Claim Ownership

Author:

Subscribed: 0Played: 0
Share

Description

 Episodes
Reverse
Esse podcast é para quem quer que o propósito, missão, visão e valores façam a diferença no dia a dia da empresa, além disso, está sendo postado próximo ao aniversário de 18 anos da ForLogic!   Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.br  Links citados no Podcast  Qualiex, software para Gestão da Qualidade  Grupo Forlogic  Viver Excelência  Algumas curiosidades sobre a Forlogic em ordem cronológica!  Fundada em 2004  2005 - Ganhamos o Programa de Formação de Recursos Humanos em Áreas Estratégicas (RHAE)  2006 - Fomos homenageados pela UTFPR com o Prêmio Ícaro de empreendedorismo.   2007 - Governança na APL de TI - A Forlogic começa a participar ativamente da governança do Arranjo Produtivo Local (APL) de TI na região de Londrina.   2008 - Gestão de Documentos - Ganhamos o Edital de Sistema de Apoio a Gestão do Conhecimento do SEBRAE.  2009 - Inovação e Excelência - Ganhamos o edital Primeira Empresa Inovadora (PRIME), projeto de Fundo de Financiamento de Estudos de Projetos e Programas (FINEP).  2010 - Qualidade na prática - Conquistamos a certificação MPS.Br nível G (Melhoria de Processos do Software Brasileiro).  2011 - Nos tornamos Silver Partner da Microsoft, aliança que auxiliou no licenciamento dos softwares utilizados pela empresa e agregou valor ao desenvolvimento de nossos produtos. Casa Nova!Mudamos para uma nova sede, com muito mais espaço para nossa equipe!  2012 - Disseminadores da Qualidade e Excelência - Sustentando o nosso foco em Qualidade e Excelência, lançamos o Blog da Qualidade  2013 - 1º Lugar no MPE Brasil, etapa Paraná  2014 - Microsoft Partner Gold De Silver Partner, nos tornamos Gold Partner da Microsoft. 10 anos de Forlogic  2015 - Conquistamos a ISO 9001  2016 - Sede nova! Depois de 2 anos de construção, nos instalamos na nova sede, com mais de 930 metros quadrados, 3 andares, auditório, sala de projetos, escorregador, salas unificadas e muitas coisas legais! - Lançamento do Qualicast!  2017 - Conquista do nosso primeiro cliente Internacional  2018 - Recebemos nosso certificado ISO 9001:2015!  2019 – 15 anos de Forlogic  2020 – Certificação ISO 27001:2013  2021 – Novos módulos do Qualiex - Integridade  Apresentação  Neste episódio, nossos qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram como a missão, visão,  valores e propósito alteram a rotina e trazem resultado para empresa como um todo.   Mensagem de ouvinte - Rodrigo (Atleta de corrida)  Vai ter que fazer um podcast de 1 hora para acompanhar o percurso. Faz um de 1h30 para 15km e um de 2h para 21km.  Tema: Qual o papel da missão, visão, valores e propósito na da empresa?  Lewis Carroll, ao escrever Alice no País das Maravilhas, tornou célebre a frase dita pelo Gato Cheshire à Alice: "Se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve"   Todos eles se complementam para trazer o direcionamento estratégico básico para o negócio.     O que é missão?   É o que a empresa faz, qual a melhor entrega do negócio do cliente. O que irá salvar o cliente, o que ele recebe.    Exemplos  Google: A missão do Google é organizar as informações do mundo todo e torná-las acessíveis e úteis de forma universal.  Nike: Levar inspiração e inovação para os atletas de todo mundo.  O que é visão?  Onde a empresa quer chegar, e que esteja olhando para o cliente. A visão olha pra frente, para o futuro, não importa a data   Exemplos  Arcor: Quer ser a empresa número 1 de guloseimas e biscoitos da América Latina e consolidar a participação no mercado internacional.   ForLogic: Ser uma empresa internacional que cria fãs nas  áreas que atua.  O que são valores?  Tem ligação muito forte com  a moral e a ética, a forma como fazemos o trabalho, valores que são virtudes. Algo que a gente acredita que faz a diferença pela vida boa. Como nós entregamos a missão.  “Nós crescemos por conta dos nossos valores, e não apesar deles”. Jeison Arenhart De Bastiani.   Quando os valores estão no dia a dia, nós evitamos problemas, e eles só existem do ponto de vista prático, valores só na teoria, não são valores. Cuidado só é valor na prática, humildade só é valor na prática. Quem fala das suas virtudes não é virtuoso, por isso, estabelecer condutas é fundamental, ela é uma declaração que representa um  comportamento prático de como eu vivi aqueles valores, eles devem estar nas ações do dia a dia.  O valor nos impulsiona a chegar no resultado.  “Os valores são um equilíbrio entre dois extremos” Aristóteles.  O que são propósitos?  O porque fazemos. O que nós viemos fazer neste mundo, o que a empresa resolve na humanidade. Existe propósito voltado para uma carência, que é algo que te falta, e existe o propósito voltado para uma conquista, que é baseado no que você faz para alguém, e ele nunca acaba.   Os propósitos são as melhores contribuições que seu negócio dá à humanidade.  E o Lucro?  A lucratividade é uma condição para existência. Eles não são o sentido da vida, mas sem eles, não há vida. O propósito, missão, visão e valores são ferramentas para obtenção do lucro, mas que é muito mais legal ter significado (propósito). É para orientar o trabalho e ter um ponto onde chegar, que conecte as pessoas para sua empresa. Se você entregar sua missão, você terá lucro.  E na prática?  Envolva as pessoas. Porque as pessoas se sentem pertencentes daquilo, querem os valores porque se veem nesses valores. Durante as reuniões, resgate os temas, pois eles precisam estar no  fluxo do trabalho.  NOVIDADE  Envie seu áudio pra gente por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers!  See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que querem começar a governança corporativa na sua empresa!   Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.br  Links citados no Podcast  Qualiex  ForLogic  Viver Excelência  Artigos relacionados  Você sabe o que é ESG  O caso da estratégia de ESG que virou um churrasco  Episódios do Qualicast sobre governança corporativa  CONHECENDO A ISO 37000:2021 – GOVERNANÇA DE ORGANIZAÇÕES PRINCIPAIS PRÁTICAS DE GOVERNANÇA, À LUZ DA NORMA ISO 37000 Apresentação  Antes de mais nada, neste episódio, nossos Qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla explicam como começar a governança corporativa na sua empresa. Para falar sobre o assunto, receberam um convidado mais que especial: Wanderlei Passarella. Ele tem trinta anos de experiência como CEO na criação e desenvolvimento de novos negócios, gestão e reestruturação de empresas, carreira profissional crescente, eficaz na condução de reestruturações, fusões, novos posicionamentos estratégicos, desenvolvimento de mercado e produtos, reposicionamento financeiro e novos sistemas de gestão, atuou como gerente geral da Menasha Materials Handling South America e é escritor de : "A Reinvenção da Empresa - Projeto Ômega" (Ed. Évora - 2017), "O Despertar dos Líderes Integrais" (Ed. Qualitymark - 2013) e "Fábrica de Ideias, Banco de Oportunidades" (Ed. Saraiva - 2008).  Mensagem do ouvinte: Françoá - Passo Fundo RS  A princípio, queria agradecer pelo vasto conteúdo de conhecimento que vocês me proporcionam, e principalmente por devolver aquela vontade e entusiasmo de trabalhar com qualidade.  Graças a vocês, há um tempo eu decidi voltar a estudar, e pelas brincadeiras do Jeison percebi que qualidade não é chato, é muito bom, incomoda um pouco mas vale a pena! Muito obrigada e vida longa para todo mundo, abraço!  Tema: Como começar a governança corporativa na sua empresa? Governança: muitos não conhecem ou acham que é somente para grandes empresas. O que você poderia dizer sobre isso?  Em síntese, governar é diferente de gerir. Governar tem mais a ver com processos estruturados, onde olhamos o direcionamento da empresa, e garantimos que ela esteja controlada e dentro dos limites (ética, compliance, riscos). Contudo, os governantes  e acionistas precisam tomar decisões sobre coisas muito importantes, mas não urgentes (já que se reúnem esporadicamente).  Eles veem coisas que são procrastinadas, então a estratégia, a saúde da empresa, questões de liderança, desempenho, sucessão são pautas naturais que vão para o conselho decidir.  A gestão está no dia a dia, ela implanta todos os planos, executa táticas e busca a eficácia e eficiência de processos internos, enquanto a governança olha mais para os objetivos a longo prazo, criando valor.  Quando pensamos em organizações que precisam de governança, existe a falsa ideia de ser só para grandes empresas e de capital aberto (essas são obrigadas por lei) enquanto as de capital fechado e startups não são obrigadas a ter. A governança ajuda no processo de direcionamento e a gestão a se preparar melhor para os desafios do dia a dia.  Qual é o verdadeiro valor e retorno trazido pela Governança Corporativa?  Em síntese, tem valores monetários e não monetários (que são consequência de uma boa aplicação). O primeiro valor que vemos é disciplina, há muitas empresas que trabalham de forma indisciplinada, sendo mais reativo. Com a disciplina nós temos uma empresa reativa e proativa, trazendo também o benefício de ficarem com a mentalidade de criação de valor (quanto vale a empresa, o que ele precisa para criar um caminho para aumentar esse valor, criando valor para os stakeholders). A governança não depende de hierarquia, ela é uma melhoria de estrutura organizacional.  Para ter governança precisa de um conselho de administração?  Desde já, adianto que não é necessário um conselho de administração, pode haver um conselho consultivo, mentor externo com um modelo de evolução até a chegada de um modelo mais maduro/robusto.  O conselho de administração consta no contrato social da empresa como um órgão decisório e deliberativo. O consultivo exerce um papel semelhante ao de administração, mas não consta como um órgão deliberativo, ele ajuda no processo de tomada de decisões, decisões essas que são assinadas e corroboradas por aqueles que têm direito de assinar pela companhia.  Em suma, é possível implantar governança corporativa em qualquer empresa, e existe todo um caminho a ser construído para encontrar um modelo que se adapta melhor no agora e sabendo sempre onde quer chegar.  Há pré condições para uma empresa começar?  Sim, algumas. Em primeiro lugar seus acionistas principais precisam querer, e mesmo assim ainda há alguns boicotes inconscientes, eles precisam querer e acreditar que terão bons resultados. Portanto, isso depende muito do nível de conhecimento e consciência de cada acionista. É necessário também uma preparação documental, na estrutura da empresa.  Quais são os passos principais para se implantar uma Governança Corporativa?  Sobretudo, ter o conhecimento e entender como a governança funciona, ter a vontade e estar disposto, ajudar na estruturação e fazer de forma profissional, com  profissionais que atuarão da melhor forma, sem se limitar com os custos.  Em sua experiência, o que dizem os Empresários, após 3 a 5 anos que implantaram os seus Conselhos?   “Por que eu não fiz isso antes?” Já que conseguem ver tantos benefícios com resultados fantásticos e reais.  Suas limitações não são só de competências, podem ser emocionais também, e quando a governança impacta nesses aspectos, as empresas veem que realmente vale a pena.     “A chave do sucesso nos negócios é perceber aonde o mundo se dirige e chegar ali primeiro.” Bill Gates  PROMESSAS Gravar mais um podcast com o Wanderlei Passarella sobre ESG  NOVIDADE Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers!  See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que querem compreender as mudanças do Novo manual de Acreditação da ONA. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.br Links citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver Excelência Acreditação ONA: implementação e vantagens Como a qualidade colabora na Acreditação ONA Faça download do ebook para se adequar às mudanças exigidas: Ebook - Atualização do Manual ONA 2022 Série de artigos, “Caminhos para a Acreditação ONA" Caminhos para Acreditação ONA – 1 de 6 O Envolvimento da Liderança – 2 de 6 A Coordenação do Projeto de Acreditação – 3 de 6 A construção e melhoria da cultura de qualidade – 4 de 6 Apresentação  Neste episódio, nossos qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla receberam o avaliador e Consultor ONA, gestor da Qualidade, fundador da empresa CertiQuali, prestador de serviços de Consultoria, Assessoria, Mentoria e Treinamentos em Gestão da Qualidade, Glauber Ceolin. Mensagem de ouvinteRodrigo: Santiago - Chile  “Escuto o programa pelo Spotify e acho muito interessante os temas, o jeito de agir, as dicas e especialmente a simpatia ao comentar as coisas que acontecem em qualquer empresa. É muito legal que os exemplos sejam feitos de forma normal, sem a complexidade da academia. Meus parabéns, muito sucesso.” Tema: Mudanças no manual ONA, e agora?O que é a ONA? Organização Nacional de Acreditação - OPSS (Organizações prestadoras de serviço de saúde), método para avaliar e certificar por meio de requisitos pré definidos, promovendo segurança e assistência no setor de saúde. A norma da qualidade para saúde. Quais tipos de organizações podem requisitar a Acreditação ONA? 18 tipos de negócioS que podem buscar a Acreditação: hospital, laboratório, banco de sangue, home care, serviços de odontologia; Manual de qualificação: nutrição e outros. Quais os passos/ etapas para obter e manter a Acreditação ONA? Cultura; Responsável pelo projeto; Responsável por acompanhar; Engajar a diretoria; Discorrer os requisitos; Escolher uma IAC (6 empresas no Brasil); Começar com uma autoavaliação. Quais são os 3 níveis da ONA? Nível I - garante toda infraestrutura: dimensionamento de profissionais, equipamentos, protocolos, processos, rotinas.  Acreditada: Selo cor bronze - segurança e qualidade. Nível II - garante o gerenciamento: resultados dos processos, indicadores, não conformidades, riscos, melhorias e em que nível isso é gerenciado no dia a dia. Nível III - efetividade e inovação: o que inovou no último período, como está o resultado com o mercado, trazendo muita maturidade. EXCELÊNCIA.  Quais as principais mudanças do Manual ONA OPSS 2022?  Manual é atualizado a cada 4 anos; Rigor para planos de contingência; Alterações: dimensões da qualidade; fundamentos de gestão: abordagem por processos, liderança; requisitos core: alguns requisitos estão diferentes, com destaque, são os de maior risco e criticidade, tem a pontuação diferentes, orientações do requisitos: tem uma interpretação, sugestões de evidência; novas subseções, subseções que mudaram de capítulo; 5 novos perfis que podem aderir a ONA, nova norma orientadora de 50 páginas que explica terminologias; norma avaliadora da ONA, explicando o critério de pontuação. Quais os impactos da nova versão para uma organização já acreditada, e quanto tempo ela possui para migrar de versão? O certificado vale 24 meses; Quem vence agora, neste semestre, pode escolher entre ser avaliado na antiga ou na nova (as auditorias serão mais educativas além de ter uma tolerância). Mas a partir do 2° semestre de 2022 não haverá mais essa possibilidade. Quais as dicas para uma organização acreditada preparar-se para uma migração de sucesso? Buscar um curso para se atualizar; Diagnóstico ou Auditoria interna focada no novo Manual;  Traçar projetos e planos de ação para adequação.   "Inteligência é a capacidade de se adaptar à mudança." – Stephen Hawking.   PROMESSA Artigo sobre os 18 tipos de negócios. NOVIDADE Envie seu áudio pra gente por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! See omnystudio.com/listener for privacy information.
Este podcast é para profissionais que Querem saber o poder da Melhoria Contínua! Mande suas dúvidas/comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.br Links citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver Excelência #003 – [PILOTO] – NÃO CONFORMIDADES: O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA COMEÇAR! #014 – COMO O PDCA AJUDA A PROMOVER MELHORIACONTÍNUA #022 – DIAGRAMA DE ISHIKAWA #073 – MÉTODOS DE ANÁLISE E SOLUÇÃO DEPROBLEMAS: COMPARATIVO DMAIC, MASP E 8D. #085 – COMO A METODOLOGIA LEAN SIX SIGMA APOIA AGESTÃO DA QUALIDADE, COM THIAGO COUTINHO Artigo - Como simplificar a Análise crítica feita pela Direção Artigos sobre Melhoria Contínua: O Processo de Melhoria Contínua Melhoria contínua na porrada Melhoria contínua na prática Apresentação Este é um episódio mais que especial onde nossos Qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla estão comemorando 100 episódios, e ainda, aproveitam a trajetória do Qualicast para falar sobre o poder da melhoria contínua. Tema: Melhoria Contínua e os 100 episódios do Qualicast O Qualicast foi idealizado com o objetivo de levar conteúdo relevante sobre qualidade, excelência e gestão para quem precisa de uma forma alegre. Ele é uma das evidências de que a gente busca viver a melhoria contínua na prática, isso é ponto crucial na Qualidade. Nós acreditamos na Qualidade com “Q” maiúsculo, para nós da Forlogic a qualidade não é “coisa de Norma”, um departamento ou apenas mais uma atribuição no trabalho. A qualidade é simplesmente fazer o melhor que se pode nas condições que se tem para gerar valor para o cliente. Qualidade não é uma feramente que usamos contextualmente, ela é um valor e uma virtude que deve ser vivida em tudo que se faz. O Qualicast é sem dúvidas um exemplo de Melhoria Contínua, vamos contar um pouco da história para você entender o que o contexto tem a ver com o título desse episódio. Primeiro episódio publicado dia 29 de dezembro de 2016 - O site foi feito na correria e o episódio foi feito às vésperas de Natal - Ficou muito ruim! Para ter uma dimensão de como foi ruim, segue um dos Feedbacks que recebemos: “E aí Jeison cast! Cara, quer ouvir minha opinião sobre o Qualicast? Primeira coisa, achei uma merda, mas o que vale é fazer, certo?...” Ricardo Jordão Então se você quer trabalhar com melhoria ou então criar algo do zero, esteja preparado para críticas positivas, mas também para as negativas. As críticas “negativas” servem de gatilho para melhoria, busque sempre feedback de clientes amigos e parceiros. Nós começamos de um jeito torto, melhoramos (e muito) mas ainda temos muito a melhorar. O Episódio #100 é comemoração! E para isso, nós trouxemos a participação de ouvintes, clientes e parceiros que acompanham o Podcast, contando como o Qualicast tem ajudado no dia a dia do negócio. São 5 anos de Qualicast + de 80 Horas de conteúdo postado; + de 7000 pessoas nos seguem no Spotify; +de 385K plays no podcast; + de 50 convidados já passaram por aqui; 5 mil ouvintes em média por episódio. Temos ouvintes em mais de 100 países: TOP 10: Brasil, EUA, Portugal, México, Angola, Colômbia, Moçambique, França, Peru e Argentina... “Melhorar a qualidade requer uma mudança de cultura, não apenas uma nova dieta.” (Philip Crosby) PROMESSA Gravar outro Qualicast sobre ferramentas que apoiam a Qualidade; Gravar um Qualicast voltado à Análise Crítica. NOVIDADE Nos envie um áudio de até 01 minuto por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! See omnystudio.com/listener for privacy information.
Este podcast é para profissionais que têm o desafio de colocar o Planejamento Estratégico no dia a dia do negócio. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver Excelência 087 -Como Construir um Planejamento de QualidadeApresentação Neste episódio, nossos Qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram em como por em prática o Planejamento estratégico. E para esse assunto, o convidado especial foi Keine Alves, líder, educador e pesquisador. Atualmente lidera a Horus Mentoria, uma empresa de inteligência nos negócios. Tem uma vasta experiência que foi construída por mais de 25 anos como empresário, negociador, empreendedor, educador e conselheiro empresarial. Além disso, acumula a condição de palestrante e autor de artigos de gestão de negócios, educação e filosofia.  Tema: Como por em prática o Planejamento Estratégico no dia a dia do NegócioQuais expectativas um Planejamento Estratégico deveria atender? Primeiro lugar, o Planejamento deve ter um objetivo claro e mensurável. Os objetivos devem ser pensados dentro do contexto que seja capaz de juntar sua equipe que seja capaz de desenvolver um olhar diferenciado do mercado, resumindo a expectativa deve atender esse contexto de objetivos que estão entorno. O planejamento deve estar conectado com o objetivo, então a expectativa que ele deve atender é a da premissa da formação do planejamento, “Seu planejamento foi construído para atender o que?”Quais são os principais desafios depois que o planejamento supostamente acaba? O planejamento estratégico é um processo que vai se auto ajustando, então deve haver um período de ajustes, para encontrar o que está em excesso ou o que está faltando. Fazer com que os envolvidos compreendam esses ajustes é um desafio. A liderança deve ter disciplina, e ainda, ter claro o objetivo e saber o que falar diariamente.O que seriam boas Práticas para desdobrar o planejamento? Definir os objetivos que atendam as expectativas das partes interessadas (alta gestão, equipe e o cliente); Trazer diariamente o Planejamento para as reuniões; Fazer um “rodízio’ de quem puxa as pautas nas reuniões; Sempre que possível trazer a participação do cliente; Trazer não somente os problemas para reuniões, mas também soluções e informações fundamentadas; Usar relatório de auditorias para apontar onde podemos melhorar; Profissional da qualidade tem o papel de conectar as atividades ao Planejamento estratégico; Empoderar Equipes.Como manter o planejamento no dia a dia O planejamento precisa se tornar processual, deixar de ser tratado como um evento. Colocar todas as ferramentas a favor do planejamento estratégico respondendo sempre à questão: “como essa ação contribui para o planejamento?” Exemplo dessas ferramentas são reuniões, pesquisas NPS entre outras.O que faz o time engajar e se comprometer com o planejamento estratégico? O engajamento, está diretamente ligado ao desafio individual, se o desafio do indivíduo está ligado ao processo da organização, e se o dia dele está direcionado a superar esse desafio vai surgir a sensação “é aqui que eu quero estar”. Lembrando que o líder deve sempre inspirar, pois isso levará o liderado ao comprometimento.   “O produto final do planejamento não é a informação: é sempre o trabalho”. (Peter Drucker)ARTIGOS DO NOSSO BLOG Erros comuns na preparação do planejamento estratégico Planejamento Estratégico para 2022 Analise SWOT: Gerando valor no Planejamento Estratégico 4 Critérios para um Planejamento Estratégico eficaz Não é planejamento estratégico, é divertimento estratégicoNOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #099 – Como por em prática o Planejamento Estratégico no dia a dia do Negócio, com Keine Alves apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que querem descobrir o segredo para um sistema de gestão de sucesso! Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver Excelência Depoimento do Ivo Neves – Parceria da Forlogic e SG4Apresentação Neste episódio, nossos Qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla trouxeram o segredo para um Sistema de Gestão de Sucesso. E para este assunto, o convidado especial foi Ivo Neves, Biólogo de formação e pós-graduado em gerenciamento de projetos pela FGV responsável por mais de 400 projetos de implantação de SG no Brasil e na América Latina, sócio e diretor da SG4 Soluções integradas.Tema: Qual o segredo para um Sistema de Gestão de SUCESSO?O que é um Sistema de Gestão? É só quando uma empresa tem uma certificação? Em poucas palavras o SG começa a existir quando uma empresa procura se organizar, estabelecer processos, ritos e rotinas para que o foco seja o cliente. E isso é feito com ferramentas como rastreabilidade, verificação de eficácia de processos e envolvimento da alta liderança. Resumindo, o SG é decidir fazer bem-feito e ter processos claros para que isso ocorra. A certificação é uma consequência natural de quem decide seguir essa jornada. É importante ressaltar que toda empresa tem um método, uma estrutura, e o papel do sistema de gestão é integrar esses processos gerando colaboração entre os setores.Por que devo levar o sistema de gestão para empresa? O sistema de Gestão dá uma clareza do que deve ser feito dentro da empresa. Ele ajuda a conquistar a melhoria contínua e alcançar a excelência. O sistema de gestão é uma ferramenta para construir bases de crescimento, o que gera uma perpetuidade para as empresas. Em curto e médio prazo podemos dizer que é uma maneira previsível de “pagar as promessas que a empresa faz para os clientes e para ela mesma” ou seja, é o caminho para alcançar a visão e os objetivos estratégicos da empresa.Por que existe um sistema de Gestão? O sistema existe para integrar as áreas, gerando conexão e colaboração de todos para um objetivo comum.Como fazer com que o sistema de Gestão seja uma questão estratégica na empresa? Infelizmente muitas empresas não conectam a essência da gestão a questões estratégicas da empresa.Qual o segredo da mudança, para incorporar a Gestão de forma verdadeira considerando o mindset das pessoas, que é quem coloca o sistema de gestão para funcionar? O termo Mindset refere-se a uma predisposição psicológica que uma pessoa tem para determinados pensamentos e padrões de comportamento, referindo-se ainda à maneira como elas conduzem as situações. Por exemplo, quando uma pessoa tem a qualidade verdadeira dentro de si, ela presta atenção nos detalhes olha a organização como um todo minuciosamente, e faz isso naturalmente. Esse é o mindset esperado da liderança pois o líder é uma referência, e quando ele não está conectado nesse conceito, ele não transforma.Qual o segredo para ter um SG de sucesso? Ponto é um Sistema Justo e bem estruturado- com processos e ferramentas adequados, feitos sob medida para a empresa. Nesse caso a tecnologia e consultorias ajudam nessa estruturação. Ponto é ter uma média liderança que saiba levar informação para a alta liderança. “Mais arriscado que mudar é continuar fazendo a mesma coisa”. (Peter Drucker)PROMESSAS Gravar mais Podcasts com o Ivo.ARTIGOS RELACIONADOS Com tantos controles, porque as pessoas continuam achando que o Sistema de Gestão não é útil? Liderança Justa e Muito exigente e o Sistema de Gestão Liderança e comprometimento: as principais funçoes da alta direção no sistema de gestão Indicadores de Gestão; recomendações da ISO 9004 que todos deveriam saber!NOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers!   O post #098 – Qual o segredo para um Sistema de Gestão de SUCESSO, com Ivo Neves. apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Este podcast é para profissionais que buscam boas práticas de auditoria interna. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver ExcelênciaApresentação Neste episódio nossos Qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram sobre boas práticas de Auditoria interna. E para este assunto, o convidado especial foi Rodolfo Paludeto, especialista em Sistemas de Gestão com mais de 12 anos de experiência, Auditor Líder e Consultor em Sistemas de Gestão Integrado.Tema: Como aplicar Boas Práticas de Auditoria InternaQual o papel da auditoria interna? Para que serve? Da mesma forma que a Auditoria externa, a Interna tem por finalidade possibilitar a Melhoria Contínua servindo, ainda, como instrumento de instrução do time. É onde temos mais leveza para poder qualificar os colaboradores.Qual o papel das auditorias de primeira parte? O papel da auditoria de primeira parte é gerar resultados, podemos dizer que quando ela não gera resultados ela está sendo um desperdício.Quais são os passos para realizar uma auditoria interna? Como na Norma 19011 que não é uma norma de requisitos é uma norma que dá diretrizes, a auditoria traz a reunião de abertura e as definições para definir seu programa:1 – Definir o programa de auditoria: Definir datas, o que será auditado? quem será auditado? Definição dos auditores que de fato possuem as competências adequadas; Definir quem serão os membros da auditoria, o auditor deve ter o conhecimento específico dentro do que será auditado. Definir qual objetivo da Auditoria; Alinhar critérios que serão utilizados como base; Definir quais áreas serão auditadas; Nomear o líder da auditoria.2 – Conduzir o Plano3 – Fazer as constatações de conformidades e não conformidades: Comtemplar as conformidades e não somente ressaltar as Não conformidades Gerar o Relatório de ações4 – Implementar e validar as ações corretivas  Quando a auditoria interna deve acontecer? Quando o objetivo é somente a busca da certificação, ela deve acontecer no mínimo uma vez ao ano, entretanto a Auditoria deve ser usada como uma ferramenta para busca da melhoria contínua, então ela deve ser usada quantas vezes forem necessárias. Por exemplo quando se muda um processo ou o formato do negócio. Quem deve ser envolvido na elaboração e execução das auditorias internas? (Pluralidade na construção) Toda a empresa deve estar alinhada com os objetivos da auditoria. Quais resultados as auditorias devem gerar? Para quem devemos apresentar? As auditorias têm que trazer informação para tomada de decisões assertivas e ainda gerar valor para todos. Ela deve ajudar a entender o contexto da organização, mostrar os riscos ao qual a empresa está exposta, trazer o entendimento dos pontos fortes da organização e evidenciar as oportunidades de melhorias. Todos devem ter conhecimento dos resultados da auditoria, entretanto é de suma importância que o relatório chegue na alta direção.  Como utilizar as auditorias como ferramenta de melhoria? O princípio da auditoria é encontrar a conformidade, ela pode ser usada como uma ferramenta de melhoria continua podendo ser usada na verificação da efetividade, na mudança de processo ou lançamento de um novo produto, pode ser usada para coleta de informações entre outras situações.Quais os principais erros que são cometidos durante o processo de auditoria? A auditoria é baseada em alguns princípios sendo composto por 7 itens: Integridade, Abordagem baseada em evidência, Independência, Abordagem baseada em risco, devido cuidado profissional, Apresentação justa, Confidencialidade. Qualquer ação que vá contra esses princípios pode ser considerada como erro.Dos erros comuns seguem 3 que podem e devem ser evitados: O auditor conduzir o auditado ao erro; Fazer perguntas muito fechadas, com respostas como sim e não; Não informar ao auditado, pontualmente, quando uma NC é constatada.Qual o resultado que uma auditoria deve entregar? Deve garantir que o objetivo da Auditoria tenha sido cumprido.   “O trabalho é um processo, e todo o processo tem de ser controlado.” (Peter F. Drucker)NOVIDADE Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #097 – Como aplicar Boas Práticas de Auditoria Interna, com Rodolfo Paludeto apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Este podcast fala de práticas de governança, à luz da norma ISO 37000 – Governança de Organizações Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver Excelência 090 – Conhecendo a ISO 37000:2021 – Governança de Organizações, com Rogério MeiraApresentação Neste episódio, nossos Qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram sobre diretrizes vitais que a norma ISO 37000 traz para garantir a perenidade das organizações. E para este assunto, o convidado especial foi Rogério Meira, Auditor, Consultor, Assessor, Estrategista, Palestrante, Treinador, Professor, Mentor, com 35 anos de carreira nacional e internacional possui profundo conhecimento em implantação e auditoria de normas de sistemas de gestão. Além disso, é um Pensador de Sistemas e Analista Disruptivo. Possui habilidade para facilitar equipes a fim de gerar insights inovadores e construir consenso.Tema: Principais práticas de Governança, à luz da norma ISO 37000Governança é para empresa grande? – A governança vale para qualquer empresa, independente do porte. – A ISO 37000 tem diretrizes que amadurem a gestão. – Empresas de pequeno é médio porte já perceberam o benefício da atuação da governança e, por isso, existem movimentos no Brasil de executivos atuando no conselho consultivo. – Esse profissional que atua no conselho consultivo com governança, ele provoca fazendo perguntas com olhar de médio e longo prazos para a organização. – Trazem critérios para tomadas de decisões diferentes das decisões tomadas para curto prazo.Por que uma empresa deveria investir energia no tema de Governança? – Porque normalmente a estrutura executiva está focada no dia a dia da organização e nos resultados de curto prazo. – Traz maior garantia quanto à perenidade da empresa ao longo do tempo, uma vez que a Governança atua olhando para o médio e longo prazo da empresa. – Como os papéis da Governança e da estrutura executiva são claramente diferentes (e não tem nada de errado nisso!), cunhou-se esse papel da governança de ser o guardião do propósito da empresa.Práticas para manter o propósito vivo dentro das organizações: – A base para isso é ter os valores e condutas bem definidos. – Assim como a instância da Governança tem o papel de definir o propósito da empresa, ela também tem outros papéis vitais, que darão direcionadores para a organização, tais como: os valores (estes darão o tom e o alinhamento); questões éticas, comportamento e conduta.Quem devemos envolver para fazer essas definições? – De maneira colegiada, a Governança tem o papel de implementar essas grandes definições para dar um norte para a organização. – A estrutura executiva tem o papel de materializar, tornar real o propósito, valores e condutas da organização. – É muito importante que haja interação com as partes interessadas. – O balanceamento entre o olhar da Governança e da estrutura executiva é muito saudável para a organização, e está muito ligada às definições da extensão do apetite ao risco.Como definir os valores e as condutas? – Você pode criar comitês específicos: fiscal e ética, compliance, riscos, segurança, tecnologia, inovação, pessoas, auditorias.A cultura organizacional depende de quais princípios? – Os valores fornecem a base para a cultura da organização. – Confiança nas pessoas para que os controles internos não se tornem burocráticos e sejam criados na medida certa para garantir que os riscos estão dentro do limite aceitável que foi definido pela Governança. – Envolvimento com as partes interessadas e considerar suas expectativas, mas buscando o equilíbrio com a perenidade do negócio. – Olhar voltado para riscos, definindo recursos, apetite de risco, critérios de risco e limites de risco. “Todas as organizações podem entregar resultados melhores”. (Jim Collins)NOVIDADE Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #096 – Principais práticas de Governança, à luz da norma ISO 37000, com Rogério Meira apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que buscam compreender a relação da qualidade com inspeções e fornecedores segundo Deming. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver Excelência Inspeção não garante a qualidade – 3º dos 14 Princípios de Deming Escolha um único fornecedor – 4º dos 14 Princípios de Deming Sua avaliação de fornecedores vai para o saco de lixoApresentação Neste episódio, nossos Qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram tudo que o ouvinte precisa saber sobre o 3º e 4º princípios de Deming: 3° Princípio: Não dependa da inspeção para garantir a qualidade. 4° Princípio: Pare com a prática de aprovar orçamentos com base no preço, avance no sentido de ter menos fornecedores, mas com relacionamentos verdadeiros, baseados em confiança e lealdade. Tema: Princípios de Deming: a relação da Qualidade com inspeções e fornecedores3º princípio: Não dependa da inspeção para garantir qualidadePor que a inspeção não garante a qualidade? – A inspeção não produz qualidade. – A inspeção atua na contenção da insatisfação do cliente. – A inspeção não traz o mesmo benefício que a qualidade: salvar o recurso financeiro da empresa – A inspeção apenas encontra a não qualidade e cria barreira para que o cliente não seja impactado. Para que serve a inspeção se ela não garante a qualidade? – A inspeção encontra os “gaps” do processo para então poder melhorá-los. – A inspeção serve que possamos entender o processo e a partir disso melhorar a qualidade do processo.Onde deve estar o foco para garantir a qualidade? – Para garantir a qualidade o foco deve estar em estabilizar o processo.Como atuar para garantir a qualidade? – Fazer certo da primeira vez garante mais qualidade do que a inspeção.  4º princípio: Abandone a prática de escolher fornecedores com base apenas no preçoPor que abandonar essa prática? Porque é importante que a relação com o fornecedor seja semelhante à relação com colaborador, ou seja, uma relação que nasce para ser duradoura e baseada na confiança; diferente de uma relação meramente transacional.Qual a real função do departamento de compras? – Entender o custo total do fornecedor e não a proposta mais barata. – Entender qual proposta vai gerar mais valor lá na ponta do processo.Por que ter um único fornecedor? – Para criar uma relação em que o fornecedor esteja disposto a se desenvolver, conhecer o negócio e contribuir com seu conhecimento especializado e atuar como uma parte muito importante do negócio. – Criar uma relação de longo prazo.Como estabelecer uma relação entre organização e fornecedor? – Entender que o fornecedor é parte do negócio. – Buscar fornecedor que esteja disposto a se desenvolver. – Considerar que o fornecedor pode atuar como se fosse um colaborador e utilizá-lo de forma estratégica. – Criar uma relação de valor e não uma relação transacional. – Criar uma relação de confiança. “Responsabilidade dividida significa que ninguém é responsável”. (William Edwards Deming)PROMESSAS Que neste ano, o Jeison e a Monise gravem mais qualicasts sozinhos.NOVIDADE Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #095 – Princípios de Deming: A Relação da Qualidade com Inspeções e Fornecedores, com Jeison Arenhart e Monise Carla apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que buscam promover a saúde e segurança ocupacional acerca da ISO 45001. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver ExcelênciaApresentação Neste episódio, nossos Qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram sobre a norma ISO 45001 e sua contribuição para as empresas. E para este assunto, o convidado especial foi Rodolfo Paludeto que já participou de outros episódio, além de ser especialista em Sistemas de Gestão com mais de 12 anos de experiência, auditor líder e consultor em Sistemas de Gestão Integrado.Tema: ISO 45001: Promovendo a saúde e a segurança ocupacional nas empresas.O que é a ISO 45001 e o seu principal objetivo? É a 1ª norma internacional que surgiu em 2018 de preservação da saúde e segurança ocupacional. O principal objetivo é promover a cultura de prevenção para que as pessoas trabalhem da melhor maneira.Quais são os benefícios de se implantar a ISO 45001? Financeiro: evita gastos Torna o negócio mais sustentável Promove a cultura de prevenção de perigos e riscos Promove a cultura de lição aprendida Desenvolve a maturidade para trabalhar com riscos Promove segurança para que os colaboradores mantenham o foco nas atividadesQual a importância da SSO nas empresas? Como isso gera valor para o negócio? Tem um aspecto social muito forte; Ajuda a apresentar uma evidência que a empresa está caminhando para o ESG; Transformação de culturaQue tipo de empresa pode se certificar na ISO 45001? Qualquer empresa pode se certificar na ISO 45001. É importante deixar claro que não tem como implementar a ISO 45001 se não for um valor praticado dentro da empresa. Claro que para alguns segmentos essa norma gera ainda mais valor, por exemplo: aeroportos, concessionárias de rodovias, indústrias.O que seria, na prática, eliminar os perigos e minimizar os riscos de SSO? Através da implementação de uma cultura, treinamentos, sensibilizações, validações, utilização de EPI, adequação de processos para eliminar as fontes de perigos como, por exemplo, uma operação de trabalho em altura.Qual é a estrutura da ISO 45001? A ISO 45001 está estruturada conforme o Anexo SL, facilitando a integração com as demais normas ISO 9001 e 14001.PROMESSA Gravar episódio sobre Valores e Condutas; Gravar episódio sobre o SUPER, Sistema de Gestão da Forlogic; Gravar episódio discutindo sobre os pontos chaves da ISO 45001.NOVIDADE Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #094 – ISO 45001: Por que promover a Saúde e Segurança Ocupacional na Empresa? apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que precisam planejar o próximo ano, mas antes devem avaliar o que aconteceu no ano que termina. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver ExcelênciaApresentação Neste episódio, nossos Qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla fizeram um episódio Especial de Fim de Ano falando sobre a importância da reflexão do ano que termina e o seu resultado para a construção do próximo ano, os principais acontecimentos da “firma” Forlogic e, ainda trouxeram um apanhado dos episódios mais ouvidos em 2021.Tema: Avaliando o resultado do ano para fazer o próximo ano melhor Como iniciamos o planejamento do ano seguinte? O olhar que temos para o ano que se encerra pode modificar a maneira que vamos lidar com a abertura do ano seguinte, por isso a recomendação é: – Não olhar para o ano que se encerrou como referência para não limitar onde podemos chegar. – Refletir sobre tudo o que aconteceu para saber como lidar com o futuro. – Com o aprendizado, já não começamos o ano do zero. – É importante ver tudo, inclusive o que deu errado, mas que o momento é de comemoração por tudo que deu certo no resultado. – E o aprendizado sobre o que deu errado também precisa ser comemorado.Principais conquistas da Forlogic: Batemos a meta; Projetos entregues: Qualitfy; Módulo Ocorrências; Módulo Planos; LGPDone; Módulo Fluxos; Qualicast: Chegamos a ser o 34º podcast mais ouvido do Brasil no Spotify; Ficamos 11 dias no Top Charts do Spotify; Aparecemos na capa daForbes.Episódios mais acessados do ano: Episódio 68: Processo de Gestão de Riscos, com Marcos Assi – publicado em 08/01/2021 A mentalidade de risco precisa estar viva a todo momento, entendendo que os eventos irão acontecer e como estaremos preparados para isso. Episódio 71: Mapeamento de processo, com Thiago Altoé – publicado em 19/02/2021 Leva ao entendimento de como o trabalho e o negócio funcionam e se estruturam para gerar valor para o cliente. O mapeamento de processo te dá a direção de onde está o gargalo da sua empresa. Episódio 74: Como engajar as pessoas na qualidade de maneira diferenciada, com Felipe Poubel – publicado em 02/04/2021 A maneira lúdica estimula a criatividade. A empresa é também um lugar de imaginação. Episódio 87: Como construir um Planejamento estratégico de qualidade, com Keine Alves – publicado em 01/10/2021 A Qualidade está conectada com o Planejamento estratégico: ambos existem para gerar valor para o cliente e ambos precisam ouvir o cliente.   “O ponto de partida de todas as corridas é o desejo.” (Napoleon Hill)NOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #093 – AVALIANDO O RESULTADO DO ANO PARA FAZER O PRÓXIMO ANO MELHOR apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Este podcast é para profissionais que buscam conhecer e entender os requisitos da  Norma ISO 10012 Sistemas de Gestão de Medição. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Metroex, Software de Calibração Grupo Forlogic Viver ExcelênciaApresentação Neste episódio, nossos Qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carlatrouxeram o entendimento da Norma ISO 10012:2004 Sistema de Gestão de Medição. E para este assunto, o convidado especial foi Neville Fusco,com mais de  20 anos de experiência na área de metrologia, instrumentação, controle e automação, qualidade, gestão de processos e estatística aplicada, e Gestor de Relacionamento com o Cliente da área de Metrologia na Forlogic, ajuda os laboratórios a tornar seu processo e sua gestão automatizada e mais produtiva.Fábio Assis Tema: Entendendo a Norma ISO 10012:2004 Sistemas de Gestão de Medição O QUE É A NORMA ISO 10012? SOBRE O QUE ELA FALA ESPECIFICAMENTE?  A Norma ISO 10012 especifica requisitos de gestão da qualidade de um Sistema de Gestão de Medição. A referida Norma pode ser usada por organizações que executam medições como parte de um sistema de gestão global, e para assegurar que os requisitos metrológicos sejam atendidos. Resumidamente podemos dizer que essa norma é um meio para conseguimos tornar a medição válida e confiável, para que possamos alimentar resultados, melhorias e controles de qualidade.POR QUE A ISO 10012 NÃO É TÃO DEBATIDA E CONHECIDA? Embora a norma 10012 traga requisitos de orientação de implantação do sistema de medição da forma correta, ela não é obrigatória. O especialista Neville traz a informação que a Norma é certificável, mas no Brasil não existe indústria com tal certificação. É perceptível, dentro das indústrias e entre as pessoas que executam o processo de medição, a falta de conhecimento da Norma, ainda falta a percepção de que medição é um processo e não uma tarefa. QUAL A DIFERENÇA ENTRE A ISO 10012 E A 17025 A 17025 é uma norma de competência técnica focada na qualidade do produto exclusiva para laboratórios de ensaios e calibração e está voltada para a qualidade do produto. Em contrapartida a Norma 10012 fala dos processos que a empresa utiliza para chegar aos resultados, funciona como uma ISO 9001 no que diz respeito a processos de medição, são normas complementares.COMO IMPLEMENTAR E GERENCIAR ESSE SISTEMA DE GESTÃO? A implementação e o gerenciamento da norma são semelhantes a abordagem de mapeamento de processos. Primeiro devemos identificar os processos de medição, e a partir daí fazer a gestão e o controle.DO QUE É COMPOSTO UM PROCESSO DE MEDIÇÃO? O processo de medição é composto por 5 elementos, são eles:  Ambiente –Está relacionado ao tipo de ambiente si e como ele pode influenciar no processo. Como por exemplo: o ambiente tem poeira, no que se refere a balança o ambiente é plano, tem vibração… Método – Como é medido, Quantidade de amostras e repetições O que estou medindo – mensurar o que estamos medindo  Instrumento de medição – é um dos elementos Operadornível de qualificação do operador interfere diretamente no resultado do processo – Todos esses elementos influenciam na qualidade do resultado e na confiabilidade do produto.QUAL A RELAÇÃO DA GESTÃO DE MEDIÇÃO COM A QUALIDADE? No que diz respeito a qualidade de produto ou serviço – está ligado às conformidades, se o produto está ou não em conformidade. Olhando para o negócio está relacionado na precisão dos indicadores do negócio. Ambas as visões interferem diretamente na lucratividade da empresa e na qualidade do que se entrega no consumidor final.  “Se você não o pode medir, então não é ciência.” (William Thomson Kelvin)NOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #092 – ENTENDENDO A NORMA ISO 10012:2004 – SISTEMAS DE GESTÃO DE MEDIÇÃO, com Neville Fusco apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que buscam usar as não conformidades para gerar valor nas organizações. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver ExcelênciaApresentação Neste episódio, nossos QualicastersJeison Arenhart e Monise Carla falaram sobre como as não conformidades devem ser vistas para entregar valor para as empresas. E para este assunto, o convidado especial foi Rodolfo Paludeto, Especialista em Sistemas de Gestão com mais de 12 anos de experiência, Auditor líder e Consultor em Sistemas de Gestão Integrado. Tema: Tratando Não conformidades e mantendo a qualidade viva dentro das organizações. O que realmente são as não conformidades? Elas remetem somente a coisas negativas dentro de uma empresa? – Não conformidade é aquilo que não atende a um requisito ou critério. – Para se constatar uma não conformidade, é preciso ter processo e as formas de conformidade definidas. – Não conformidade é oportunidade de evoluir e se aproximar da qualidade. – Não conformidade representa algo que não está funcionando como deveria, porém, a forma de olhar não pode ser negativa. – A não conformidade constatada internamente é muito importante para que seja resolvida antes que o problema seja visto pelo cliente. – A punição que ocorre devido a não conformidades contatadas distancia a empresa da qualidade, constrói uma cultura do medo e desestimula a geração de valor para a empresa.Como a cultura da organização pode afetar a gestão das não conformidades? – Para aproveitar o potencial de melhoria que tem em uma não conformidade, é preciso dar valor. – A cultura do medo vai distanciar da qualidade. – A cultura do aprendizado vai tornar a não conformidade em uma melhoria. – As pessoas são darão valor para o que a Alta Gestão se importa.Qual o papel das não conformidades no dia a dia da gestão? – Traz à luz da Alta Gestão tudo que está dando errado, portanto, mostra onde há oportunidade de melhoria.Como as não conformidades devem ser inseridas no dia a dia do gestor? – As não conformidades devem ser o motor do trabalho dos gestores. – O gestor é o responsável por tirar os obstáculos do caminho para o trabalho da operação acontecer.Quais são as principais falhas que acontecem no processo de tratativa de não conformidades? – O maior desafio é o início: registro da não conformidade constatada. A descrição não pode gerar dúvidas sobre o problema ao longo da tratativa da não conformidade. – Dica de um método para uma descrição que gera valor: fato, evidência e requisito.Passo a passo para tratar uma não conformidade: – Constatar que se trata de uma não conformidade; – Descrever a não conformidade considerando fato, evidência e requisito; – Ações de contenção; – Análise de causas com envolvimento da equipe; – Definir as ações corretivas; – Executar o plano de ação; – Verificar a eficácia das ações; – Retroalimentar os riscos do processo. “As falhas são o combustível do sucesso.” (Ishikawa) NOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #091 – TRATANDO NÃO CONFORMIDADES E MANTENDO A QUALIDADE VIVA NAS ORGANIZAÇÕES, com Rodolfo Paludeto apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que buscam compreender a ISO37000, a norma para a governança das organizações. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver ExcelênciaApresentação Neste episódio, nossos qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram sobre a figura dos círculos concêntricos que representam os princípios da norma de diretrizes para a governança dentro das organizações. E para este assunto, o convidado especial foi Rogério Meira, Auditor, Consultor, Assessor, Estrategista, Palestrante, Treinador, Professor, Mentor, com 35 anos de carreira nacional e internacional possui profundo conhecimento em implantação e auditoria de normas de sistemas de gestão. Além disso, é um Pensador de Sistemas e Analista Disruptivo. Possui habilidade para facilitar equipes a fim de gerar insights inovadores e construir consenso.Tema: Conhecendo a norma ISO 37000:2021 – Governança de OrganizaçõesO que é a norma ISO37000? Essa norma é de diretrizes para a governança. Estabelece uma diferença substancial entre gestão e governança, sendo que esta última está acima da gestão. Diferente da equipe executiva (compõe a Alta Direção) que se preocupa com os resultados que precisam entregar no mês, no semestre ou ano; o papel da governança é se preocupar com a perenidade, perpetuidade enxergando-a numa perspectiva de médio e longo prazo.Princípios da governança corporativa: Os princípios são representados por 3 círculos concêntricos. O círculo mais central traz o princípio primário, o círculo do meio representa os princípios fundamentais e o círculo externo representa os princípios viabilizadores. Princípio primário: Propósito: O propósito tem a ver com o foco “DO cliente”. É ele que guia a empresa sob uma perspectiva de médio e longo prazo. Diz respeito sobre qual valor a organização entregará ao outro. Princípios fundamentais: Geração de valor: é importante ter certeza sobre qual valor queremos entregar. É possível definir somente após a definição do propósito. Estratégia: definição das estratégias para gerar o valor que se propôs. Supervisão: é preciso que a instância da governança supervisione as operações. Responsabilização: é preciso entender quem são os responsáveis pelos resultados. Princípios viabilizadores: Engajamento dos stakeholders: é preciso entender qual a intensidade de relacionamento necessária com os stakeholders com impacto de médio e longo prazo. Liderança: qual o exemplo, qual o papel e o que se espera dos Líderes. Dados e decisões: é o processo de tomada de decisão com a certeza que os dados são consistentes. Governança dos riscos: trata-se da governança dos riscos para cumprir o propósito. Viabilidade e performance pelo tempo: enxergar o negócio viável a médio e longo prazo.Resultados e saídas da governança: Comportamento ético Performance eficaz: entregar o que se propôs a entregar. Administração responsável “Há três tipos de empresas: Empresas que tentam levar os seus clientes aonde eles não querem ir; empresas que ouvem os seus clientes e depois respondem às suas necessidades; e empresas que levam os seus clientes aonde eles ainda não sabem que querem ir.” (Gary Hamel)PROMESSA Gravar outro episódio sobre a ISO 37000 NOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #090 – Conhecendo a ISO 37000:2021 – Governança de Organizações, com Rogério Meira apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que buscam engajar o time na qualidade, na Semana mundial da Qualidade! Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver Excelência FestqualiApresentação Neste episódio, nossos qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla  fizeram um Qualicast muito diferente e pra lá de especial. Dessa vez, eles foram os protagonistas do Qualicast e falaram sobre a Semana Mundial da Qualidade. Além disso, contaram com a contribuição de diversos consultores e palestrantes do Festquali 2021 sobre dicas de dinâmicas que engajam os times com a qualidade aí da sua empresa.Tema: Semana Mundial da Qualidade, Sustentabilidade e Festquali 2021Sobre a Semana Mundial da Qualidade: Antes, considerado o Dia Mundial da Qualidade comemorado toda segunda quinta-feira do mês de novembro, agora comemora-se a Semana da Qualidade. Esta data é comemorada há mais de 100 anos. Neste dia, as organizações públicas, privadas e da economia social são incentivadas a engajar ainda mais os seus colaboradores na promoção da qualidade. É um momento de celebrar a qualidade vivida durante o ano na sua organização. Cada ano tem uma temática diferente. Nos anos anteriores, os temas foram: 2020 – Criando valor para o cliente; 2019 – 100 anos de qualidade; 2018 – Qualidade: uma questão de confiança; 2017 – Comemorando a Liderança Diária; 2016 – Fazendo a Governança Operacional Contar. O tema deste ano é Sustentabilidade: melhorando nossos processos, pessoas e o planeta. Para saber mais, acesse o site: World Quality Week – 8 to 12 November 2021 | CQI | IRCA Neste ano ocorrerá um evento muito especial, o Festquali Bahia 2021 nos dias 08, 09 e 10 de novembro, no formato híbrido (presencial e online).O que fazer na Semana da Qualidade? Consultores e palestrantes do Festquali Bahia 2021 deram dicas de atividades e dinâmicas para engajar o time na qualidade: Silvana Chaves: Promova uma reflexão com os times com a seguinte pergunta: como as pessoas e o Sistema de Gestão da Qualidade contribuem para a sustentabilidade do planeta? Ana Giovanoni: Faça a roda da Gratidão para gerar reconhecimento. Cada integrante da roda faz 3 agradecimentos por situações que ocorreram. Jeison Arenhart: Faça uma análise crítica de uma Super Conformidade, também como exercício de reconhecimento. Rafael Lerchi: Faça um mapeamento de competências dos times, analise as lacunas fazendo uma conexão das competências necessárias com os indicadores, com as metas, com o objetivo do processo e o propósito da organização. Neville Fusco: Provocação – faça uma análise crítica dos indicadores de desempenho, analise o histórico e o comportamento dos resultados nos últimos meses, últimos anos. Wilson Silia: Faça um quiz todos os dias com perguntas para despertar compromisso e consciência e depois faça um painel onde cada um escreve seu compromisso com o sistema de gestão da qualidade. Dicas de perguntas: Qual meu papel para atingir a qualidade do produto? Qual a importância de uma instrução de trabalho? Qual o efeito da minha atividade no produto final? Essa dinâmica integra a Liderança com a Qualidade. Roberta Volpato: Crie um game onde você apresentará os dados de Pesquisa de Satisfação de Clientes e/ou do SAC e utilize as reclamações e elogios dos clientes e relacione com cada área diretamente responsável pelo elogio ou reclamação. Após faça um debate sobre pontos de melhoria e aprendizado. Delter Lopes: Participe da palestra sobre Sistema de gestão e seus concorrentes.PROMESSA Gravar um episódio sobre Governança ISO 37000.  NOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #089 – Como conduzir a Semana Mundial da Qualidade na sua empresa apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que buscam entender os impactos da medição e da informação na qualidade. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver ExcelênciaApresentação Neste episódio, nossos qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram sobre medir e obter informações para tomada de decisões. E para este assunto, os convidados especiais são Neville Fusco, professor, palestrante e consultor com mais de 20 anos de experiência na área de metrologia, instrumentação, controle e automação, qualidade, gestão de processos e estatística aplicada, além de atuar na gestão de laboratórios de calibração; e Fabio Assis, formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas; ajuda os laboratórios a tornar seu processo e sua gestão automatizada e mais produtiva. escritor do Blog da Metrologia e Gestor de Relacionamento com o Cliente da área de Metrologia na Forlogic.Tema: Impactos da medição e da informação na qualidadeQual a importância da medição? A importância da medição é a importância da informação. Estamos na era da informação, portanto, estamos na era da medição. Medir é obter informação A partir das informações tomamos decisões. Informação consistente e confiávelÉ só na indústria que tratamos de medição? Não! Há 6.000 anos A.C. já existiam registros de medições, na época já existia balança. A sociedade em um mundo globalizado anseia por medição em tudo, tal como: pesquisa e inovação, sustentabilidade, meio ambiente, qualidade de produtos e processos, controle de processos, relações comerciais. A medição não só está envolvida em nossas vidas como também impactam em nossas vidas, a exemplo do GPS, termômetros (em tempos de covid), inclusive ao atravessar uma rua, acontece uma medição do tempo x velocidade.Como acontece o amadorismo na medição nas indústrias e como eles lidam com isso? Não utilizam a medição para obter informações para tomada de decisões. Resultados válidos vão além de um instrumento de medição. A medição e resultados válidos valem para qualquer processo. Não buscam entender o processo que executam; apenas seguem alimentando e preenchendo planilhas que são apresentadas. A ciência (metrologia) está sendo usada com “check” de tarefa.Por que a medição ajuda a maximizar resultados? Olhar para os processos de medição contribui para obter percepções que façam enxergar problemas mais concretos. Quando a medição melhora, o processo também melhora. O custo de produção aumenta à medida que a medição é negligenciada, porque aumenta o retrabalho. O custo de medição está conectado ao custo de produção.Norma é ferramenta, é muito importante, mas não é seu sistema de gestão As dúvidas sobre intervalo de calibração de determinado equipamento estão sendo buscadas na norma e não nos sistemas de gestão das empresas. A norma não complementa tudo o que é preciso fazer no seu sistema de gestão. Se não faz gestão da medição, então não faz gestão da qualidade.Somente calibrar os instrumentos, garante a qualidade? Não! Primeiro, é preciso entender se o equipamento serve para o que eu quero medir. Antes de calibrar, é preciso adequar o processo de medição com olhar mais profundo sobre o que eu vou medir, sobre o instrumento que eu vou usar. A calibração é uma evidência que tem que ser tratada dentro do sistema de gestão, não algo que irá resolver os seus problemas.PROMESSA Gravar episódio sobre ISO 10012. NOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #088 – Como a medição e a informação podem impactar na Qualidade, com Neville Fusco e Fábio Assis apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que buscam construir um planejamento estratégico de qualidade dentro das suas empresas. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver Excelência Apresentação Neste episódio, nossos qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram sobre construir um planejamento estratégico de qualidade dentro das suas empresas. E para este assunto, o convidado especial é Keine Alves, líder, educador e pesquisador. Atualmente lidera a Horus Mentoria, uma empresa de inteligência nos negócios. Tem uma vasta experiência que foi construída por mais de 25 anos como empresário, negociador, empreendedor, educador e conselheiro empresarial. Além disso, acumula a condição de palestrante e autor de artigos de gestão de negócios, educação e filosofia.Tema: Planejamento estratégico e a relação com a qualidadeO que é planejamento estratégico de verdade? Consciência do ponto que você quer atingir. Consciência das competências que faltam para atingir o ponto. Planejamento com observação de cenários, avaliação de tendências e informações de clientes e do mercado. Planejamento estratégico x planejamento de boas intenções.Qual a relação entre o planejamento estratégico e a qualidade? A qualidade traz assertividade para o planejamento estratégico para dar um resultado coerente e consistente. Ela quem sintoniza todo mundo na mesma direção. Portanto, a qualidade nos permite entender o cliente de maneira completa e as necessidades identificadas precisam estar conectadas com o planejamento estratégico para agregar valor. Então, a qualidade do planejamento estratégico precisa ser medida. Além disso, a qualidade dá autonomia ao processo.Principais erros das empresas a respeito do planejamento estratégico: Dissociar a qualidade da estratégia. Confundir o planejamento estratégico com um evento. O planejamento estratégico não é eventual, ele é processual. Ficar atrelado ao plano, mais importante do que o plano é a capacidade de planejar. Logo, o planejamento estratégico é a bússola do seu negócio. Ele é muito mais do que um monte de folhas guardado na gaveta.O desafio de colocar em prática o plano desenhado: Um dos pontos levantados, é a consciência do compromisso.Ou seja, a responsabilidade e compromisso em executar as ações exige disciplina. Além disso, a coerência e consistência também são desafios para manter esse processo vivo.O melhor método ou ferramenta para realizar o planejamento: A capacidade de planejar importa mais do que o método. Não terceirizar a responsabilidade para a ferramenta escolhida. Então, mais importante do que a ferramenta, é tratá-lo como um processo e avaliar o tempo inteiro. Trabalhar o espírito de progresso constante. “Planejamento de longo prazo não lida com decisões futuras, mas com o futuro das decisões presentes”.  – Peter DruckerNOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #087 – Como construir um planejamento estratégico de qualidade, com Keine Alves apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que buscam compreender como realizar a gestão de documentos de maneira correta e descomplicada. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver ExcelênciaApresentação Neste episódio, nossos qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram sobre Gestão de Documentos, principalmente para empresas que precisam atender cláusulas mandatórias. E para este assunto, a convidada especial é Daniele Passos diretora e consultora na DBPassos Consultoria e Treinamento, Auditora líder da ISO 9001:2015 e ISO 2200.  Tema: Gestão de DocumentosSobre as abordagens da Gestão de Documentos nas versões ISO 9001: Documento x Informação documentada. Prescritivo x Flexibilização. A relação da tecnologia com a informação documentada.Diferenças entre documentar e padronizar: A informação documentada é fundamental para exercer a padronização. Nos documentos estão as “regras do jogo” para um estado de conformidade. Padronizar vai além dos documentos: envolve qualificação, cultura, conscientização. Importância da documentação e padronização para o negócio: Foco no objetivo: deixar o colaborador apto a executar o processo.Informação documentada nas normas da área da saúde: Este é um item mandatório na maioria das normas da área da saúde, principalmente RDC. Licença sanitária. Boas práticas de fabricação para comercialização. Importância dos documentos externos para contenção de gastos desnecessários.Ciclo de vida do documento: Elaboração e layout padrão. Revisão e aprovação. Treinamento. Homologação. Distribuição. Retenção.NOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #086 – Como realizar a gestão de documentos efetiva, com Daniele Passos apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que buscam compreender qual a relação entre a gestão da qualidade e a metodologia Lean Six Sigma. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver Excelência VoittoApresentação Neste episódio, nossos qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram sobre a metodologia Lean Six Sigma dentro das organizações. E para este assunto, o convidado especial é Thiago Coutinho, Engenheiro de Produção, como empresário está há 13 anos à frente da Voitto, uma escola on-line de negócios, além disso é consultor.Tema: A relação entre a Gestão da Qualidade e a metodologia Lean Six SigmaO que é a metodologia Lean Six Sigma? Metodologia: é a forma de fazer alguma coisa. Lean Six Sigma: maneira de pensar para reduzir desperdícios, ser eficiente e mais eficaz. Há vários pressupostos que estruturam essa metodologia e que tem relação com a gestão da qualidade, entre os quais estão: Tomada de decisões baseada em fatos e dados, reduzindo os achismos. Tentativa e erro definitivamente não é a melhor forma de tomar decisão. Maneira de pensar de forma quantitativa e através de dados para entender o que gera valor para o cliente. Melhorar as variáveis dentro dos processos para fazer da melhor forma possível tudo que o cliente percebe como valor. É uma metodologia que assim como a gestão da qualidade se aplica nos mais diversos ramos de atividade. Livro citado: Paixão por vencer, do autor Jack WelchLean e Six Sigma são a mesma coisa? Lean e Six Sigma são metodologias complementares. Embora haja diversas vertentes da qualidade, todas elas trabalham para um objetivo comum: os anseios e interesses dos clientes. Na medida que estudavam projetos de Six Sigma começaram a perceber que existiam ações de ganho rápido e ferramentas que tornavam o processo além de mais eficiente, também eficaz. Foi aí que perceberam a sinergia do Lean, que vêm do Lean Manufactoring do Sistema Toyota com o Six Sigma. A sinergia entre o Lean e o Six Sigma trouxe o equilíbrio entre o apego à metodologia e a necessidade de pensar no que gera mais valor ao cliente. Foi assim que entenderam a necessidade de integrarem as duas metodologias Na prática, para quem está entrando para o mercado de trabalho, a dica é que se nutram de todas as metodologias de gestão porque elas são a consolidação de aprendizados que já deram certo. Filme citado: Tempos modernos, com Charles Chaplin.Quais são as etapas do Lean Six Sigma? As etapas de execução de um projeto de Lean Six Sigma são semelhantes ao PDCA, porém de uma maneira mais detalhada chamado DMAIC. DMAIC são siglas que, em português, significam: Definição, Medição, Análise, Melhoria e Controle. Um projeto para melhoria de um resultado deve seguir estas etapas para eliminar os “achismos” e mitigar os riscos. A etapa final de controle visa estabilizar o processo.Como ocorre a qualificação dentro dessa metodologia? Essa metodologia é um processo educacional que valoriza, reconhece e incentiva as pessoas que aprendem e aplicam. Na base, estão as formações de White Belt e Yellow Belt. Nesta fase ocorre o empoderamento da base através do aprendizado das ferramentas básicas de gestão da qualidade, também participa de sugestões de melhorias e na construção de uma espinha de peixe, por exemplo. Da base, surgem os talentos que farão a formação em Green Belt para liderar projetos. É uma formação mais robusta e recebe o título de especialista Green Belt. Na sequência tem as formações em Black Belt que faz análises mais audaciosas. Posterior têm o Master Black Belt que se torna o responsável pela metodologia Lean Six Sigma dentro da organização com altíssima visibilidade, pois gera resultados financeiros. É um processo educacional onde as pessoas seguem aprendendo, aplicando e subindo, sempre enxergando o próximo nível.Quais os primeiros passos para fomentar a metodologia dentro da organização? Estudar a metodologia, iniciando pelo White Belt. Incentivar as demais pessoas da equipe a estudar a metodologia também. Envolver a Alta Direção para definição de prioridades da equipe. Definir quem serão o Sponsor e Champion do projeto. São as figuras clássicas que carregam aprendizados para eliminar os obstáculos dos projetos. A dica é quebrar objeções às mudanças através de projetos pilotos. Fraciona um problema, aplica a metodologia e apresenta o resultado piloto.Quais os pontos de atenção ao desenvolver um projeto Lean Six Sigma? Etapa de definição do escopo: ter clareza quanto ao problema que será trabalhado. Trabalhar em um projeto que esteja diretamente relacionado à estratégia do negocio e que, direta ou indiretamente, gere resultados financeiros. Etapa de controle: estabelecer ferramentas de controle que garantam que a performance do processoserá a mesma com o passar dos tempos, mesmo quando a equipe deixar de “olhar” para o processo.NOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #085 – Como a metodologia Lean Six Sigma apoia a Gestão da Qualidade, com Thiago Coutinho apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Esse podcast é para profissionais que buscam elevar o nível de maturidade da gestão nas suas empresas. Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.brLinks citados no Podcast Qualiex, software para Gestão da Qualidade Grupo Forlogic Viver Excelência MIDApresentação Neste episódio, nossos qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla falaram um pouco mais sobre a maturidade da gestão das empresas. E para este assunto, a convidada especial é Marina Borges, é Head da MID e sócia da Falconi, além disso é especialista em sistemas de gestão.Tema: Maturidade na Gestão das Médias EmpresasQuais os principais desafios em Gestão de Médias Empresas? Por tempos, há uma constante reclamação de que a liderança fica sobrecarregada na operação, o que os impede de atuar na estratégia. A priorização da estratégia é um desafio atual. Um segundo desafio, é a qualificação e profissionalização do time da empresa traz para a empresa uma agilidade e eficiência na atuação. As empresas precisam ter mais perenidade do negócio, ter uma visão sistêmica.Como desenvolver a maturidade na Gestão das Médias Empresas? É colocado na perspectiva que a gestão dessas médias empresas deve se dar por 04 passos e, no desdobrar desses 04 passos é preciso envolver as pessoas.  Alinhamento de propósito, a alta liderança precisa estar alinhada estrategicamente pelo que anseia para determinada empresa. O planejamento é essencial para trazer à tona a necessidade de execução. Feito isso, com base nesse alinhamento estratégico, têm-se um desdobramento das metas. Posteriormente, é necessário ter um bom plano de ação.  E por último, deve-se definir uma governança, definir rituais de gestão para garantir a execução. Como a pandemia afetou as médias empresas? A Maturidade Financeira gerou um grande impacto nas médias e até grandes empresas que não possuíam um “caixa saudável”. Então, gestão de crise eficaz é importante justamente para que se tenha essa velocidade de reação, o quão rápido as empresas conseguiram olhar a parte de governança da crise. É extremamente importante essa rapidez de adaptação à situação para encarar essa pandemia. Portanto, as empresas que conseguiram tomar ações emergenciais e executar isso de forma rápida, tiveram ganhos e conseguiram sair na frente. –Albert Einstein“A maturidade começa a se manifestar quando sentimos que a nossa preocupação é maior pelos demais que por nós mesmos.” NOVIDADE! Envie um áudio de até 01 minuto pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers! O post #084 – Como elevar a maturidade da gestão em médias empresas, com Marina Borges apareceu primeiro em Qualicast. See omnystudio.com/listener for privacy information.
Comments (6)

Joao Uziel

como sempre, professor Maurício tem sido assertivo em suas colocações. Obrigado por suas contribuições. Gostaria de aprender mais sobre Qualidade e Educação, quais modelos são mais adequados ao mercado de educação básica.

Jul 11th
Reply

daniel gomes

excelente conteúdo eu como um aprendiz em gestão da qualidade estou aprendendo muito obrigado !

Feb 5th
Reply

Cristiano Nomura

Essa equipe é nota 10!

May 21st
Reply

Jussara Alves

Já utilizei, é super útil

Feb 10th
Reply

Alexsandra Araujo

O grupos de WhatsApp e telegram ainda estão ativos? Não consigo entrar pelo link.

Sep 16th
Reply

João Gabriel Costa

Maravilha!!! sigo o blog da qualidade desde o início do ano e agora estou começa a utilizar essa ferramenta incrível que é o podcast. Essa ferramenta tem me ajudado muito nos meus estudos sobre gestão e gestão da qualidade. Como estudante de contabilidade eu não tinha noção sobre esse mundo da qualidade e então surgiu a oportunidade de ser diretor da qualidade na empresa júnior da minha faculdade, desde então não paro de ler e estudar sobre.

Nov 7th
Reply
Download from Google Play
Download from App Store