Claim Ownership

Autor:

Inscrito: 0Reproduzido: 0
compartilhar

Descrição

 Episodes
Reverse
Em 2022, o Windows 8 fez aniversário de dez anos. Mas dificilmente você verá alguém comemorando. Uma das versões mais controversas do sistema operacional da Microsoft, ele é a prova de que boas ideias nem sempre levam a bons produtos. Mas o Windows 8 está longe de ser o único Windows com uma legião de detratores. No episódio de hoje, relembramos algumas das versões mais detestadas do Windows: 8, Vista e ME. Eram tão ruins assim ou nossa memória exagera? Quais eram seus aspectos mais problemáticos? E será que, no fim das contas, alguma dessas versões não foi apenas incompreendida? Para descobrir, dá o play e vem com a gente! ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaFelipe VenturaEmerson AlecrimCréditosProdução: Josué de OliveiraSonorização: Ariel LiborioEdição: Raquel IgneArte da capa: Vitor Pádua
Livros ao pé do ouvido

Livros ao pé do ouvido

2022-11-3057:011

O mercado de audiolivros já movimenta alguns bilhões de dólares pelo mundo. E quem está de olho no potencial desse formato é o Spotify. A empresa iniciou uma ofensiva para abocanhar uma fatia do segmento, entrando no território de players experientes como Audible e Storytel.A chegada do Spotify é o que falta para a popularização dos audiolivros? E como está a adoção do formato no cenário brasileiro? No episódio de hoje, conversamos com Antonio Hermida, gerente de áudio da Bookwire. Ele nos ajuda a entender algumas das nuances desse mercado, e se os livros em áudio terão o boom que os e-books não tiveram. Então dá o play e vem com a gente! ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaJosué de OliveiraAntonio Hermida CréditosProdução: Josué de OliveiraSonorização: Ariel LiborioEdição: Raquel IgneArte da capa: Vitor Pádua 
As duas faces do deepfake

As duas faces do deepfake

2022-11-2301:00:191

O deepfake é uma tecnologia que não costuma ser vista com bons olhos. E não é para menos. A possibilidade de manipular vídeos e inserir pessoas em situações em que não estiveram tem um potencial claramente perigoso. Mas também há uma série de usos positivos do deepfake, e até mesmo empresas que atuam no ramo.No episódio de hoje, recebemos o Fernando 3D, um dos fundadores da FaceFactory. Eles nos explica quais são as aplicações do deepfake (ou mídia sintética) no contexto corporativo e, sobretudo, no mundo do entretenimento. Quer entender se Bruce Willis conseguiria mesmo se manter "atuando" após a aposentadoria? Então dá o play e vem com a gente! ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaEmerson AlecrimFernando 3D CréditosProdução: Josué de OliveiraSonorização: Raquel IgneEdição: Ariel LiborioArte da capa: Vitor Pádua 
Elon Musk assumiu o Twitter e já chegou abalando as estruturas da empresa. Demissão em massa, uma carta aberta aos anunciantes e mudanças no sistema de verificação foram alguns dos destaques dos primeiros dias do bilionário à frente da rede. Figura polêmica que é, Musk é olhado com desconfiança por muitos. Como suas decisões vão melhorar/piorar o Twitter?No episódio de hoje, repassamos a novela da aquisição da plataforma e analisamos os principais desafios para torná-la um negócio lucrativo. Também tentamos entender o que faz do Twitter uma rede tão única, e até que ponto as opiniões de Musk sobre moderação de conteúdo e liberdade de expressão terão real impacto sobre ela. Então dá o play e vem com a gente! ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaFelipe Ventura Josué de Oliveira CréditosProdução: Josué de OliveiraSonorização: Ariel LiborioEdição: Raquel IgneArte da capa: Vitor Pádua 
O pacote Office deixará de existir. Quer dizer, mais ou menos. A marca, uma das mais importantes da história da Microsoft, deixará de ser usada, tornando-se apenas Microsoft 365. É a primeira vez em mais de três décadas que o Office passa por uma reformulação tão drástica. Quais serão os motivos por trás dela? No episódio de hoje, conversamos sobre a mais tradicional das suítes de produtividade. Como sua chegada mexeu com o mercado? Quais competidores deixou para trás e como se posiciona em relação ao concorrente Google Docs? E, acima de tudo... Por que a Microsoft é tão ruim na hora de nomear seus produtos? Dá o play e vem com a gente! ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaFelipe VenturaEmerson Alecrim CréditosProdução: Josué de OliveiraSonorização: Ariel Liborio Edição: Raquel Igne Arte da capa: Vitor Pádua
O Google pode estar ganhando um novo e inesperado concorrente. Trata-se do TikTok, que vem sendo usado como buscador por uma parcela do público jovem (por mais estranho que isso pareça).Como a plataforma de vídeos curtos ganhou ares de ferramenta de busca? E em quais contextos faz sentido substituir o Google pelo TikTok? No episódio de hoje, tentamos compreender a mentalidade jovem™ e refletir sobre os novos usos que esse público propõe às redes sociais. Então dá o play e vem com a gente!ParticipantesThiago MobilonPaulo Higa Vivi Werneck Josué de Oliveira CréditosProdução: Josué de OliveiraSonorização: Raquel IgneEdição: Ariel LiborioArte da capa: Vitor Pádua 
Carentes de inovação

Carentes de inovação

2022-10-1952:19

Produto novo é o que não falta. No entanto, quando foi a última vez que tivemos um lançamento que realmente mudou as coisas? Por aqui, a impressão é que estamos num momento em que sobram promessas, mas falta inovação. Mas e se o próximo grande salto tecnológico ainda estiver engatinhando?No episódio de hoje, batemos um papo sobre novos produtos que não entregam grandes avanços, e compartilhamos nossas impressões sobre tecnologias que tentam se popularizar, mas ainda não mostraram boas aplicações (cof-metaverso-cof). Então dá o play e vem com a gente! ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaJosué de Oliveira CréditosProdução: Josué de OliveiraSonorização: Raquel Igne Edição: Ariel Liborio Arte da capa: Vitor Pádua 
É o fim do Stadia. O Google anunciou que seu serviço de jogos na nuvem será encerrado em janeiro de 2023. Mas pouca gente ficou surpresa. Afinal, ao longo dos anos, a empresa ficou conhecida por puxar muitos de seus projetos da tomada. Quando algo novo do Google é anunciado, já há uma expectativa de que o produto talvez não dure muito tempo.Mas por que a empresa, uma das maiores e mais respeitadas do mundo, age dessa forma? No episódio de hoje, aproveitamos o gancho do fim do Stadia para discutir o "jeito Google" de lançar e gerir novos produtos. Também relembramos alguns dos projetos mais interessantes, queridos e estranhos cancelados pela gigante. Então dá o play e vem com a gente!ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaEmerson Alecrim Josué de Oliveira CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Raquel IgneArte da capa: Vitor Pádua
Vinte bilhões de dólares. Essa é quantia que a Adobe está disposta a desembolsar para comprar o Figma, startup que vinha se estabelecendo como uma pedra em seu sapato. A aquisição torna a empresa ainda mais dominante no setor de design. Enquanto isso, profissionais da área ficam apreensivos com o destino do Figma – e ainda mais presos às soluções da Adobe. Por que foi necessário investir tanto para abocanhar o Figma? E as reações negativas da comunidade de usuários se justificam? Para entender essas questões, conversamos hoje com o Felipe Santana. Ele é designer de produtos, criador de conteúdo sobre UI/UX Design e professor num curso todo dedicado ao Figma. Dá o play e vem com a gente! ParticipantesThiago MobilonPaulo Higa Felipe Santana CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Ariel LiborioArte da capa: Vitor Pádua 
Do Pentium ao Lentium

Do Pentium ao Lentium

2022-09-2801:01:43

É o fim de uma era: a Intel anunciou que vai aposentar a linha Pentium nos notebooks. A decisão foi uma surpresa, já que a marca é uma das mais fortes quando se trata de processadores. Lançada há quase três décadas, sua história se confunde com a própria popularização dos computadores pessoais. E desperta memórias de tempos em que mexer com PCs era coisa de aventureiro. No episódio de hoje, pegamos carona nesse adeus para relembrar o ápice do Pentium, a histórica rivalidade entre Intel e AMD e a gradual transformação do Pentium em Lentium. Se você quer passear pelos bons e velhos tempos, dá o play e vem com a gente!ParticipantesThiago Mobilon Paulo Higa Emerson AlecrimCréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Raquel IgneArte da capa: Vitor Pádua 
No ano passado, o avanço das fintechs nos levou a fazer a seguinte pergunta: o reinado dos bancões está ameaçado? De lá para cá, muita coisa mudou. A inflação e a crise econômica atacam startups no mundo todo. Nesse contexto, as fintechs se mostram particularmente vulneráveis. Enquanto isso, os bancões fazem valer sua experiência e solidez, e continuam dando lucro.No episódio de hoje, conversamos sobre o atual contexto das fintechs e bancos digitais. O jogo agora está foi igualado entre as startups financeiras e os bancos tradicionais? E de quais maneiras a concorrência das fintechs fez os bancões se modernizarem? Para entender essas e outras nuances do assunto, dá o play e vem com a gente! ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaFelipe VenturaLucas Braga CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Ariel LiborioArte da capa: Vitor Pádua 
 A Apple revelou novos modelos do iPhone, do Apple Watch e dos AirPods em seu tradicional evento de setembro. Um dos destaques foi a ausência do iPhone Mini. Também houve uma forte ênfase em funcionalidades voltadas para segurança, além da introdução do Dynamic Island. O recurso transforma o notch dos iPhones Pro em uma parte ativa da interface, criando uma dinâmica inesperada entre hardware e software.Para além desses pontos, outras questões chamaram a atenção. Por que os iPhones 14 e 14 Plus não vieram com um novo chip? E por que a Apple lançou um relógio tão potente, o Apple Watch Ultra? No episódio de hoje, batemos um papo sobre todos esses tópicos, então dá o play e vem com a gente!ParticipantesThiago MobilonPaulo Higa Lucas Braga Filipe Espósito (editor no 9to5Mac e coapresentador do A Fonte) CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Ariel LiborioArte da capa: Vitor Pádua
Gostou de uma série nova da Netflix – tipo Sandman – e quer que ela seja renovada? Então assista à temporada inteira. E rápido. Se pouca gente conclui a temporada nas quatro primeiras semanas após a estreia, as chances de renovação diminuem bastante. Em resumo: a Netflix quer que você maratone seus conteúdos originais.Mas e quando a série não foi feita para ser consumida tão rapidamente? E quando é uma produção que demora para encontrar seu público? No episódio de hoje, conversamos sobre a insistência da Netflix no modelo de binge-watching, que pode acabar tendo consequências negativas para a plataforma. Então dá o play e vem com a gente!## ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaAna MarquesJosué de Oliveira## CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Ariel LiborioArte da capa: Vitor Pádua
Os videogames costumam se sair bem mesmo quando a economia vai mal. A resiliência da indústria foi comprovada em 2008, quando houve crescimento em meio a uma crise econômica mundial. Porém, com uma nova recessão às portas, alguns analistas especulam se o mercado de games continuará mostrando a mesma força.No episódio de hoje, te ajudamos a entender por que a indústria de videogames ganhou a fama de "à prova de recessões", e quais são as perspectivas para o novo cenário. Os preços vão subir? Os serviços de assinatura vão segurar a onda? E os jogos mobile, vão continuar fazendo uma montanha de dinheiro? Para acompanhar essas e outras discussões, dá o play e vem com a gente!## ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaVivi WerneckRicardo Syozi## CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Raquel IgneArte da capa: Vitor Pádua
A arte é uma atividade intrinsecamente humana. Ou será que já não é mais assim? Afinal, já existem inteligências artificiais que criam ilustrações incríveis com base em simples comandos de texto. Dois dos principais exemplos são o Midjourney e o DALL-E 2. Qual será o impacto dessas ferramentas no futuro da arte? E, ainda mais importante: será que designers, arquitetos e artistas em geral devem se sentir ameaçados?Não são perguntas fáceis. Para tentar respondê-las, recebemos o Sergio Venancio, professor e pesquisador com um pé nas Artes e outro na Ciência da Computação. Ele nos ajuda a entender como o Midjourney e o DALL-E 2 funcionam, quais são suas limitações e potencialidades, e como artistas podem se apropriar ativamente dessas tecnologias. Então dá o play e vem com a gente!## ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaSergio Venancio## CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Raquel IgneArte da capa: Vitor Pádua (e Midjourney)
O projeto de lei 2630/2020 nasceu com um foco bem específico. Apelidado de PL das Fake News, o texto buscava reprimir a disseminação de conteúdo falso ou enganoso, a famosa desinformação. Porém, após idas e vindas na Câmara dos Deputados, o PL se transformou numa proposta muito mais ampla. O objetivo: regular as redes sociais, buscadores e aplicativos de mensagens.Quais são os pontos positivos e negativos da atual versão do projeto? E o que significa de fato regular algumas das principais plataformas utilizadas pelos brasileiros? Quem nos ajuda a esclarecer essas questões é o Victor Durigan, Coordenador de Relações Institucionais do Instituto Vero e integrante da Coalizão Direitos na Rede. Então dá o play e vem com a gente!## ParticipantesThiago MobilonJosué de OliveiraVictor Durigan## CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Raquel IgneArte da capa: Vitor Pádua
Há 27 anos, a Amazon iniciava suas operações como uma livraria online. Desde então, o foco da loja se expandiu para todos os segmentos possíveis, mas sua atuação no mercado do livro seguiu forte. Tanto para as editoras tradicionais quanto para os autores independentes, estar na Amazon é quase uma obrigatoriedade. Mas essa relação é boa para todos os envolvidos?No episódio de hoje, recebemos o editor Daniel Lameira. Ele nos ajuda a entender qual é o peso real da Amazon no mercado editorial hoje, e quão positiva sua presença é. De quebra, também conversamos sobre as condições, digamos, curiosas impostas pela loja. Você sabia que existe uma taxa de "entrega de e-books?" Dá o play e venha com a gente entender essa história.## ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaPaulinha AlvesDaniel Lameira## CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Raquel IgneArte da capa: Vitor Pádua
Tudo agora é vídeo?

Tudo agora é vídeo?

2022-08-0353:06

O Instagram está mudando para abraçar os conteúdos em vídeo. A decisão teria como base o próprio comportamento dos usuários, que se mostram mais interessado nesse formato do que em fotos. Essa tendência dialoga com o sucesso do TikTok, com seu feed infinito de vídeos curtos. E até mesmo os podcasts vêm se adaptando a esse novo contexto, cada vez mais pautado pelo audiovisual.No episódio de hoje, tentamos entender por que o vídeo dominou tudo. Essa é uma mudança orgânica ou o Instagram está forçando a barra? E um "podcast em vídeo" ainda pode ser chamado de podcast? Para viajar nestas questões, dá o play e vem com a gente!## ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaAna MarquesJosué de Oliveira## CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Ariel LiborioArte da capa: Vitor Pádua
A relação entre a imprensa e as plataformas digitais é marcada por tensões. Uma delas é sobre o uso do conteúdo jornalístico. É justo que o Google e outras grandes empresas se beneficiem do material produzido pelos veículos sem compensá-los financeiramente? Para alguns, a resposta é não, e cabe às plataformas remunerar o jornalismo.Mas como se daria essa remuneração? O que é o uso justo de uma notícia? E quem decide, afinal de contas, o que é jornalismo? Para entender melhor a proposta de remuneração do jornalismo pelas plataformas, conversamos hoje com Marina Pita, pesquisadora e conselheira na organização Intervozes. Dá o play e vem com a gente!## ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaMarina Pita## CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Raquel IgneArte da capa: Vitor Pádua
A cauda longa falhou?

A cauda longa falhou?

2022-07-2056:11

Tudo disponível o tempo todo, dos hits aos produtos de nicho. Esta é a cauda longa, um importante conceito de vendas introduzido nos anos 2000. O modelo parece ter triunfado, dada a amplitude de oferta que observamos nos mais diversos segmentos do mercado. Mas, olhando para o nosso contexto, será que as promessas da cauda longa se cumpriram?No episódio de hoje, conversamos sobre nossos hábitos de consumo e como eles parecem sabotar a lógica da cauda longa. Você também abre o Netflix e não sabe o que assistir diante de tantas opções disponíveis? Então dá o play e vem com a gente!## ParticipantesThiago MobilonPaulo HigaAna MarquesJosué de Oliveira## CréditosProdutor: Josué de OliveiraEdição e Sonorização: Ariel LiborioArte da capa: Vitor Pádua
Comentários (259)

jonMozzi

Espero que esse cara não destrua a única rede social que vale a pena.

Nov 13th
Responder

Fabio Campos

ouvindo os nomes e só me vem Zune , kkkk

Nov 4th
Responder

Everton Horning

meu primeiro pc, foi um pentium MMX e passava na TV uma propaganda de uns cientistas dançado com roupas de astronauta e o chip na mão kkkk

Sep 29th
Responder

The Best

Legal demais 🤯🤯🤯

Sep 29th
Responder (1)

The Best

Très bien 🤯🤯🤯

Sep 23rd
Responder (1)

Adriano Barbosa

Temas importantíssimos, ótimo Cast! #bolsonaroreeleito2022

Sep 23rd
Responder

The Best

Muito bom 🤯🤯🤯

Sep 21st
Responder (1)

Cleber Querino

creio que sim, mas vai demora

Sep 4th
Responder

Adriano Barbosa

Excelente Cast !!! 👏👏👽 #bolsonaroreeleito2022

Jul 29th
Responder

Rodrigo Barbosa

Sinceramente melhor deixar da forma em que está atualmente, as plataformas já fazem o suficiente pelos jornais, cada um vê como deve funcionar o financiamento sem apelar para o estado.

Jul 27th
Responder

Paulo Abdala

quando preconceito vcs estão perdidos pra ser idiota não precisa ser velho e nem velho é idiota

May 13th
Responder (1)

Wagner Luz

03:50

May 2nd
Responder (1)

Wagner Luz

03:53

Apr 21st
Responder

The Best

Legal demais 😍

Apr 4th
Responder

Adriano Barbosa

Véi, vcs precisam de um equilíbrio no áudio. Pra nivelar todos num volume parecido... Tá todo mundo num nível razoável, aí quando a Ana fala temos que baixar o volume, porque a voz dela é estridente, aguda demais. E olha que não é ouvido sensível não, é que a voz dela realmente destoa sobremaneira dos demais... fora isso, o assunto é 10 !!!

Mar 25th
Responder

jonMozzi

Importante discussão sobre a desinformação que vem crescendo na mídia podcast.

Feb 17th
Responder

jonMozzi

Me deparei com várias discussões sobre o tema recentemente. Apoio discussões no que tange ao controle do uso inadequado de tecnologias. Porém, uso o Telegram como nuvem pessoal. Só espero que eu não seja impedido de usar funções desse tipo quando ações forem tomadas a respeito.

Feb 1st
Responder

jonMozzi

Gostei do making off. Vocês precisam ficar espertos com essa Siri kkkk.

Jan 28th
Responder

Adriano Barbosa

O melhor de todos foi o Win 95, sem mais...

Nov 9th
Responder

cleres cupertino

O Windows Messenger derrubou o ICQ pq era só apertar o ENTER pra enviar a Mensagem! 😁

Nov 4th
Responder
Baixar da Google Play
Baixar da App Store