retórica de que os direitos humanos servem para “defender bandidos e criminosos”.
Como a história da nação indígena transformou o panorama político e social que ainda persiste? O apresentador Reinaldo Gottino contextualiza a situação dos povos nativos brasileiros através da história, do descobrimento até os dias atuais. A chegada dos portugueses, as doenças, a escravidão e o extermínio do povo que, mesmo sendo habitante natural da terra descoberta em 1500, só começou a ganhar força e direitos a partir da constituição de 1988.
Em outubro de 2022, teremos eleições no Brasil e, além do presidente da República e vice, vamos eleger governadores, deputados estaduais, federais e senadores. Reinaldo Gottino explica como é definido o número de senadores e deputados a que cada estado tem direito, quem administra o processo e determina o calendário eleitoral no Brasil e o que pode mudar em casos excepcionais, como a pandemia. Gottino pontua a importância do exercício da cidadania no momento do voto e o papel do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em todo o processo.
“Começou 7 a 1” – o jogo da desigualdade social no Brasil.Reinaldo Gottino reflete sobre o impacto do racismo e preconceito na economia brasileira. A análise da abolição dos escravos, no século 19, quando negros libertos foram inseridos na sociedade sem planejamento, educação ou preparo, traça um panorama social que é reconhecido até hoje. Sem oportunidades, novos brasileiros livres não puderam exercer cidadania ou colaborar economicamente para o desenvolvimento do país, e o que se viu foi um jogo que começou desigual. Sem oportunidades, o racismo, o preconceito e a desigualdade social moldaram a economia e política do Brasil, atrasando nosso desenvolvimento.
loading
Comments 
Download from Google Play
Download from App Store