DiscoverNITROCAST RPG Podcast – Newton NitroRPG STEAMPUNK – Guia do Tio Nitro – Conheça os Melhores RPGs Steampunk de todos os tempos! – NITROCAST
RPG STEAMPUNK – Guia do Tio Nitro – Conheça os Melhores RPGs Steampunk de todos os tempos!  – NITROCAST

RPG STEAMPUNK – Guia do Tio Nitro – Conheça os Melhores RPGs Steampunk de todos os tempos! – NITROCAST

Update: 2021-03-25
Share

Description

Nesse Nitrodungeon, o meu vlog de dicas, resenhas, sistemas e cenários de RPG, trago o primeiro dos GUIAS TIO NITRO, onde eu falo sobre os RPGs Steampunk que eu curto!


Esse é um vídeo especial gravado para o evento Autômato Virtual 2020, um evento online e gratuito de cultura Steampunk, realizado nos dias 22 à 28 de Junho de 2020 e organizado por Luiz Henrique, do Canal Monstros e Aventuras do Youtube!


Muito obrigado pelo convite Luiz!




AUDIO





DOWNLOAD DO MP3 DESSE NITROCAST


Link: 


https://tinyurl.com/yg2vuxx5




BAIXE TODOS OS EPISÓDIOS DO NITROCAST E NITROSESSIONS NO INTERNET ARCHIVE


https://archive.org/details/nitrocast




VIDEO



EVENTO AUTÔMATO VIRTUAL


Autômato Virtual – Youtube (Confira as entrevistas e vídeos exclusivos sobre cultura Steampunk!)

https://www.youtube.com/channel/UClrdaYzr75Hi5gtgElSGZvA


Autômato Virtual – Facebook

https://www.facebook.com/events/d41d8cd9/aut%C3%B4mato-virtual-2020/293198685024281/


Canal Monstros e Aventuras

https://www.youtube.com/channel/UCh2hCGxJvMXIpulPqjXK2eA


LINKS DOS RPGS CITADOS:


Space 1889

https://www.drivethrurpg.com/product/59092/Space-1889


Castle Falkenstein

https://www.drivethrurpg.com/product/2370/Castle-Falkenstein


Etherscope

https://www.drivethrurpg.com/product/3172/Etherscope


Wolsung

https://www.drivethrurpg.com/product/123134/Wolsung-Steam-Pulp-Fantasy-Test-Drive


Reinos de Ferro – Iron Kingdoms



Tephra

https://www.drivethrurpg.com/product/148391/Tephra-the-Steampunk-RPG


GURPS Steampunk

https://www.drivethrurpg.com/product/227958/GURPS-Classic-Steampunk


Deadlands

https://www.drivethrurpg.com/product/197047/Deadlands-Classic-20th-Anniversary-Edition-Core-Rulebook


Unhollowed Metropolist

https://www.drivethrurpg.com/product/92919/Unhallowed-Metropolis-Revised


Steamrunnerz – NitroDungeon Blog – Sistema 2d6World

https://newtonrocha.wordpress.com




ROTEIRO


Olá pessoal, eu sou o Newton Nitro, também conhecido como Tio Nitro, e começa agora mais um NitroDungeon, meu vlog de Dicas de RPG!


Esse é um vídeo especial gravado para o evento Autômato Virtual 2020, um evento online e gratuito de cultura Steampunk, realizado nos dias 22 à 28 de Junho de 2020 e organizado por Luiz Henrique, do Canal Monstros e Aventuras do Youtube!


Muito obrigado pelo convite Luiz!


Confira os outros vídeos e palestras sobre Steampunk nos links das notas desse vídeo!


Então, vamos lá para o GUIA STEAMPUNK DO TIO NITRO PARA RPGs DE MESA!


GUIA STEAMPUNK DO TIO NITRO PARA RPGS DE MESA


Começando a nossa jornada pelo RPG de Mesa Steampunk, vamos ver o que é o gênero Steampunk


Steampunk é um subgênero retrofuturístico de ficção científica ou fantasia científica que incorpora projetos estéticos e tecnológicos inspirados nas máquinas industriais a vapor do século XIX .


Embora suas origens literárias estejam às vezes associadas ao gênero cyberpunk , as obras steampunk costumam ser inseridas em uma história alternativa da era vitoriana britânica do século 19 ou do “Oeste Selvagem” americano, em um futuro durante o qual a energia a vapor tenha avançado a níveis muito acima dos níveis históricos, ou em um mundo de fantasia que também emprega energia a vapor.


O ESTILO STEAMPUNK


No entanto, o estilo steampunk e o estilo neo-vitoriano são diferentes, pois o movimento neo-vitoriano não extrapola a tecnologia, enquanto a tecnologia é um aspecto essencial do steampunk.


O Steampunk apresenta tecnologias anacrônicas ou invenções retrofuturísticas, como as pessoas do século 19 poderiam ter imaginado, e também está enraizado na perspectiva da época sobre moda, cultura, estilo arquitetônico e arte.


Tais tecnologias podem incluir máquinas fictícias, como as encontradas nas obras de HG Wells e exemplificada no livro A Máquina do Tempo, e Jules Verne, em clássicos como Vinte Mil Léguas Submarinas, que são obras proto-steampunks.


Outros exemplos de steampunk contêm apresentações no estilo histórico alternativo de tecnologias como canhões a vapor , aeronaves mais leves que o ar como Dirigíveis, e computadores e robôs analógicos, hidráulicos ou mecânicos inspirados na máquina analítica de Charles Babbage .


O estilo Steampunk também pode incorporar elementos adicionais dos gêneros de fantasia , horror , ficção histórica , história alternativa ou outros ramos da ficção especulativa , tornando-o frequentemente um gênero híbrido.


A primeira aparição conhecida do termo steampunk foi em 1987, embora agora se refira retroativamente a muitas obras de ficção criadas nos anos 50 ou anteriores.


Obras como A Liga Extraordinária, tanto os quadrinhos quanto o filme, games como Dishonored, animes como Steamboy, e filmes como Máquinas Mortais são alguns dos muitos exemplos desse estilo.


O steampunk também se dividiu em uma miríade de sub-estilos, como o Steamfunk, o Jadepunk, o Biopunk Victoriano, entre muitos outros.


Steampunk também se refere a qualquer um dos estilos artísticos, modas de roupas ou subculturas que se desenvolveram a partir da estética da ficção steampunk, ficção da era vitoriana, design art nouveau e filmes de meados do século XX.


RPGS STEAMPUNKS


Feita a introdução ao gênero e estilo Steampunk, vamos dar uma olhada em alguns RPGs de Mesa Steampunks que eu curto. Joguei vários desses RPGs, principalmente Castle Falkenstein enquanto outros apenas li os livros, e posso dizer que são bem interessantes!


Existem jogos de RPG Steampunk para todos os gostos, desde os que exibem seus elementos steampunk discretamente ou aqueles com esses elementos bem exagerados. E muitos unem steampunk com outros gêneros, como fantasia, horror, cenários pós-apocalíptico, conquista espacial, etc.



SPACE 1889


Começamos com um dos mais famosos e antigos jogos Steampunk, o fantástico e detalhado Space 1889.


Escrito por Frank Chadwick e publicado pela Game Desingers Workshop desde os anos 80, Space 1889 apresenta as viagens espaciais da era vitoriana e a tecnologia steampunk, em um cenário de história alternativa no qual as invenções de Thomas Edison tornaram possível à humanidade viajar pelo espaço.


O jogo apresentou uma história alternativa na qual certas teorias científicas vitorianas desacreditadas foram consideradas verdadeiras e levaram à existência de novas tecnologias.


Nesse cenário, Thomas Edison inventou uma ” hélice etérea ” que poderia impulsionar navios através do ” éter luminífero ” (o meio universal que permeia o espaço, com base em uma teoria científica agora ultrapassada), e viajou para Marte em 1870, acompanhado por um soldado escocês. fortuna Jack Armstrong, onde descobriram que o planeta era habitado.


Na época do jogo em 1889, as grandes potências usaram a invenção de Edison para estender suas colônias e interesses aos planetas internos do sistema solar.


Vênus e Marte foram colonizados pelo Reino Unido , Alemanha , França e Rússia . A Bélgica colonizou apenas Marte e a Itália colonizou Vênus, enquanto o Japão e os Estados Unidos mantêm enclaves econômicos e científicos em Marte.


Não há colônias ou bases na Lua . Somente o Reino Unido mantém uma base (científica) em Mercúrio .


Os planetas internos refletem uma progressão evolutiva, os planetas mais próximos ao sol são mais jovens do que os mais distantes. Todos os planetas têm vida extraterrestre e a maioria tem espécies sensíveis nativas. Mercúrio é primitivo e a maré está fechada e possui apenas formas de vida rudimentares.


Vênus é um vasto mundo do pântano dominado por répteis e homens-lagarto.


A Lua é um mundo morto sem ar, mas com mistérios escondidos nas profundezas da superfície. Marte é um antigo planeta deserto em declínio, dividido em cidades-estado decadentes em guerra, apegadas a um sistema falho de canais.


Vulcano morreu e se tornou o cinturão de asteróides. Devido a limitações na tecnologia, os mundos externos permanecem inacessíveis e inexplorados.


Há também dicas de que alguns mundos podem ter um terreno escondido sob sua superfície.


Um dos tesouros que levou os europeus a Marte foi a “madeira-flutuante”: uma planta rara e cultivada com propriedades antigravitacionais que permitia a construção de navios flutuantes gigantes.


Enquanto os terráqueos usaram galeões do céu marciano a princípio, mais tarde construíram seus próprios folhetos blindados a vapor .


Como a tecnologia sem fio ainda não foi inventada em 1889, a comunicação entre a Terra e Marte é realizada por estações heliográficas orbitais . O jogo contém muito mais detalhes sobre a flora , fauna e povos dos planetas. A maioria do material publicado está centrada em Marte.



CASTLE FALKENSTEIN


E vamos para o meu RPG steampunk favorito e que é muito popular no Brasil!


É o fantástico Castle Falkenstein, do grande Mike Pondsmith, o gênio que também criou o RPG Cyberpunk 2020.


Castelo Falkenstein foi publicado originalmente pela R. Talsorianem em 1994, e que conta já com duas edições brasileiras!


O jogo é nomeado para um lendário castelo no Alpes bávaros.


Nesse jogo, os jogadores desempenham o papel de galantes aventureiros que assumem missões de intrigas e desdém no espírito de aventuras vitorianas, como O Prisioneiro de Zenda .


O jogo se passa em uma terra alternativa, na era steampunk da “Nova Europa” vitoriana, por volta de 1870. Além dos humanos, a Nova Europa é habitada por criaturas de fantasia, como dragões e fadas. Personagens fictícios como Van Helsing também podem ser encontrados.


Em Castelo Falkenstein, os jogadores podem escolher um dos 29 modelos de caracteres com base em diferentes ocupações, ou criar uma ocupação original, o que é fácil dada a flexibilidade do sistema de regras, que é narrativista e baseado em cartas.


O universo alternativo de Castle Falkenstein oferece elementos de alta fantasia e steampunk.


Na verdade, ele é mais Gaslight Fantasy ou Fantasia de Luz de Gás, que é um estilo steampunk mais do final do século 18 e início do 19 do que o tradicional steampunk do final do século 19 e início do século 20.


Embora exista bastante tecnologia no estilo Steampunk, está implícito que pode ser realmente uma pseudo ciência movida a magia , e igualmente proeminente é a presença de conjuradores, dragões e todo tipo de The Fair Folk .


O jogo em si apresenta um mundo não muito diferente daquele em que você e eu vivemos.


O mundo da Nova Europa difere de duas maneiras, uma das principais sendo que as fadas coexistem com os seres humanos neste planeta fora do nosso universo.


A existência de Faeries, no entanto, não é a única coisa na Nova Europa que separa o planeta dos nossos, monstros mitológicos, bestas lendárias e personagens que são, no planeta Terra, vistos como fictícios na face do novo mundo.


Em Castle Falkenstein, o povo da Nova Europa aprendeu a usar magia, chamada Magick no jogo, em uma alusão ao Thelema de Aleister Crowley, lançando o avanço de uma revolução industrial.


São apresentados ao mundo de Falkenstein por Tom Olam, um personagem do planeta Terra que foi sequestrado por um Mago e um Senhor das Fadas.


O livro é narrado por Tom, que , de alguma forma acaba desempenhando um papel central em uma luta contínua entre diversas facções do cenário de Castelo Falkenstein.


Tom fornecerá orientações ao longo do jogo, mostrando aos jogadores exemplos de como fazer ao criar seu personagem, mas também ajudando o participante a descobrir como interpretar seu personagem.


No Castelo Falkenstein, a ação é simulada jogando cartas em vez de dados e os jogadores devem manter um diário de seu personagem em vez de usar uma ficha de personagem. O sistema é fácil de manobrar sem sacrificar qualquer utilidade – tornando-o um ajuste perfeito ou iniciantes e especialistas.



ETHERSCOPE


Passamos para Etherscope, um jogo que curti muito durante a era do Sistema d20!


Etherscope, criado e publicado pela Goodman Games, é um role-playing steampunk baseado no sistema d20.


Etherscope mistura Victoriana com uma fusão de cyber e steampunk.


Imagine que o mundo não abandonou a pesquisa sobre o conceito de “o Éter” de Faraday. O conceito de Éter, como o quinto elemento, foi investigado juntamente com a Lei da Entropia.


O Etherscope graciosamente vincula a exploração do “Éter” a outros nomes e conceitos até que em 1874 Harold Wallace encontra o Etherspace.


Ao explorar essa dimensão, os britânicos descobrem uma nova e poderosa fonte de energia e maneiras de criar novas e poderosas e impressionantes máquinas.


Os avanços tecnológicos são desenfreados, mas o sistema de classes vitoriano não evolui.


Os britânicos, o Novo Reich do Império Alemão e a América são as superpotências deste mundo.


Os britânicos não fizeram nada para impedir a expansão da república alemã, pois não consideravam a Alemanha nenhuma ameaça.


Os Estados Unidos navegaram para defender o Japão quando a expansão japonesa irritou a marinha britânica.


A maior cidade da Grã-Bretanha, a Grande Metrópole, é a fusão de Liverpool e Manchester, e não de Londres. Londres continua sendo a capital do Império.


Foi uma invenção da América que abriu a Etherscope ainda mais.


Na década de 1950, os inventores americanos criaram o Etherscope, um “mecanismo de diferença” que poderia interagir com o Etherspace.


Os eterscópios são feitos à mão por técnicos e, portanto, são itens proibitivamente caros que pertencem aos ricos e poderosos.


Os usuários variam de diletantes da classe alta a burocracias governamentais maciças e corporações ricas.


Os engenheiros eram originalmente os técnicos treinados que criaram, mantiveram, programaram e usaram “Máquinas Diferenciais” (computadores mecânicos).


Mais tarde, o termo foi estendido aos funcionários que programavam e usavam Etherscopes e aos trabalhadores que transformavam o Etherstuff em objetos ou estruturas utilizáveis.


Cibernaughts são seres humanos que utilizam tecnologias de interface.


A representação mais simples do conceito são as pessoas mutiladas que instalaram “membros” mecânicos ou “olhos” sensores para substituir os que perderam ou pessoas doentes que implantam dispositivos mecânicos para substituir órgãos internos com falha ou com falha.


O conceito mais complexo se estende às tecnologias de interface que permitem ao usuário interagir com um sistema indiretamente (via teclados, consoles ou manoplas Etheric) ou diretamente (via implante Etherjack).


Manoplas etérico permitir que uma pessoa para interagir com Etherspace remotamente. É um método comum de manipulação e modelagem do Etherstuff.


O Etherjack é um cibernáutico implante que permite fazer a interface directamente com o plano etérico.


Avatares etéricos são construções etéricas criadas pelos usuários da Etherscope para representá-los no Etherspace.


Os únicos limites são a habilidade e a imaginação do usuário.


Porém a exploração do Etherspace traz muitos perigos, como entranhas entidades naturais dessa dimensão.


E tudo isso dentro de um mundo Neo-Vitoriano!


Um cenário bizarro, sombrio, original e muito divertido!



WOLSUNG


Seguindo uma linha semelhante à do Castelo Falkenstein temos o RPG polonês Wolsuung, que também tem uma linha de jogos de miniaturas bem divertida!


Escrito por Artur Ganzyniec, Wolsuung é um RPG polonês famoso no cenário de fãs de RPGs Steampunk, e que foi lançado em inglês em 2013.


O Wolsung Steam Pulp Fantasy , é mais Steam que Punk, e os próprios autores chamam de Victorian Fantasy.


O cenário é algo semelhante ao nosso mundo à beira do século XX, mas filtrado pela ficção pulp da época, com um pouco de fantasia clássica e muitas inspirações da cultura pop.


Wolsung se passa em um mundo em que veículos movidos a vapor dominam as ruas enquanto aeronaves dominam o céu – mas ainda há muito a explorar, aqueles que podem viajar além do conforto das cidades em busca de tesouros e mistérios, dependendo de sua sobrevivência, encontre-os.


Em Wolsung, com o desenvolvimento de máquinas movidas à magia e vapor, surgiram criaturas desconhecidas pelo homem. A combinação de ciência e magia gerou dragões galvanizados e golens gigantescos que vagam pelo mundo.


O mundo se chama Urda e a maior parte da ação ocorre em Vanadia, o equivalente da Europa ainda tentando se recuperar após os horrores da Grande Guerra.


É nesse cenário em que um grupo de extremistas wotanianos liderados pelo necromante ven Rier tentou dominar o mundo.


Além disso, há a Liga dos Condados Livres de Vinland, a selvagem e misteriosa Lemúria , a Atlântida ainda mais misteriosa e as ilhas do Purgatório e a terra oriental de Sunnir , terra dos orcs.


Dessa forma, outro elemento importante do mundo de Wolsung é a magia: rituais mágicos convencionais, ocultismo do século 19 e Magitek são formas canônicas de magia, juntamente com algumas formas mais exóticas, como obras de arte com propriedades mágicas (encantadas). pinturas, composições musicais como forma de conjuração, etc.) ou “talentos selvagens” caóticos.


A Magitek de Wolsung ainda desempenha um papel importante no avanço tecnológico do mundo, com todos os tipos de dispositivos sendo alimentados por baterias a vapor ou mana.



REINOS DE FERRO


E finalmente chegamos aos Reinos de Ferro, que é um RPG de Mesa que praticamente sedimentou o gênero de Alta Fantasia Steampunk para muitos jogadores.


Iron Kingdoms é um RPG de Full Metal Fantasy, como dizem seus criadores, mas que transborda de elementos steampunk!


Foi originalmente publicado originalmente pela Privateer Press em 1º de julho de 2004, para o sistema d20 , com vários livros complementares lançados nos anos seguintes.


Em 2012, o Iron Kingdoms foi lançado recentemente sob um sistema exclusivo de regras d6, baseado nas regras dos jogos de guerra em miniatura Warmachine e Hordes, de onde surgiu o cenário de Iron Kingdoms.


Reinos de Ferro já foi publicado no Brasil e tem uma grande comunidade de fãs.


A mistura de Alta Fantasia e Steampunk dos Reinos de Ferro acontece em um cenário cheio de monstros, divindades, heróis e vilões únicos.


É um mundo moldado pela fusão de magia e máquinas steampunks.


Em Reinos de Ferro, o jogador pode usar classes como o mago de armas que combina magia poderosa com uma perspicácia mortal por armas de fogo ou o warcaster comandante do steamjack, enormes autômatos movidos a magia e vapor.

O cenário principal é Western Immoren um continente dilacerado pela guerra.


Reinos isolacionistas de elfos e anões encaram os humanos balcanizados como exércitos de todas as raças.


Uma revolução religiosa no sul perturbou o delicado equilíbrio de poder no país e, no norte, um mal antigo e terrível começou a conquistar as tribos élficas.


No leste, um vasto império de humanóides selvagens vira os olhos para o oeste.


Nas ilhas a oeste do continente principal, as forças de um deus vivo empenhado em corromper o mundo à sua imagem continuam a manipular os eventos como nos últimos milênios e meio, levando o mundo à sua inevitável vitória.


E nos Reinos de Ferro dos humanos, a própria magia é aproveitada como veículo da indústria e arma de guerra.


O cenário é brutal, misturando magia e tecnologia steampunk em aventuras pulp, com espaço para horror e ação militarista.


O jogo é divertido, as aventuras oficiais são muito bem feitas, o sistema de regras é fácil de pegar! Recomendadíssimo!



TEPHRA


Tephra é um RPG de temática Steampunk escrito por Daniel Burrow e que teve um bem sucedido financiamento coletivo no Kickstarter.


Tephra tem um foco interessante em combates aéreos entre dirigíveis, planadores e máquinas steampunk voadoras.


O cenário contém muitos aspectos do steampunk, incluindo trens, aeronaves e um grande número de inventores independentes.


Existem vários biomas, como florestas, desertos, pastagens e selvas. A eletricidade está presente em algumas partes do continente, mas ainda é uma novidade.


O uso de combustíveis fósseis está ausente com a força de vapor – freqüentemente alimentada por ressonadores de éter – a fonte de energia dominante.


O jogo se passa em outro planeta, conhecido como Tephra. É orbitado por uma única lua fraturada, Aeon.


O continente principal é Rilausia, que possui vários países, cada um com temas diferentes.


O país central é Evangless, que é governado por uma monarquia e onde a escravidão é proibida. A sudeste, fica Zelhost, uma nação fortemente industrializada, povoada por humanos haudianos, que utiliza trabalho escravo. A sudoeste está Izeda, uma nação deserta, cujas pessoas viajam em caravanas.


Ao nordeste fica Dalvozzea, governado por um conselho governante de Farishtaas alados, seres angelicais com grandes asas capazes de voar. No noroeste fica Arakrith, uma nação governada por ex-escravos sátiros que conquistaram a liberdade de Haudis.


As raças principais de Tephra são humanos, ayodin, elfos , farishtaa, gnomos e sátiros. Ayodin são mamíferos marinhos que podem respirar em terra e na água.


Os elfos são brutos enormes, altos e musculosos, os farishtaa se assemelham aos elfos clássicos de fantasia e são criados pela essência cientificamente injetável de um elfo.


Os sátiros foram geneticamente modificados pelos haudis para agir como escravos, fundindo humanos com animais com cascos, como cabras, vacas e cavalos.


Bem, depois desse cenário independente de RPG Steampunk, vamos para o Dungeons and Dragons e seu cenário de Alta Fantasia Steampunk, o sensacional Eberron!



EBERRON


Eberron é um cenário de campanha para o Dungeons & Dragons.


O jogo se passa principalmente no continente de Khorvaire após uma vasta guerra destrutiva. O


Eberron foi projetado para acomodar elementos e raças tradicionais de D&D em um ambiente diferenciado.


Eberron combina um tom de fantasia com polpa de elementos e de aventura escuro e algumas tecnologias fantasia não-tradicionais, como trens, skyships e seres mecânicos que são todos alimentados por magia e por tecnologia a vapor.


Eberron foi criado pelo autor e designer de jogos Keith Baker como a entrada vencedora do Fantasy Setting Search do Wizards of the Coast , uma competição realizada em 2002 para estabelecer um novo cenário para o jogo de D&D .


Eberron foi escolhido entre mais de 11.000 inscrições e foi oficialmente lançado com a publicação do livro de capa dura Eberron Campaign Setting em junho de 2004.


Eberron é puro Magitek, ou seja, uma tecnologia baseada em magia do que steampunk.


Tem robôs, dinossauros, intrigas, aeronaves mágicas e trens alimentados por elementais relâmpagos.


A tecnologia real é rara e geralmente não vale a pena, devido à magitek estar tão prontamente disponível e fácil de aprender.


Aventuras em Eberron tem todo um estilo pulp aventuresco, no melhor clima de Caçadores da Arca Perdida, pelo menos quando eu jogava.


E joguei muito Eberron!


Apesar dos elementos de Alta Fantasia de Eberron o tom aventuresco e pulp das aventuras, detalhes do cenário que remotam ao século 19 da nossa história, com expedições acadêmcias em terras selvagens, conspirações políticas e tramas estilo noir, o design das engenhocas magitek, fazem a ligação com o steampunk.


O mundo de Eberron é imenso, contendo 7 continentes.


O cenário ocorre principalmente em Khorvaire , o continente mais populoso.


Os seres humanos são a raça mais populosa de Khorvaire, vivendo principalmente na área conhecida como as Cinco Nações.


O sudeste é o pequeno continente de Aerenal , governado por elfos. Ao sul, fica o continente de Xen’drik , uma vez governado por um império de gigantes que entrou em colapso.


Agora é amplamente selvagem, com algumas áreas sob domínio tribal dos drow, os elfos negros.


Mais ao sul de Xen’drik está o Everice , uma camada de gelo do tamanho de um continente que possivelmente cobre várias massas terrestres.


Frostfellé uma terra inexplorada de gelo no norte.


Os outros dois continentes principais são Sarlona (um continente governado por quori , criaturas da Região dos Sonhos) e Argonnessen (um continente habitado por dragões).


E, para terminar essa minúscula introdução, ainda tem Sharn, a Cidade das Torres, uma metrópole movida a magitek e que normalmente é o ponto de partida das aventuras em Eberron!


Recomendadíssimo!


E agora vamos para um clássico dos RPGs Steampunks, o famoso Gurps Steampunk!


O sistema genérico GURPS possui muitos suplementos com material para jogos de RPG de mesa Steampunk.


Dentre esses livros, se destaca o Gurps Steampunk e o Gurps Steamtech!



GURPS STEAMPUNK


O Gurps Steampunk, de 2000, é o melhor material se referência para jogos de RPG Steampunk! Mesmo se você não jogar com o sistema Gurps, esse livro é fantásico e cheio de inspiração steampunk.


O livro define o gênero steampunk, reforçando o aspecto muitas vezes esquecido do steampunk é o lado punk da história, ou seja, aventureiros ousados ​​que procuram liberdade em um mundo pressionado por poderes sem rosto.


Em seguida o livro explora as principais tendências da história do século XIX e considera como elas podem ter sido alteradas ou como elas podem ter aparecido em um cenário diferente.


Em seguida a cultura, a moral, a ética e moda vitoriana, além da questão racial e de gêneros do final do século 19 são descritos para serem usados na criação de cenários Steampunk.


Em seguida, conceitos de personagens são apresentados, especialmente para cenários de RPG Steampunk, como o cientista louco, o engenhoqueiro, a donzela aventureira, o ás dos ares, o autômato ingeligente, entre muitos outros.


Uma das partes mais legais é o capítulo sobre Invenções Maravilhosas.


Ítens como o Cavalo de ferro; um cavalo mecânico a vapor, mechas a vapor, submarinos estilo o Nautilus do capitão nemo, o Dreadnaught, uma versão Steampunk da nave-helicóptero da SHIELD, máquinas do tempo, autômatos, entre outras geringonças steampunk.


Gurps Steampunk também tem capítulos sobre a Ciência Estranha, que trabalha as teorias científicas do século 19, posteriormente refutados por teorias posteriores, que, se fossem verdade, podem resultar em invenções ainda mais fantásticas.


Assim, usos tecnológicos do Éter Luminífero, Campos Antigravitacionais, ou da Energia Vital dos alquimistas são apresentados para jogos Steampunk.


Ao final, o livro trata de como criar Campanhas Steampunk, apresentando realidades ou mundos com tons muito diferentes de Steampunk, indo desde a Fantasia Steampunk até o Streampunk mais realista.


Já o Gurps Steamtech expande ainda mais na parte de equipamentos e tecnologia!


Recomendadíssimos!



DEADLANDS


E já que estamos fazendo um panorama dos RPGs de Mesa de temática Steampunk, eu sou obrigado a citar um RPG sensacional, que também já joguei muito!


É o Deadlands, uma de temática do Velho Oeste, que mistura história alternativa, horror, fantasia sombria, steampunk e um climão quase pós-apocalíptico!


O jogo original foi escrito por Shane Lacy Hensley e publicado pelo Pinnacle Entertainment Group em 1996.


O cenário Deadlands já foi adaptado para muitos outros sistemas ao longo dos anos e está disponível nas Regras Clássicas originais, nas Regras Clássicas revisadas, no sistema d20 , GURPS e em uma versão do Savage Worlds chamada Deadlands: Reloaded .


Deadlands é essencialmente steampunk da variedade Weird West .


A sua tecnologia steampunk é baseada na ‘ghostrock’, um tipo de carvão imbuído de força espiritual que pode emitir enormes quantidades de energia e que tem outras propriedades muito úteis para qualquer Cientista Louco.


O jogo se passa nos Estados Unidos no último quartel do século XIX. O ano canônico da primeira edição de Deadlands é 1876.


Um suplemento posterior, Tales o ‘Terror , avança a história de fundo do jogo e a metaplot em um ano, para 1877.


A segunda edição de Deadlands usa a história de fundo atualizada de 1877 como ponto de partida canônico.


Deadlands: Reloaded atualiza ainda mais a história de fundo e avança o ponto de partida canônico para 1879.


As regras básicas prevêem personagens e cenários que podem ser exibidos no gênero ” Oeste Selvagem ” de filmes e ficção pulp , e presume-se que a maior parte da ação no jogo ocorra nas fronteiras selvagens do oeste americano ou em cidades fronteiriças mal domesticadas como Tombstone, Arizona ou Dodge City, Kansas .


No entanto, suplementos posteriores expandiram a área de aventuras no jogo para incluir lugares como o Deep South , o rio Mississippi , o México e o nordeste dos Estados Unidos .


Esses suplementos geralmente proporcionam aventuras em áreas urbanas como Nova Orleans , Nova York ou Boston .


O cenário canônico básico é chamado de ” Oeste Estranho ” devido à justaposição do cenário ocidental com os elementos horríveis e fantásticos do jogo.


A história do Ocidente Estranho é idêntica à história do mundo real, até 3 de julho de 1863.


Nesta data do jogo, um grupo de índios americanos de várias tribos, liderado por um xamã Sioux conhecido como “Raven”, realizou um ritual em um esforço para expulsar os colonos europeus. Esse ritual criou um canal para um reino espiritual habitado por poderosas entidades maliciosas conhecidas como “Reckoners”.


Os eventos que cercam e imediatamente após o ritual de Raven são conhecidos como “The Reckoning”.


Os Reckoners se alimentam de emoções negativas, principalmente do medo.


Níveis suficientes de medo na população de um determinado local permitem que os Reckoners comecem a alterar sutilmente o ambiente daquele local: o sol brilha um pouco menos, as árvores ficam atrofiadas e com aparência “maligna”, formações rochosas assumem a aparência de cadáveres ou monstros e assim por diante.


Quanto mais poderoso o medo, maiores as mudanças ambientais.6


O objetivo final dos Reckoners é transformar toda a Terra em um terreno baldio mal assombrado – literalmente, um inferno na Terra.


No entanto, os Reckoners não podem entrar diretamente no reino da Terra, a menos que o nível geral de medo de todo o planeta se torne suficientemente alto.


Para esse fim, eles usam seus poderes para criar monstros, loucos, zumbis e outras criaturas e vilões que semearão medo e terror por toda a terra.


A primeira instância disso ocorreu em 4 de julho de 1863, no local da Batalha de Gettysburg que acabara de terminar; soldados mortos de ambos os lados do conflito levantaram-se do campo de batalha e começaram a atacar indiscriminadamente os soldados e civis sobreviventes.


Desde então, pistoleiros mortos-vivos , espíritos indianos hostis, cultos estranhos e criaturas mortais começaram a aterrorizar o mundo.


A Guerra Civil Americana se arrasta graças às maquinações dos Reckoners, e o país permanece dividido em seções dos EUA e da Confederação, além de “territórios disputados”.


Agentes federais e Texas Rangers luta para lidar com as ameaças antigas, escondendo a terrível verdade do público em geral.


Levantamentos sísmicos empurraram grande parte da Califórnia para o oceano, criando uma área de ermo repleta de monstros conhecida como “o Grande Labirinto”.


No Great Maze, os mineiros descobrem a “rocha fantasma ou ghost rock”, um mineral que queima mais quente e mais que o carvão e é usado como base para a maioria das tecnologias de Deadlands, além de poções alquímicas e materiais semi-mágicos.


O desencadeamento dos Reckoners teve vários efeitos colaterais importantes. A mágica revelou-se real, embora envolva desafiar espíritos de outro mundo, “maníacos”, em concursos que são vistos como uma negociação ou um teste de vontade.


Esses mesmos maníacos podem possuir um corpo falecido recentemente e reanimá-lo, criando um “Harrowed”.


Os seres atormentados estão algumas vezes sob o controle do espírito (que aproveita a oportunidade para espalhar o medo) e outras vezes sob o controle do falecido. O progresso científico avança rapidamente, pois os Reckoners apóiam projetos experimentais que normalmente não funcionariam.


Esse progresso leva o nível tecnológico de Deadlands dos níveis históricos para um cenário ” steampunk “.


Os jogadores assumem o papel de vários tipos de personagens mundanos ou arcanos, incluindo Gunfighters , Lawmen (como marechais dos EUA ou xerifes locais), Hucksters (usuários de magia), xamãs , abençoados (aqueles de fé) e cientistas loucos, na tentativa de aprender sobre o acerto de contas e os seres misteriosos por trás dele.


Cenário maravilhoso e divertido! Recomendadíssmo!


E para a gente terminar o Guia do Tio Nitro para RPGs de Mesa Steampunks, vamos conhecer um RPG bem underground e cult! O gótico e sombrio Unhollowed Metropolis!



UNHOLLOWED METROPOLIS


UNHOLLOWED METROPOLIS é puro horror pós-apocalíptico steampunk! E é doidimais!


Ambientado em um futuro distópico, Unhallowed Metropolis apresenta um mundo em que a história se afastou da nossa de uma maneira bastante dramática.


Em dezembro de 1905, a civilização humana quase terminou.


Em todo o mundo, os mortos começaram a ressuscitar e banquetear-se com a carne dos vivos. Seguiu-se uma guerra de anos, na qual os sobreviventes lutaram desesperadamente a princípio por mera sobrevivência e depois para recuperar as cidades infestadas de zumbis.


Eventualmente, as nações mais poderosas da época conseguiram retornar a algo semelhante a uma sociedade estável, com um grande número de humanos amontoados em cidades fortificadas enquanto Animates (o termo “científico” para zumbis) rondava o campo Blighted.


Dois séculos depois, em pleno ano de 2105 e as coisas não estão muito melhores, em um mundo que estagnou culturalmente na Era Vitoriana, criando uma espécie de Neo-Vitorianismo.


O jogo se concentra principalmente no que está acontecendo em Londres e retrata uma visão excepcionalmente sombria da vida em uma metrópole pós-apocalíptica.


A Praga que deu origem às hordas animadas sofreu uma mutação, produzindo várias monstruosidades de mortos-vivos.


Vampiros sedentos de sangue e psicopatas humanos vieram rastejando para fora da madeira para atacar as massas sem rosto.


Muitas das tentativas da humanidade de combater ou controlar a peste saíram pela culatra espetacularmente, embora também tenham resultado em alguns avanços inesperados e bastante impressionantes nos campos da medicina, alquimia e galvânica.


É um cenário pós-apocalipse steampunk, basicamente, esse apocalipse sendo uma praga que transformou a maioria da humanidade em zumbis.


Em 1905, as coisas foram para o sul, e a humanidade passou os próximos 200 anos se recuperando, arrancando suas cidades dos mortos-vivos e arrancando uma existência escassa no que restou do mundo.


As pessoas adotaram costumes sociais (se não atitudes) praticamente de onde pararam, no final da Era Vitoriana.


Não só a cultura, mas a tecnologia trambém estagnou na tecnologia do vapor do século 19.


Os personagens são uma variedade de tipos interessantes.


Uma seleção de arquétipos de personagens conhecidos como é apresentada, incluindo Aristocrata, Médico e Criminoso – padrão para esse tipo de cenário, e três exclusivos do cenário, o Dhampir (meio-vampiro, meio humano), Mourner ou Enlutados e o Undertaker .


Os Enlutados são pessoas que basicamente vigiam os corpos dos falecidos recentemente (durante a vigília do funeral) e, se o cadáver se mexer (um sinal de que ele volta como um zumbi), o enlutado sacode uma faca kukri e arranca a cabeça do zumbi.


Os jogadores são caçadores de monstros, perseguem zumbis, vampiros e outros monstros horrendos, por uma recompensa paga pelo governo.



STEAMRUNNERZ


Existem muitos outros RPGs Steampunk de Mesa, e a lista cresce a cada dia!



Eu mesmo estou desenvolvendo um RPG Steampunk para o 2d6World, o meu sistema PBTA, ou Powered by the Apocalypse, customizável e narrativista.



É o STEAMRUNNERz um RPG de horror, ação e aventura Steampunk Transhumanista e Pós-Colonial.. Steamrunners se passa em na Metrópole Steampunk de Intesteam, construída nas ruínas da lendária ilha-continente de Atlântida, depois de misteriosamente ter emergido do fundo do mar.



O mundo de SteamRunnerz se passa em um Século 19 alternativo, onde, no século 18, depois da queda de um estranho e mágico meteoro feito de puro éter cristalizado no século, uma série de transformações aconteceram por todo o mundo. Transhumanos com poderes sobrenaturais nas antigas colônias europeias desenvolvem magitecnologia, biotecnologia e steamtecnologia.



Esse cataclisma causou revoltas em todas as colônias, além da destruição das antigas potências do século 18 e a ascensãoree steapunk illustration do Império Brasileiro, do Império Indiano e da União Africana no século 19, junto com a misterioso aparecimento da Ilha-Continente de Nova Atlântida.



Nessa ilha as três novas potências mundiais ergueram a megalópole de InteSteam, onde, em meio ao seus mais de dez milhões de habitantes, os jogadores viverão aventuras como Steam Runnerz, mercenários transhumanos, armados até os dentes e com poderes especiais, que cumprem missões para os que podem pagar os seus preços, e acabam envolvidos em conspirações, mistérios e aventuras repletas de ação e horror sobrenatural!



Aguardem que em breve eu divulgarei mais detalhes, além de um jogo de demonstração!


ENCERRAMENTO


E é isso aí por hoje, espero que tenham gostado! Muito obrigado pela atenção e pela confiança!


Convido a todos a visitarem o NITRODUNGEON, meu blog de RPG com aventuras, artigos e muito material gratuito para download, como os sistemas de regras Pocket 2d6World, 2d6World, Old Dragon Turbo e o +2d6!


E assine também o NITROCAST, meu podcast de resenhas e dicas de RPG.


Conheça também o NITROBLOG, meu blog de resenhas literárias, dicas para escritores, e onde disponibilizo meus contos e livros para download gratuito e assine o ESCRITACAST, o podcast de dicas para Escritores que gravo junto com o Escritor Carlos Rocha!


Eu trabalho com LEITURA CRÍTICA, ANÁLISE GERAL de LIVROS e CONTOS e com AULAS PARTICULARES para ESCRITORES, onde analiso manuscritos e coloco minhas observações, impressões e sugestões para reescritas e edições, além de te ajudar a melhorar a sua escrita.


E também faço traduções de livros em português para o inglês, para você divulgar e vender o seu livro para os Gringos através da Amazon!


Basta entrar em contato, preços acessíveis.


E para quem estiver interessado, eu também trabalho com AULAS DE INGLÊS POR SKYPE, aulas particulares, personalizadas, focadas em conversação para todos os níveis!


E se você quiser aprender inglês sozinho, conheça e se inscreva o MELHORE SEU INGLÊS meu canal do Youtube com DICAS DIÁRIAS DE INGLÊS e mais de 900 Video Aulas de Inglês! Nós também postamos vídeos diários de inglês no Melhore Seu Inglês no Instagram!


Fica aqui um grande abraço do NEWTON NITRO, e aguardem o meu romance de fantasia brutal e sombria, o MARCA DA CAVEIRA, que é o primeiro volume da trilogia Legião feita para o cenário LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO, o cenário oficial do Old Dragon RPG e publicado pela EDITORA BURÓ BRASIL a antiga Editora Redbox.


E o livro LEGIÃO: A ERA DA DESOLAÇÃO, que escrevi em conjunto com Antônio Sá Neto, o famoso Mister Pop, já está à venda!


Se você curte o meu trabalho e gosta de cenários de fantasia sombria, compre a versão física do Legião na loja online da Buró Brasil ou compre a versão digital em PDF no site Dungeonist!


E aguardem STEAMRUNNERZ – Mercenários Transhumanos da Era do Éter, um jogo de RPG narrativista transhumanista e steampunk, feito para o 2d6World, um sistema customizável para jogos estilo Powered By The Apocalypse!


E vamos jogar RPG Steampunk, porque Steampunk é doidimais!


Até o próximo NITRODUNGEON!






NITROCAST – Podcast de DICAS DE RPG e SESSÕES DE RPG GRAVADAS!



Escute ou baixe no CASTBOX – Todos os episódios!


https://tinyurl.com/removww


Escute no SPOTIFY – Os 10 últimos episódios!


https://open.spotify.com/show/484TJnM98xADxVcsNyDdsC


Escute ou baixe no INTERNET ARCHIVE – Todos os Episódios do NITROCAST!


https://archive.org/details/nitrocast




INSCREVA-SE NO NITROCAST


Se inscreva no SPOTIFY


http://tinyurl.com/y8pn6esj


Se inscreva no ITUNES


http://tinyurl.com/y7w5dfh2


Se inscreva no CASTBOX


http://tinyurl.com/y8eb2k4w




ORBE DE LIBRA ESTÁ EM CATARSE, PARTICIPE E GARANTA O SEU:


https://www.catarse.me/orbedelibra







SOBRE O ORBE DE LIBRA



As tramas principais no mundo de Libra ocorrem no grande e plural continente de Casanova. Desde reinos humanos abastados pelas riquezas geradas por grandes barões do café e do garimpo, de belos cerrados, escaldantes sertões, florestas enormes, rodeados de espécies únicas como a capivara, o papagaio o tucano e a onça pintada, mas também de monstruosidades terríveis, até os elfos rústicos e selvagens intimamente ligados à natureza, os anões engenhoqueiros e tantos outros.


Um mundo sem deuses, mas com uma fé poderosa, de magia sacrificial e sutil, regido pela política ambiciosa e corrupta dos que ostentam o poder, mas também pela esperança e pelo suor daqueles que movimentam a engrenagem econômica do mundo sem se abaterem mediante suas tragédias diárias. Um mundo de caos e ordem, um mundo de equilíbrio. O mundo de Libra.



Os mitos contam que nos primórdios uma explosão energética preencheu todo o céu e o infinito dando origem à inúmeras orbes que se espalhariam pelo espaço, entre elas estavam as orbes de LibraChaos e Ordoz. Conta-se ainda que em um determinado momento da contagem do tempo no mundo um alinhamento perfeito entre as orbes ocorrerá permitindo que os seres e povos das orbes de Chaos e Ordoz invadam Libra e iniciem a chamada “Guerra das Orbes”, o conflito entre ambos em seu território invadido, maculado e dominado, causando devastação e aniquilação.


Milhões de anos à frente, os primeiros humanos, elfos e pequeninos, além dos sanguinolentos taú, surgiriam em Levante, continente ao leste do mundo de Libra. Ao mesmo tempo em que seus assentamentos cresciam e se desenvolviam os conflitos cada vez mais recorrentes e brutais ante os taú, e suas próprias tribos, se acentuavam. E os forçava a se movimentar pelo território em busca de sobrevivência.


Um processo migratório levaria a maior parte das raças a navegar para o oeste por traiçoeiras e agitadas águas desconhecidas até encontrarem um novo lar, ou, como batizariam o enorme continente, “Casanova”, local onde encontrariam seus nativos: os anões e os exóticos agashis, além de outros novos desafios.


HQs


>>>>> BAIXE AGORA GRATUITAMENTE AS HQS SOBRE O CENÁRIO <<<<<


Entre grandes transformações e miscigenações durante eras de acontecimentos marcantes e momentos distintos, quedas e ascensões de povos, nações, surgimento de grupos e organizações, evolução e trocas de conhecimentos, tecnologias rudimentares e experimentos alquímicos destrutivos, o mundo de Libra se manteve vivo e repousa em sua melancólica e imprevisível Quarta Era.



Orbe de Libra RPG utiliza as bases do sistema Old Dragon RPG por se tratar de um sistema fluido, simplificado e “pé no chão”, proporcionando uma atmosfera adequada para a proposta de jogo. Mas não se preocupe, tudo que você precisará para se aventurar no cenário constará em nosso livro básico.


Algumas adições e alterações do sistema Old Dragon se fazem necessárias para melhor adaptação e encaixe ao cenário Orbe de Libra. Como a inclusão de perícias para maior pluralidade e especializações em mesa jogo, pois a proposta de interação social, investigação e exploração infestam sua atmosfera. Um sistema conceitual e mecânicas de magia com elementos próprios que exigem uma estratégia imersiva durante as aventuras, as classes todas se iniciam pautadas por conceitos genéricos e não taxativos, sendo as seguintes: Arcanista, Combatente, Espiritualista, Religioso, Sábio, Sorrateiro E Vanguardista. Os personagens dos jogadores, ao adquirirem níveis de classe, se especializam de fato em carreiras focadas e claras, mas ainda assim mantém-se leques de opções de caracterização conceitual de personagem e opções de habilidades próprias, dependendo das escolhas realizadas ao alcançarem as graduações por nível personagens únicos e estilizados, diferentes em cada aventura e/ou campanha serão possíveis.



Além disso, mecânicas para armas de fogo e pólvora, conceito abstrato de religiosidade e fé permitindo interpretações variadas, bestiário original baseado em criaturas do folclore nacional e lendas regionais e muitos outros elementos ampliam as possibilidades no jogo.


Todos os fonemas e nomenclaturas da língua “comum” e usual do cenário são em português, facilitando as conexões e entendimento de termos e significados, tanto como a proximidade histórica e tradicional de regiões do país e de seus povos [desde elementos

culturais como dança, culinária, sotaques e regionalismos e etc] quanto de povos Sulamericanos e seus elementos socioculturais mais notórios.


Fastplay


>>>>>>> BAIXE AGORA O FASTPLAY GRATUITAMENTE <<<<<<<


Quem disse que o Brasil não pode ser fantástico?

Junte-se a nós. Defenda Libra!



LIVRO BÁSICO

O livro básico de Orbe de Libra terá formato A4, capa dura colorida [colada e costurada para aumentar a resistência], miolo em preto e branco com cerca de 260 páginas impressas em papel de alta qualidade [pode alcançar melhorias, como mais páginas internas e/ou as mesmas coloridas a depender de metas extras. Que se estenderiam a todos apoiadores, através de suas cópias do livro básico] , além de 100 ou mais ilustrações belíssimas de personagens, monstros, símbolos e equipamentos únicos [ contará também com páginas em quadrinhos inseridas nos capítulos contando uma aventura especial]. Nele estão contidas todas as regras e informações de que Narradores e Jogadores precisam para conduzir campanhas no cenário de Orbe de Libra – criação de personagens, regras de combate, descrições de regiões e criaturas e muito mais.



 


AVENTURAS OFICIAIS

Serão escritas por dois convidados ilustres inicialmente – Rafael Beltrame, autor de vários suplementos para Old DragonNewton Rocha “Tio Nitro”
, igualmente autor de suplementos para Old Dragon. As aventuras serão impressas em papel couché, formato A5 [capa canoa] e contarão com ilustrações e conteúdos inéditos.



CONTOS E SUPLEMENTOS

Escrito para melhor se ambientarem no cenário de Orbe de Libra RPG. Trará histórias cativantes e nunca antes contadas, a fim de aprofundar o cenário e potencializar a imersão de jogadores e leitores. Será impressa no mesmo formato das aventuras. Outros suplementos serão abertos via metas extras e quando acontecer iremos descrever melhor estes aqui. E claro as HQs do cenário vão continuar, venham descobrir o fim desta trama.


SAIBA MAIS NO CATARSE DO CODEX OF REALITY:


https://www.catarse.me/codex_of_reality


 




CONHEÇA O CENÁRIO LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO RPG


Meu Cenário de Campanha para jogos de Fantasia Medieval Sombria, escrito em conjunto com Antônio Sá Neto!


Legiao


Conheça mais sobre LEGIÃO no link abaixo:


https://newtonrocha.wordpress.com/legiao/


SE VOCÊ CURTE O MEU TRABALHO, COMPRE O MEU LIVRO DE RPG! 👍 😊


LEGIÃO: A ERA DA DESOLAÇÃO

Cenário de RPG de Fantasia Sombria escrito por Antônio Sá Neto e Newton Nitro | Adquira o seu na Loja da Buró Brasil!


Compre o PDF – SÓ 20,00 (400 páginas coloridas com arte maravilhosa!) no site Dungeonist.

https://www.dungeonist.com/marketplace/product/legiao/


Compre a Caixa do Legião RPG, vem com Mapa Gigante + Livro Colorido de 400 páginas de lore + Acessórios Diversos (Truco do Corsário, Fichas de Doenças, Calendário, Moedas de Kadur, Mapa de Andruiler, Transparência de Luminosidade etc): PREÇO: 150,00

https://loja.burobrasil.com/

Instagram: @burobrasil


NITROCAST – Podcast de DICAS DE RPG e SESSÕES DE RPG GRAVADAS!



ESCRITACAST – Podcast de Dicas para Escritores, com Carlos Rocha





NEWTON NITRO SITES


NITROBLOG YOUTUBE – Resenhas,Dicas de RPG e Dicas para Escritores:: https://www.youtube.com/user/newtonrocha


NITRODUNGEON RPG BLOG: Dicas de RPG, Aventuras, e Sistemas de RPG para Download https://newtonrocha.wordpress.com/


NITROBLOG: Resenhas Literárias, Dicas para Escritores, Contos e Livros para Download, Leitura Crítica

https://tionitroblog.wordpress.com/


NEWTON NITRO INSTAGRAM: Dicas de RPG e para Escritores https://www.instagram.com/newtonnitro/


NEWTON NITRO TWITTER: Dicas de RPG e Dicas para Escritores https://twitter.com/tionitro


NITROCAST: Dicas de RPG e Dicas para Escritores: https://nitrocastpodcast.wordpress.com/


NITROCAST INTERNET ARCHIVE: Site com TODOS as NitroSessions, NitroCasts e Nitroblogs para baixar!

https://archive.org/details/nitrocast


CONTATO


prof.newtonrocha@gmail.com




ESCRITACAST – Dicas para Escritores de Ficção com Carlos Rocha e Newton Nitro





CURSO MELHORE SEU INGLÊS – Teacher Érika e Teacher Newton



FAZEMOS VOCÊ FALAR INGLÊS EM TEMPO RECORDE!


Aulas de Inglês PERSONALIZADAS e INDIVIDUAIS por Skype ou WHATSAPP!


FAÇA UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA

CONTATO

prof.newtonrocha@gmail.com ou no whatsapp (31) 9143-7388.




PREÇOS ACESSÍVEIS!


CARTAO FINAL


As recomendações e depoimentos de vários dos nossos alunos podem serem lidos nesse link:

https://goo.gl/6vreb2




Conheça e se inscreva nos nos canais do MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON para DICAS DIÁRIAS E VIDEO AULAS DE INGLÊS!


► Youtube: http://www.youtube.com/c/erikaenewtoninglesporskypebh


► Melhore Seu Inglês BLOG: https://melhoreseuingles.wordpress.com/


► Facebook: https://www.facebook.com/erikaenewton


► Instagram: https://www.instagram.com/melhoreseuingles


► Melhore Seu Inglês Podcast: https://melhoreseuinglespodcast.wordpress.com


Comments 
loading
In Channel
loading
Download from Google Play
Download from App Store
00:00
00:00
x

0.5x

0.8x

1.0x

1.25x

1.5x

2.0x

3.0x

Sleep Timer

Off

End of Episode

5 Minutes

10 Minutes

15 Minutes

30 Minutes

45 Minutes

60 Minutes

120 Minutes

RPG STEAMPUNK – Guia do Tio Nitro – Conheça os Melhores RPGs Steampunk de todos os tempos!  – NITROCAST

RPG STEAMPUNK – Guia do Tio Nitro – Conheça os Melhores RPGs Steampunk de todos os tempos! – NITROCAST

Newton Nitro