DiscoverNITROCAST – Newton Nitro PodcastNITROCAST ESPECIAL LEGIÃO 01 – LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO RPG – Uma Breve Introdução – Cenário de RPG de Fantasia Sombria, Brutal e Adulta – Escrito por Newton Nitro e Antônio Sá Neto
NITROCAST ESPECIAL LEGIÃO 01 – LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO RPG – Uma Breve Introdução – Cenário de RPG de Fantasia Sombria, Brutal e Adulta – Escrito por Newton Nitro e Antônio Sá Neto

NITROCAST ESPECIAL LEGIÃO 01 – LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO RPG – Uma Breve Introdução – Cenário de RPG de Fantasia Sombria, Brutal e Adulta – Escrito por Newton Nitro e Antônio Sá Neto

Update: 2020-06-08
Share

Description

Nesse NitroDungeon, meu vlog de Dicas e Resenhas de RPG de Mesa, gravado especialmente para a RPGCOn 2020, trago para vocês uma breve introdução ao cenário LEGIÃO: A ERA DA DESOLAÇÃO, que escrevi em conjunto com o Antônio Sá, o famoso Mr. Pop!


Saiba mais sobre o cenário de Fantasia Sombria e Brutal LEGIÃO: A ERA DA DESOLAÇÃO, baixe aventuras e veja os updates do cenário no link abaixo:


https://newtonrocha.wordpress.com/legiao/


Esse é o primeiro vídeo de uma série sobre o Mundo de Kadur que irei postar aqui no canal e no NITRODUNGEONBLOG!


O Encontro Virtual de RPG, RPGCon de 2020, foi organizado por Edson Júnior e Leandro Lisboa, do site RPGBRASIL.


A RPGCON é um evento gratuito e on-line de RPG, com palestras, mesas de jogo, oficinas de criação, sorteios e muito mais, que acontece no dia 29 de Maio ao dia 31 de Maio de 2020.


A página oficial do evento é a http://www.rpgcon.rpgbrasil.com.br




AUDIO



Link para baixar o MP3 do Video “Uma Breve Introdução ao Legião: A Era da Desolação: tinyurl.com/y7jvwww7




VIDEO





ROTEIRO


Legião: A Era da Desolação, é o cenário de fantasia sombria, brutal e adutal oficial do Old Dragon RPG, mas que pode ser usado e adaptado para qualquer outro sistema de RPG.


Legião lança os jogadores em em um mundo de fantasia sombria e brutal, também chamada de Grimdark pelos gringos.


É um mundo que tenta se reerguer depois que uma guerra apocalíptica causada por Nastur, o Deus Louco, à frente de suas Legiões Sombrias de horrores, monstros, demônios e mortos-vivos inteligentes, deixou uma terra devastada como herança.


Kadur, que em urdaniano antigo significa “O Vale do Sacrifício”, é um mundo brutal, moldado por guerras incessantes, e povoado por povos endurecidos na luta diária pela sobrevivência. Suas vilas, cidades, reinos e impérios possuem peculiaridades culturais que refletem sua história sangrenta. 


Kadur, que em urdaniano antigo significa “O Vale do Sacrifício”, é um mundo brutal, moldado por guerras incessantes, e povoado por povos endurecidos na luta diária pela sobrevivência. Suas vilas, cidades, reinos e impérios possuem peculiaridades culturais que refletem sua história sangrenta. 


Desde seus primórdios, a vida em Kadur sofre com a eterna guerra entre seus dois maiores e mais cruéis deuses; Urzoth, o Senhor dos Abismos e a Deusa das Três Faces Aeliah-Valedaris-Hécatos, a Mãe dos Dragões. 


Tal rivalidade se reflete na eterna guerra entre as Crias de Urzoth e os Povos da Deusa.


As Crias de Urzoth são as raças oriundas dos atos de criação de Urzoth, o Senhor dos Abismos de seu filho, o Deus Louco Nastur, o Senhor dos Vermes; os orcs, bugbears, duergars, feras do pântano, o povo-rato dos muskins, kobolds, ogros, trogloditas, goblinóides de toda espécie e outros povos ainda mais monstruosos que vivem nos locais mais selvagens da superfície ou nas profundezas das Infinitas Cavernas.


Os Povos da Deusa são as raças criadas pelos falecidos Deuses-Filhos da Mãe dos Dragões, os humanos, elfos, anões, voldas, grizzis, centauros, howkaris, minotauros, atlantes, nomadis e as diversas outras raças humanóides ou surgidas da miscigenação entre os incontáveis povos de Kadur.


O estado de guerra permanente entre os povos de Kadur tornou a grande maioria de suas culturas extremamente militarista. 


A antiga tradição dos Povos da Deusa e das Crias de Urzoth de se organizarem em Legiões de guerreiros e guerreiras, tropas militares, sagradas ou mercenárias de dezenas a até centenas de milhares de guerreiros e guerreiras. 


Essa tradição evoluiu a longo das Seis Guerras e das Três Eras da história de Kadur, até se tornarem parte integrante principalmente da cultura guerreira dos povos do continente de Ryanon.


As Legiões são as peças da eterna guerra divina entre Urzoth, o Senhor dos Abismos, e a Deusa das Três Faces, Aeliah-Valedaris-Hécatos, a Mãe dos Dragões.  


A última tragédia dessa guerra divina aconteceu no começo da Era da Desolação, há quinze anos antes do presente Ano da Deusa de 1112 AD.


Foi a apocalíptica Grande Guerra, iniciada quando o Deus Louco Nastur, o Senhor dos Vermes, libertado de sua prisão milenar, reuniu suas Legiões Sombrias, enfrentando as forças do Grande Pacto, devastou todo o continente de Ryanon em um conflito sem precedentes que lançou as Crias de Urzoth contra os Povos da Deusa.


A Grande Guerra só teve fim depois do sacrifício de milhões de guerreiras e guerreiros de todos os povos, reinos e Impérios de Ryanon e graças  esforço suicida do lendário Bando do Dragão.


O Bando do Dragão foi um grupo de heróis suicidas selecionados entre os melhores dentre as forças do Grande Pacto, a aliança dos Povos da Deusa contra as Legiões Sombrias do Deus Louco. 


Esses mártires da Grande Guerra conseguiram entrar no até então inexpugnável Castelo do Não-Sol, a fortaleza voadora do Deus Louco Nastur, em uma hecatombe mágica incomensurável, destruiu o Senhor dos Vermes.


A Morte do Deus Louco deu início a uma a Era da Desolação, um período tanto de luta pela sobrevivência como de reconstrução e de ascensão de antigos e novos poderes dentro do mundo de Kadur.


Apesar da vitória dos Povos da Deusa na Grande Guerra, o conflito devastou os povos de Ryanon de maneira permanente, e deu início à chamada Era da Desolação, o período que vai de 1097 AD até o ano atual de 1112 AD. 


Um período de muitas transformações e sofrimento para os povos de Ryanon, mas ao mesmo tempo um período de grandes oportunidades para o surgimento de novos reinos, impérios e líderes. 


A Grande Guerra devastou o continente de Ryanon com regiões inteiras transformadas em infernos à céu aberto pelas terríveis Chagas Negras, áreas criadas após cataclismas mágicos causados pelos combates entre as Legiões do Grande Pacto e as Legiões Sombrias do Deus Louco.


Quinze anos após o fim da Grande Guerra, o continente de Ryanon é uma terra devastada.


A crescente expansão das Chagas Negras, regiões de pesadelo encobertas pelas brumas dos Abismos do Sem-Fim, o malévolo plano espiritual de Urzoth, e que são povoadas por Horrores, monstros assustadores e famintos por almas, forjados da essência dos milhares que morreram nessas regiões, não são o único problema da Era da Desolação.


Também graças aos cataclismas mágicos da Grande Guerra, tornou-se comum o aparecimento de Chagas Vermelhas temporárias, portais escarlates de pura magia demoníaca por onde demônios dos Seis Infernos do Limiar invadem Ryanon em busca de corpos para encarnarem e se transformarem em Possuídos.


Os demoníacos Possuídos, as vingativas Crias de Urzoth, além de monstros de todas as espécies, vagam por entre as cidades e vilas sobreviventes. 


A luta feroz pela sobrevivência e pelos cada vez mais escassos recursos naturais corrompe cada vez mais tanto a plebe quanto a burguesia e a nobreza. 


Doenças horrendas como a Febre de Chaga, a Mancha Rubra, o Pubo Negro, o Volutabro, as Pústulas Explosivas, e tantas outras, se espalham dos distritos favelas e vilas senzalas e atingem todas as camadas sociais dos reinos de Ryanon. 


A recente epidemia da praga necromântica dos Zumbis Vomitadores, que se espalhou por várias vilas do Reino de Andruiler, só fez piorar esse quadro desolador. 


O mundo de Kadur durante a Era da Desolação é o melhor dos tempos, pelas possibilidades ilimitadas de aventura e descoberta, e o pior dos tempos, pela imensa quantidades de conflitos atuais, a crescente falta de recursos naturais, e pelos incontáveis perigos que ameaçam seus povos.


Kadur é um mundo de riquezas inexploradas,  de horrores indescritíveis, de religiões e governos sanguinários, de guerreiros imortais dotados de poderes demoníacos, de impérios que controlam multidões por meio das drogas e da fé, de terras ainda por serem descobertas, de aventuras para serem vividas, enquanto seus povos, ainda se recuperando da Grande Guerra, continuam mergulhados em cinzas e sangue, sob a sombra opressora de um novo conflito global em um futuro próximo.


O continente de Ryanon, a principal região de aventuras do mundo de Kadur, é uma terra implacável, moldada por guerras incessantes, e povoada por povos endurecidos na luta diária pela sobrevivência. 


Suas vilas, cidades, reinos e impérios possuem peculiaridades culturais que refletem sua história sangrenta. 


E todos esses perigos agravam os conflitos entre os diversos reinos e impérios de Ryanon durante a Era da Desolação.


No presente Ano da Deusa de 1112 AD, o poderoso Império Hecatiano continua em sua campanha expansionista nas Terras Centrais do continente, ameaçando finalmente conquistar a Cidade-Estado de Tédralos, e tomar controle de suas lucrativas arenas de gladiadores, enquanto tanto os cinco clãs bárbaros da Tolgária, os anões da Cidade-Estado de Arkaid e as tribos de Centauros Safarianos estão sofrendo ataques cada vez mais intensos das legiões sombrias da abominável Cidade Goblinóide de Sograk.


A recente busca por novos territórios empreendida pelo Império Hecatiano já provoca guerras locais contra seus principais rivais, nas Terras do Leste, como o tradicional Reino de Andrulier ao sul e o mercantilista reino de Entremares. 


Ao norte, a eterna rivalidade entre os Ulbarianos e os Norklunds e a diferença religiosa entre a Igreja Valedora e os Druidas Prateados do Paganismo Nórdico está prestes a detonar uma guerra por territórios e fiéis. 


Nas temidas terras do leste, o poderoso e avançado Império Iboniano se vê ameaçado pela expansão dos sanguinários e racistas elfos tarkarianos da Supremacia Tarkariana, que também ameaçam a liberdade dos elfos da floresta Feranastianos e dos elfos cinzentos Elmarianos. 


Já nas sinistras Terras Mortas do norte da Grande Floresta Élfica, a Necrotirania Seniana reorganiza suas tropas de monstros mortos-vivos da Legião Carniçal para iniciar uma campanha de vingança contra todos os Povos da Deusa por causa da derrota sofrida na Grande Guerra.


Sendo Ryanon uma terra moldada por guerras incessantes, e cujos povos sempre buscam soluções radicais para sobreviver em um mundo pego no conflito entre dois deuses sanguinários, a militarização de sua cultura faz parte intrínseca de todos os seus povos.


Seja pela criação de Marcados, indivíduos que por meio de Marcas Místicas possuem Arquidemônios presos em suas almas, ganhando poderes sobre-humanos e imortalidade.


Seja pelo desenvolvimento da Narcomancia, a escola de magia das drogas mágicas, que fornece drogas de combate para os Narcoguerreiros realizarem feitos extraordinários.]


Seja pela Carnomancia, a escola de magia da modificação de corpos, e dos Modificados, indivíduos que recebem enxertos de monstros e demônios para conseguirem poderes sobrenaturais.


Seja pela perseguição da Inquisição das Três Igrejas contra feiticeiros e os raríssimos magos que não aceitam servirem a um governante ou alguma legião oficial.


Seja pela política de escravidão e extermínio de todas as Crias de Urzoth, incluindo miscigenados com alguma raça dos Povos da Deusa, o mundo de Legião se pauta pela sobrevivência do mais forte, do mais esperto e do mais cruel.


Seus povos dependem do fanatismo religioso, de instituições autoritárias e principalmente do poderio bélico das onipresentes Legiões, sejam elas Mercenárias, Sagradas ,  Militares ou Sombrias.


Legião é um cenário de fantasia inspirado em diversas culturas antigas, não apenas na cultura medieval européia. 


Como, por exemplo, o Império Iboniano, a nação mais avançada tecnologicamente do continente de Ryanon e que foi baseada nos antigos reinos e impérios da África. 


Legião também tem referências de culturas asiáticas, árabes, nórdicas e até mesmo latino-americanas e nativo-brasileiras.


Legião trabalha temas de sobrevivência e do conflito entre opressores e oprimidos, além da ineroxabilidade da corrupção dos poderosos. 


É também um cenário que faz uma crítica ao mercantilismo desenfreado, representado principalmente pelo mercenário Império Hecatiano, que deve toda sua riqueza criada por sua indústria de drogas de combate e de prazer, usada pelos seus poderosos Narcoguerreiros.


RAÇAS EXÓTICAS


Além das raças exóticas clássicas como Anões, Elfos, Haflings, Gnomos, Centauros, etc Legião é lar de diversas raças exóticas, disponíveis para os jogadores: 


Voldas (Meio Gigantes)


Grizzis (Povo Pequeno)


Tenebrum (Povo Morto-Vivo)


Senianos (Povo Necromante)


Nomadis (Povo Felino)


Muskins (Povo Rato)


Authoktons (Construtos Vivos)


Cactaris (Povo Cactus)


Maedas (Povo Árvore)


Orcs, Goblins, Gnolls, Trogloditas e outras Crias de Urzoth, também jogáveis.


Legião também possui uma grande quantidade de opções de raças para os jogadores além das raças tradicionais de fantasia, como voldas (meio-gigantes), grizzis (uma raça miúda obcecada com coleções),senianos (um povo necromante), nomadis (o povo felino), muskins (o povo rato), autokthons (construtos feitos de aço autoconscientes), cactaris (o povo cactus), maedas (o povo árvore), entre muitas outras, contando com todas as raças descritas no livro Básico do Old Dragon e no Guia de Raças, um sumplemento oficial do Old Dragon RPG


Os jogadores também podem criar personagens dentre as Crias de Urzoth, como orcs, goblins, gnolls, homens lagartos, entre outros, compondo grupos de aventureiros, caçadores de recompensa, legionários mercenários, caçadores de Marcas ou de Artefatos Insectaris, resquício da Ciência-Magia de uma antiga, extinta e avançada civilização de insetos humanóides.


Legião possui alguns conceitos chaves, como os Marcados.


Os Marcados são alguns dos vilões, heróis e anti-heróis épicos mais poderosos de Kadur. 


Todos os Marcados são seres imortais que possuem arquidemônios presos em suas almas por meio de Marcas Místicas. 


Com tais arquidemônios presos em suas almas, os Marcados ganham poderes quase divinos, chegando muitas vezes a se declararem Deuses Vivos e liderar milhares de seguidores em cultos suicidas e sanguinários. 


Outros Marcados se tornam heróis ou vilões lendários, comandantes das onipresentes Legiões ou até mesmo reis e rainhas de reinos inteiros.


As Marcas Místicas podem ser arrancadas de um Marcado após a sua morte e usadas por qualquer um que seja louco o suficiente ou ganancioso o suficiente para prender um arquidemônio na própria alma em troca de um poder quase divino.


A Magia no mundo de Legião sempre cobra um custo alto de seu conjurador. Seja a necessidade de se fazer pacto com entidades malignas ou divinas, seja a dependência física que causa em seus usuários, como é o caso das Seivas Sagradas, o sangue cristalizado dos Dragões Protetores adorados como deuses pelos clérigos das Três Igrejas. 


Tais clérigos precisam consumir a Seiva Sagrada para realizar seus feitos mágicos, uma prática que leva à dependência física e psicológica.


Diferente da magia clerical ligada aos Dragões Protetores, os filhos da Deusa da Três Faces, existe também a magia primordial dos xamãs, ligada ao paganismo primordial e seus deuses selvagens, a magia demoníaca dos feiticeiros, ligada aos demônios dos Seis Infernos e a magia abissal dos necromantes, oriunda dos Abismos do Sem-Fim, de Urzoth e de outros Deuses Antigos.


Magos são raros, mal-vistos e perseguidos nos territórios controlados pelas Inquisições das Três Igrejas, enquanto Feiticeiros, que possuem poderes mágicos selvagens por terem sangue de demônio correndo em suas veias, são mais tolerados, desde que se registrem para as autoridades locais.


Ryanon também se destaca pelos Narcoguerreiros, 


Os Narcoguerreiros são combatentes especialistas no uso das Drogas de Combate, um dos principais produtos do Império Hecatiano. 


Tais drogas lhes dão vantagens sobrenaturais contra seus inimigos, porém cobram um preço muito alto de seus usuários, com efeitos colaterais terríveis caso eles parem de usar essas substâncias.


Kadur possui várias escolas de magia, das quais a Carnomancia é uma das mais estranhas e influentes. 


Feiticeiros Carnomânticos são capazes de manipular a carne de qualquer ser vivo, mesclando-a com a de outro. 


Os Carnomantes são os criadores dos Modificados, guerreiros e guerreiras que, por meio de carnomancia, tem partes de monstros, demônios ou Horrores enxertadas em seus corpos, membros que lhes dão vantagens em sua vida de mercenário.


As Três Igrejas dominam a vida religiosa dos principais Impérios e Reinos do continente de Ryanon , espalhando o temor à Deusa das Três Faces por todas as partes, e mantendo firme em sua missão de exterminar hereges.


Cada uma das Três Igrejas, que são inimigas entre si, segue uma das três Faces da Deusa.


A puritana e rígida Igreja do Patriarcado segue Aeliah, a Imaculada, a face purificadora da Deusa, enquanto a tolerante e mais compassiva Igreja Valedora venera Valedaris, a Grande Mãe e a face cuidadora da Deusa. 


Por fim, temos a sanguinária e hedonista Igreja Hecatiana, que segue Hécatos, a face vingadora da Deusa. 


A presença dessas três igrejas e principalmente de suas inquisições, que persegue implacavelmente feiticeiros ilegais, hereges e Crias de Urzoth para alimentar suas fogueiras públicas, contribui para compor a atmosfera opressora e violenta dos piores momentos da época medieval.


Mas o elemento mais importante e marcante de Legião são as LEGIÕES MERCENÁRIAS, MILITARES, SAGRADAS E SOMBRIAS!


Uma militarização excessiva que se faz necessária pela existência das temidas Legiões Sombrias organizadas pelas Crias de Urzoth por povos que adoram Urzoth, o Senhor dos Abismos e seu filho, o Deus Louco Nastur, como a assustadora Legião Carniçal da Necrotirania Seniana das Terras Mortas.


Dessa forma, a  grande maioria dos povos de Ryanon, quando em guerra, se organiza em Legiões. 


Essa tradição militar, evoluiu ao longo das Eras, até se tornar parte integrante do mundo de Kadur.


As Legiões se tornaram a unidade padrão militar de Ryanon após a Era das Trevas quando os homens chegaram ao novo continente sem cavalos ou outros animais de montaria. 


Sem o uso destas unidades militares, o combate tático, treinado e feito por guerreiros à pé acabou sendo aperfeiçoado até atingir o nível de força atual.


Um ditado popular do Reino de Andrulier diz que “apenas os oceanos de Kadur não têm as marcas


das marchas das Legiões de Ryanon”.


Existem diversos tipos de legiões em Kadur, desde as improvisadas de povoações e vilarejos a tropas organizadas de cidades-estados, reinos e impérios, até as famosas e lendárias legiões mercenárias, com comandantes de poderes sobre-humanos e tradições que remontam há séculos ou há milênios.


A luta brutal pela sobrevivência fez com que homens e mulheres de toda qualquer etnia e raças dos Povos da Deusa ou das Crias de Urzoth façam parte das tropas das incontáveis Legiões de Kadur.


As Legiões em Ryanon são costumeiramente divididas entre Legiões Mercenárias, Sagradas, Militares e Sombrias.


As Legiões Mercenárias, as mais numerosas de Ryanon, vendem seus serviços para qualquer um que possa pagar pelo seu preço.


Uma das mais famosas e infames Legiões Mercenárias de Kadur é lendária Legião Caveira, com seus legionários mercenários de todas as etnias, raças e gêneros, adoradores de Darga, a Deusa-Filha da Morte. 


A Legião Caveira é comandada pelo General Neru, também conhecido como o Lorde das Feras, um poderoso príncipe iboniano Marcado e que carrega a Marca do Leão.


As Legiões Sagradas das Três Igrejas são formadas por legionários devotos, que podem ser clérigos ou plebeus treinados nas artes da guerra.


Uma das mais temidas Legiões Sagradas é a Legião Vindita, composta de Legionárias Reverendas da Igreja Vindita, que segue Hécatos, a Face Vingadora da Deusa das Três Faces.


As Legiões Militares são as Legiões que servem aos chefes guerreiros, lordes feudais, e portadores de títulos de nobreza, sendo a força de defesa de seus territórios.


A Legião Vermelha do Reino de Andrulier é uma das mais conhecidas Legiões Militares e ficou famosa pela vitória impossível que conseguiu contra a Legião Carniçal da Necrotirania Seniana, no final da Grande Guerra.


E as Legiões Sombrias são as Legiões Militares e Sagradas que lutam pelas causas de Nastur e de


Urzoth. Em sua maioria são compostas de Crias de Urzoth ou povos aliados ao Deus dos Abismos.


Durante a Grande Guerra, Nastur aterrorizou todo o continente de Ryanon com as três colunas da Legião Abissal, legiões comandadas por Generais-Demônios e compostas de Possuídos, Demônios dos Seis Infernos encarnados em mortais contaminados pelos Esportos Infernais soltos pelos gigantescos Leviatãs, os Devoradores de Dragões, colossais coisas-vermes aladas, pesadelos de tentaculos, presas e garras, Horrores oriundos dos Abismos do Sem-Fim.


E é nesse mundo brutal que os personagens dos jogadores irão escrever suas próprias lendas, e quem sabe, fundar suas próprias LEGIÕES!


Mas como é jogar dentro do cenário Legião?


A proposta de Legião é ser um jogo de RPG de fantasia brutal e sombria, ou “grim fantasy”. 


É um cenário violento, de moralidade cinzenta e temática adulta. 


Um jogo sobre sobrevivência em um mundo de fantasia mais brutal do que de costume. 


Legião desmonta e remonta os tradicionais arquétipos dos jogos de fantasia em configurações mais cruéis .


Como os Elfos Tarkarianos, por exemplo, uma nação de elfos supremacistas que pregam o extermínio e escravidão dos povos que consideram inferiores.


Ou como o Império Hecatiano, um Império poderoso erguido por uma organização criminosa e sustentado pelo comércio de drogas, com as quais manipulam e controlam milhões de cidadãos.


É um jogo onde os jogadores terão que prosperar e sobreviver em um mundo agonizante, mercenário, mercantilista ao extremo, infestado de monstros e impregnado com uma cultura militarista e baseada na crença fanática.


Os jogadores criam personagens que refletem esse mundo brutal, podendo ser caçadores de recompensas trabalhando em missões dadas por clientes tão criminosos quanto seus alvos. 


Ou podem também trabalhar como legionários mercenários, servindo a alguma legião.


Podem até mesmo atuar como caçadores de artefatos mágicos, explorando os infinitos mistérios, tesouros e horrores escondidos pelas terras de Kadur, como as ruínas dos Insectaris, uma antiga e avançada civilização de insetos humanóides, mestres da Ciência e da Magia, mas que foram exterminados em uma guerra milenar contra o Senhor dos Abismos e da Deusa das Três Faces, assim que eles chegaram no mundo de Kadur.


Podem ainda se tornarem revolucionários, se associando à uma das muitas organizações secretas que lutam contra opressão brutal comum aos reinos de Kadur, na tentativa de criar um futuro melhor para a Era da Desolação.


Ou ainda podem trabalhar como caçadores de Possuídos, demônios encarnados, para usar seus corpos na criação de ítens mágicos, ou Caçadores de Horrores, as abominações que se manifestam dos mundos dos mortos nas regiões infernais e cobertas de brumas conhecidas como Chagas Negras, uma herança maldita da Grande Guerra deu início à Era da Desolação.


Podem até mesmo arriscarem serem Caçadores de Marcas, buscando encontrar e derrotar um Marcado, imortais que usam o imenso poder de suas Marcas Místicas, que prendem arquidemônios dentro de si. E quem sabe, um deles pode até se tornar um poderoso Marcado, e caminhar por Kadur como um Deus Vivo de poderes demoníacos devastadores!


E muito mais!


Como vimos, Legião é um cenário militarizado, imerso em constantes conflitos e guerras, onde as Legiões tem um papel importante. 


Cada Legião Mercenária, Sagrada, Militar ou Sombria do cenário possui sua história, tradição, personalidade própria e regras especiais para os personagens dos jogadores alistados. 


Os jogos políticos das Legiões com seus contratantes, o risco de virar de lado dentro de um combate, e as intrigas que surgem naturalmente entre grupos de mercenários, dá novas possibilidades de aventuras e de narrativa de guerra dentro do gênero da fantasia medieval.


Ryanon está sempre sob ameaça constante de uma nova Grande Guerra, e é um cenário onde não existe nenhuma força do “bem” para salvar seus povos. 


Tanto os dois principais deuses do cenário, a Deusa das Três Faces e o Senhor dos Abismos, como as centenas de deuses menores, os Deuses Primordiais de diversos cultos pagãos, agem por motivos egoístas e próprios, usando seus seguidores para o seu bel prazer, e exigindo-lhes sacrifícios constantes.


Legião é um cenário que serve muito bem para aventuras de horror dentro da fantasia medieval, assim como aventuras de sobrevivência ou com temas mais sombrios e adultos.


Se você quiser conhecer como é jogar em Legião, na prática, além de várias campanhas e aventuras que já estão disponíveis em diversos canais aqui no Yotube, recomendo assistir as minhas NitroSessions, que são minhas sessões online de RPG.


Aqui no meu canal Newton Nitro você encontra várias campanhas de Legião:


A primeira campanha teste de Legião, JORNADA PARA RYANON, que conta com mais de 23 sessões de quatro horas cada, jogada no sistema Old Dragon.


A campanha A LEGIÃO VORAZ, que conta com 5 sessões online e ao vivo de 4 horas de duração, onde os Protagonistas enfrentam a temível Legião Voraz e o seu Marcado Gangaran. Essa campanha foi jogada com o meu sistema narrativista customizável 2d6World, baseado na Apocalypse Engine.


No meu site NITRODUNGEON, você pode baixar o PDF gratuito de mais de 150 páginas com todo o material que escrevi para a campanha LEGIÃO VORAZ.


A campanha A LEGIÃO GROTESCA, com 6 sessões online, onde os Protagonistas enfrentam o infame Marcado Verme-Que-Anda. Também disponibilizei o PDF gratuito de mais de 150 páginas com todo o material que escrevi para a campanha LEGIÃO GROTESCA. Essa campanha também foi jogada com o meu sistema narrativista customizável 2d6World, baseado na Apocalypse Engine.


E assista a minha campanha atual, A LEGIÃO GÉLIDA, onde os Protagonistas se envolvem em uma trama onde uma poderosa sacerdotiza e seguidora de Nastur, Mirabiel, tenta derrubar o poderoso TRONO DO LOBO, a sede do poder da Norklúndia.


Legião é também um projeto transmídia, além do Legião: A Era da Desolação, e do Marca da Caveira, que é o meu primeiro romance da trilogia Legião e que em breve será lançado!


E se você quiser conhecer ainda mais, você pode baixar o PDF Demo do Legião na página oficial do cenário na Buró Brasil e a Forbidden, a Revista oficial do Old Dragon RPG Forbidden volume 0, que também pode ser baixada gratuitamente no site da Buró Brasil.


Todos os meses eu publico artigos e material oficial do cenário Legião na Revista Forbidden. No número 0, por exemplo, você encontra dois materiais para Legião, um artigo meu sobre os Marcados, com a descrição dos mais famosos, e uma aventura que eu também escrevi, Ataque ao Barão Lisérgico, que é a continuação da aventura do Old Dragon Day, Em Busca do Fungo Fantasma.


E quero também agradecer a todos que votaram no Legião: A Era da Desolação no prêmio LUDOPEDIA de 2019. 


Legião foi premiado na categoria Melhor Suplemento de RPG de Designer Nacional de 2019!


Você pode adquirir o Legião versão física na loja online da BURÓ de JOGOS BRASIL, que vem dentro de uma caixa com muita coisa extra como um Mapa Gigante, um mini-jogo, o Truco do Corsário, que é o jogo de apostas mais Famoso de Ryanon, fichas com Mapas, descrição das pragas que assolam Kadur, uma transparência para usar no mapa, e muito mais!


A versão em PDF, baratinha, pode ser adquirida no site DUNGEONIST.


Legião na Loja Buró Brasil – Versão Física


https://loja.burobrasil.com/Legiao-Caixa-Basica


Legião no Dungeonist – Versão PDF


Legião





LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO


Cenário de Campanha para jogos de Fantasia Medieval Sombria!

COMPRE o meu livro LEGIÃO – A Era da Desolação – Cenário de Fantasia Medieval Sombria para jogos de RPG (e cenário do meu Romance Marca da Caveira – Trilogia Legião Volume 1) nesse link:

http://tinyurl.com/y4sz2psg


Legiao


NITROCAST – Podcast de DICAS DE RPG e SESSÕES DE RPG GRAVADAS!



Se inscreva no NITROCAST no SPOTIFY

http://tinyurl.com/y8pn6esj


Se inscreva no NITROCAST no Itunes

http://tinyurl.com/y7w5dfh2


Se inscreva no NITROCAST no CASTBOX

http://tinyurl.com/y8eb2k4w


ESCRITACAST – Podcast de Dicas para Escritores, com Carlos Rocha



NEWTON NITRO SITES

► NITROBLOG YOUTUBE – Resenhas,Dicas de RPG e Dicas para Escritores:: https://www.youtube.com/user/newtonrocha


► NITRODUNGEON: Dicas de RPG, Aventuras, e Sistemas de RPG para Download https://newtonrocha.wordpress.com/


► NITROBLOG: Resenhas Literárias, Dicas para Escritores, Contos e Livros para Download, Leitura Crítica

https://tionitroblog.wordpress.com/


► NEWTON NITRO INSTAGRAM: Dicas de RPG e para Escritores https://www.instagram.com/newtonnitro/


► NEWTON NITRO TWITTER: Dicas de RPG e Dicas para Escritores https://twitter.com/tionitro


► NITROCAST: Dicas de RPG e Dicas para Escritores: https://nitrocastpodcast.wordpress.com/




CURSO MELHORE SEU INGLÊS – Teacher Érika e Teacher Newton



FAZEMOS VOCÊ FALAR INGLÊS EM TEMPO RECORDE!


Aulas de Inglês PERSONALIZADAS e INDIVIDUAIS por Skype ou WHATSAPP!


FAÇA UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA

CONTATO

prof.newtonrocha@gmail.com ou no whatsapp (31) 9143-7388.




PREÇOS ACESSÍVEIS!


CARTAO FINAL


As recomendações e depoimentos de vários dos nossos alunos podem serem lidos nesse link:

https://goo.gl/6vreb2




Conheça e se inscreva nos nos canais do MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON para DICAS DIÁRIAS E VIDEO AULAS DE INGLÊS!


► Youtube: http://www.youtube.com/c/erikaenewtoninglesporskypebh


► Melhore Seu Inglês BLOG: https://melhoreseuingles.wordpress.com/


► Facebook: https://www.facebook.com/erikaenewton


► Instagram: https://www.instagram.com/melhoreseuingles


► Melhore Seu Inglês Podcast: https://melhoreseuinglespodcast.wordpress.com


Comments 
In Channel
loading
Download from Google Play
Download from App Store
00:00
00:00
x

0.5x

0.8x

1.0x

1.25x

1.5x

2.0x

3.0x

Sleep Timer

Off

End of Episode

5 Minutes

10 Minutes

15 Minutes

30 Minutes

45 Minutes

60 Minutes

120 Minutes

NITROCAST ESPECIAL LEGIÃO 01 – LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO RPG – Uma Breve Introdução – Cenário de RPG de Fantasia Sombria, Brutal e Adulta – Escrito por Newton Nitro e Antônio Sá Neto

NITROCAST ESPECIAL LEGIÃO 01 – LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO RPG – Uma Breve Introdução – Cenário de RPG de Fantasia Sombria, Brutal e Adulta – Escrito por Newton Nitro e Antônio Sá Neto

Newton Nitro