DiscoverFrequência Política#77 - A nova ofensiva pela CPMF e o julgamento decisivo para as privatizações no STF
#77 - A nova ofensiva pela CPMF e o julgamento decisivo para as privatizações no STF

#77 - A nova ofensiva pela CPMF e o julgamento decisivo para as privatizações no STF

Update: 2020-09-251
Share

Description

O governo federal voltou a intensificar as apostas na criação de um imposto sobre transações financeiras. O movimento ocorre dias antes da esperada votação de vetos presidenciais no Congresso Nacional - entre eles o que impediu a prorrogação em um ano da desoneração da folha de salários a 17 setores econômicos. E também na semana em que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está afastado dos trabalhos, em recuperação da Covid-19. O parlamentar é um dos maiores críticos à ideia do novo imposto.

O ministro Paulo Guedes tenta emplacar a proposta como solução para viabilizar uma desoneração mais ampla, que também poderia dialogar com o novo programa social que o governo tenta construir para suceder o auxílio emergencial.

Qual é o ambiente político para essa discussão? Quais são as chances de o tema avançar no parlamento, mesmo com as resistências de Maia e o calendário apertado?

É isso que nossos analistas respondem nesta edição do podcast, que também analisou as costuras no mundo político para a geração de espaço no orçamento suficiente para turbinar o Bolsa Família com outro nome.

No segundo bloco, a discussão migrou para o Poder Judiciário, com o Supremo Tribunal Federal às vésperas de um julgamento importante para o futuro da Petrobras e da política de privatizações do governo Bolsonaro.
Comments 
In Channel
loading
Download from Google Play
Download from App Store
00:00
00:00
x

0.5x

0.8x

1.0x

1.25x

1.5x

2.0x

3.0x

Sleep Timer

Off

End of Episode

5 Minutes

10 Minutes

15 Minutes

30 Minutes

45 Minutes

60 Minutes

120 Minutes

#77 - A nova ofensiva pela CPMF e o julgamento decisivo para as privatizações no STF

#77 - A nova ofensiva pela CPMF e o julgamento decisivo para as privatizações no STF

InfoMoney